A NASA tem estado a disparar lasers para a Lua. Finalmente, recebeu uma resposta de volta

NASA

Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO), da NASA, em órbita da Lua

A NASA esteve nos últimos anos a disparar raios laser em direção ao Lunar Reconnaissance Orbiter, nave que está desde 2009 em órbita da Lua. Agora, pela primeira vez, o satélite respondeu.

O Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) foi lançado pela NASA para ajudar a testar o poder de reflexão dos painéis deixados na superfície da Lua há cerca de 50 anos pelas missões Apollo, e medir com melhor precisão a distância a que a Lua se encontra da Terra.

Desde que o LRO entrou em órbita, os cientistas começaram a disparar lasers contra um pequeno refletor, que tem o tamanho de um livro de bolso.

Em colaboração com investigadores franceses, a NASA anunciou que recebeu, finalmente, um sinal refletido de volta pela primeira vez. A proeza pode aprimorar as experiências com o uso do laser, realizadas ​​para estudar a física do universo.

É a primeira vez que fotões são refletidos para a Terra através de um satélite, o que não só oferece uma nova maneira de realizar medições na Lua, como pode ajudar a entender as condições atuais da superfície lunar.

Estes refletores são usados para receber e devolver os poderosos raios laser que a NASA tem enviado para a Lua e cronometrar quanto tempo demoram a voltar — uma forma de obter uma medição mais precisa da distância entre os dois pontos, tendo como base a velocidade da luz. É assim possível determinar a que distância a Lua está, com uma precisão milimétrica, explica a Science Alert.

Estas medições tem permitido perceber que a Lua está a afastar-se muito lentamente da Terra. Este afastamento tem sido progressivo e acontece a uma velocidade de cerca de 3,8 centímetros por ano.

Esta experiência foi aliás eternizada na televisão, no episódio “Lunar Excitation” da série The Big Bang Theory, no qual os personagens disparam um raio laser à Lua a partir do seu telhado.

Xiaoli Sun, cientista planetário do Centro de Voo Espacial Goddard da NASA que ajudou a projetar o refletor de LRO, diz que “para saber mais, primeiro precisamos saber a distância entre as estações terrestres e a precisão dos refletores da Lua. A precisão desta medição pode ajudar a entender a gravidade e a evolução do sistema solar”.

O refletor do LRO tem um décimo do tamanho dos painéis dos colocados pelas missões Apollo 11 e 14, com apenas 12 retro-refletores cúbicos , e está ligado a um alvo em movimento rápido.

O sinal de luz é afetado pela meteorologia na estação de laser, assim como o alinhamento do Sol, da Lua e da Terra. De acordo com o Tech Explorist, essa é uma das razões pela qual, apesar de várias tentativas ao longo da última década, os cientistas da NASA não conseguiram alcançar o refletor do LRO.

Nesse aspeto, a colaboração com os cientistas franceses foi essencial. A equipa Géoazur, da Université Côte d’Azur, em França, desenvolveu uma tecnologia avançada que mede o comprimento da onda do infravermelho de luz em LRO. Um benefício do uso da luz infravermelha é que esta penetra a atmosfera da Terra melhor do que o comprimento de onda verde visível da luz, que os cientistas tradicionalmente usam.

Porém, mesmo como uso da luz infravermelha, o telescópio Grasse, em França, recebeu apenas cerca de 200 fotões, das dezenas de milhares de lasers lançados no LRO durante 2018 e 2019.

“Esta experiência é um novo método de verificar as teorias de acumulação de poeira ao longo de décadas na superfície lunar”.explica Erwan Mazarico, autor principal do artigo científico publicado a 6 de agosto na revista Earth, Planets and Space.

Com o tempo, espera-se que alguns registos de fotões possam criar uma imagem suficiente precisa que forneça mais informações.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Medina confirma que ex-vereador Manuel Salgado é um dos visados na investigação da PJ

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa confirmou, esta terça-feira, que um dos visados na investigação da Polícia Judiciária (PJ) a suspeitas de crimes de abuso de poder e corrupção é o ex-vereador do Urbanismo …

Jeff Bezos quer transformar a Amazon no "melhor empregador da Terra"

O CEO da Amazon admitiu que é preciso fazer mais pelos trabalhadores e revelou que um dos seus principais objetivos é fazer da empresa "o melhor empregador da Terra". As más condições de trabalho a que …

Montenegro "hipotecou-se" à China (e agora quer a ajuda da Europa para se libertar)

Montenegro aceitou um empréstimo gigante da China para construir uma rodovia. Agora, o minúsculo país montanhoso quer ajuda da União Europeia (UE) para pagar a dívida. A situação em Montenegro é o mais recente conflito numa …

Punir os 12 clubes da Superliga Europeia? O tiro pode sair pela culatra

A UEFA ameaça punir os clubes que participem na Superliga Europeia. No entanto, tomar medidas precipitadas pode fazer com que o tiro saia pela culatra. O mundo do futebol foi abalado pelo anúncio de uma Superliga …

Criados 280 postos para vacinar 100 mil pessoas por dia

Duzentos e oitenta postos de vacinação rápida e de resposta reforçada estão a ser criados em todo o país para se conseguir vacinar 100 mil pessoas por dia, disse esta terça-feira à agência Lusa o …

Portugal e França promovem intercâmbio de árbitros nas ligas profissionais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta segunda-feira, que vai promover, juntamente com a Federação Francesa de Futebol (FFF), um intercâmbio de árbitros. "Portugal e França vão promover um intercâmbio de árbitros no seguimento do …

Novo Banco vendeu carteira de malparado por valor inferior às próprias garantias

O deputado do PSD Alberto Fonseca apontou esta terça-feira que o Novo Banco vendeu a carteira de crédito malparado Nata II por um valor inferior às suas próprias garantias, baseando-se no relatório da Deloitte à …

ANA "não tem interesse económico". Montijo é a "solução mais rápida"

O presidente da comissão executiva da ANA - Aeroportos de Portugal disse, esta terça-feira, que a empresa "não tem interesse económico" numa das soluções para a expansão aeroportuária em Lisboa em vez de outra, mas …

Taiwan vende vacinas da AstraZeneca a 17 euros para evitar que expirem

Com lotes da vacina da AstraZeneca em risco de expirarem, devido a resistência à sua toma entre grupos prioritários, Taiwan começou esta segunda-feira a administrá-las a qualquer pessoa, por 17 euros. Horas depois de o sistema …

Mourinho: "Não preciso de fazer uma pausa, estou sempre no futebol"

O treinador português disse, esta segunda-feira, que "não necessita de fazer uma pausa", após deixar o comando técnico do Tottenham, e frisou estar "sempre no futebol". Embora não se tenha alongado muito, José Mourinho falou pela …