/

Abriu a maior ponte para vida selvagem da América. Vai manter em segurança pessoas e animais

1

A maior travessia de vida selvagem dos Estados Unidos, a Robert L.B. Tobin Land Bridge de 45 metros de largura, que liga o Parque Phil Hardberger de San Antonio através de uma rodovia de seis pistas, foi inaugurada no Texas.

De acordo com o Interesting Engineering, o projeto esteve em desenvolvimento durante muitos anos e, após uma década, os dois lados do Parque Phil Hardberger de San Antonio, foram finalmente unidos, proporcionando uma passagem segura para a vida selvagem nos arredores do Texas.

A ponte foi construída para ligar as duas metades do Parque Phil Hardberger, com 133 hectares, e está em construção desde 2018.

Com um custo de 23 milhões de dólares, a estrutura foi financiada através de doações e com financiamento do Estado, tornando-a um esforço público-privado.

“A ponte de terra tem 45 metros de largura e aproximadamente a mesma distância de extensão”, disse um porta-voz do departamento de parques, em declaraçõeses ao HuffPost. “Está projetada neste tamanho para acomodar pessoas e animais e acreditamos que é o único e o maior construído para esse duplo propósito.”

A circulação de vida selvagem vinda do parque para a estrada já causou situações perigosas para animais e humanos. “Mesmo que se coloquem barreiras, vão atravessar ou começar a atravessar”, explica Phil Hardberger, ex-presidente de San Antonio, em declarações à KSAT.

“Atualmente, são seis pistas. Segundo o Departamento de Transportes do Texas,  eventualmente serão oito pistas. Tivemos alguns acidentes entre carros e veados, especialmente e alguns animais mais pequenos também”, acrescentou Hardberger.

A ideia da ponte surgiu antes de o parque ser inaugurado, em 2010, de acordo com o EcoWatch. Como os administradores do parque sabiam que a rodovia afetaria o habitat e colocaria os animais em risco, era uma necessidade absoluta construir uma travessia para a vida selvagem.

Agora, os administradores do parque esperam que a ponte ligue novamente a vida selvagem e reduza as colisões entre animais e automóveis.

“Durante muitos anos, a Robert L.B. Tobin Land Bridge foi apenas um sonho. Graças ao apoio esmagador da comunidade ao Bond 2017, à generosidade de doadores de toda a cidade e ao trabalho árduo e dedicação de tantos, essa visão é agora uma realidade”, disse Hardberger, em comunicado.

Segundo o The Drive, que cita operários da obra, os animais já começaram a vaguear pela ponte. As barreiras da construção foram removidas e, em breve, a ponte será coberta com árvores e plantas nativas, conectando adequadamente o parque e a fauna.

De acordo com o National Geographic, as primeiras travessias para animais selvagens foram construídas em França, na década de 1950.

  Maria Campos, ZAP //

1 Comment

  1. Pois, é uma boa notícia, mas seria ainda melhor opção haver a preocupação da conectividade de habitats logo na implementação dos projetos. Em projectos rodoviários e outros similares, seria interessante uma haver uma maior opção por viadutos (em vez de aterros) para o atravesamento de vales, e de túneis (em vez de desaterros) para o atravessamento de colinas.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE