Abel Ferreira recebe proposta milionária da Arábia — mas não fecha porta aos EUA

Libertadores / Twitter

Abel Ferreira, treinador do Palmeiras

Abel Ferreira, treinador do Palmeiras.

Abel Ferreira tem uma proposta do Al Nassr, da Arábia Saudita, para suceder a Pedro Emanuel. Equipas norte-americanas também estão a sondar o português.

O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, conquistou pela segunda vez consecutiva a Taça Libertadores, ao bater na final o Flamengo, por 2-1, após prolongamento.

Em Montevideu, Raphael Veiga deu vantagem ao ‘verdão’ logo aos cinco minutos, mas Gabriel Barbosa empatou aos 72′, com Deyverson a dar o troféu ao Palmeiras aos 95′.

Este foi o terceiro título do Palmeiras na principal prova continental sul-americana, igualando São Paulo, Santos e Grêmio como clube brasileiro mais titulado na Libertadores.

As duas conquistas consecutivas da Taça dos Libertadores deixaram Abel Ferreira nas bocas do mundo. De acordo com a Globoesporte, o treinador português é o favorito a suceder Pedro Emanuel no Al Nassr, da Arábia Saudita.

O futuro de Abel Ferreira no Palmeiras ainda é uma incógnita. Depois da conquista do título, no sábado, o técnico de 42 anos deixou em aberto a sua saída do Brasil.

“A forma como vivemos o futebol é muito intensa, como se joga no Brasil é muito intensa, a forma como se joga não dá saúde a ninguém. Vou ter que refletir muito o que quero para mim para o presente e para o futuro”, disse à ESPN Brasil.

“Tenho que fazer uma reflexão com a família. Não consigo jogo, descanso, jogo. Não é para mim. Não consigo estar na minha máxima força. É desumano o que fazem aqui. Se quiserem crescer, têm que abdicar do ida e volta na taça. Vou parar, refletir e fazer o que for melhor para o Palmeiras”, acrescentou.

Ainda segundo o portal brasileiro, o Al Nassr acena com um contrato de dois anos e meio, oferecendo 20 milhões de euros pelos serviços de Abel, que tem contrato com o Palmeiras até ao fim de 2022.

O português recebeu ainda propostas de vários clubes dos Estados Unidos, ainda que estas sondagens ainda estejam em estágios menos avançados.

Abel Ferreira deverá agora falar com a família para procurar perceber qual é a melhor alternativa para o seu futuro.

A esposa e as filhas de Abel ainda moram em Portugal e a nova presidente do Palmeiras, Leila Pereira, está a tentar convencer o treinador a levá-las para o Brasil como forma de o convencer a ficar no emblema paulista.

“É de minha vontade que o Abel, o nosso técnico, permaneça no meu projeto. Isto com certeza eu vou conversar com o Abel. Ele tem contrato connosco até ao fim do ano que vem, e acho que ele é extremamente importante para o projeto que a gente tem”, disse Leila Pereira após assumir o cargo.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.