//

A Ford recrutou o Spot para ajudar na remodelação de uma das suas fábricas

O Spot, o cão-robô da Boston Dynamics, tem uma nova missão. Desta vez, ao serviço da Ford, o robô vai ajudar a fazer um scan do edifício antes de a empresa proceder ao processo de redesenhar do espaço. 

O Spot é o robô quadrúpede mais conhecido do mundo e tem vindo a trabalhar nos locais mais inesperados: foi “cão-pastor” de rebanhos nas quintas da Nova Zelândia e já ajudou as autoridades de Singapura a patrulhar as ruas durante o isolamento imposto devido à covid-19.

A Boston Dynamics também aluga estes robôs e, desta vez, foi a Ford quem necessitou dos serviços deste cão-robô. De acordo com o comunicado da empresa, o Spot e o seu companheiro Fluffy vão ficar encarregados de ajudar na remodelação da fábrica do Michigan.

Segundo o New Atlas, os robôs terão em mãos a tarefa de fazer um scan às instalações, recolhendo os dados necessários para os arquitetos procederem às remodelações de design. Com esta preciosa ajuda robótica, a fabricante quer poupar tempo e dinheiro no processo.

Tanto o Spot como o Fluffy estão equipados com cinco câmaras. Com a sua capacidade de capturar as instalações em 360º, os engenheiros vão poder usufruir de uma melhor visão do edifício.

Os robôs podem ser programados para seguir caminhos específicos, incluindo mover-se em espaços apertados e perigosos. Desta forma, podem percorrer as instalações em zonas irregulares, subir escadas ou lidar com inclinações de 30 graus.

Antes de usar os bots, o processo de redesenhar o edifício era feito com tripés, com os técnicos a deslocar-se de um lado para o outro, parando cinco minutos em cada sítio à espera do scan com o laser. Este processo poderia demorar cerca de duas semanas a ser concluído.

O Spot e o Fluffy vêm encurtar o tempo para metade. Além disso, este novo modelo de engenharia digital poderá ser bastante rentável, quando comparado com os custos do modelo tradicional.

Os robôs podem ser uma ajuda singular e até adaptados à medida. Depois de ter sido colocado à venda, o robô vem equipado com um kit de desenvolvimento de software (SDK) para cada cliente adaptar as suas máquinas a serviços específicos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.