70 alunos de três turmas da Escola Alemã em quarentena após casos positivos

Manuel de Almeida / Lusa

Setenta alunos de três turmas da Escola Alemã, em Lisboa, iniciaram a quarentena preventiva na segunda-feira depois de terem sido detetados dois casos positivos no estabelecimento de ensino.

O jornal Público adiantou na segunda-feira que cerca de 70 estudantes estão em recolhimento domiciliário e iniciaram esta segunda-feira as aulas em regime de ensino à distância.

A escola detetou dois casos positivos de covid-19. Um deles é um trabalhador de uma empresa concessionária que foi identificado porque a escola testou todos os colaboradores antes do início das aulas. O trabalhador não teve contacto com os alunos, tendo ficado em quarentena preventiva os quatro funcionários dessa empresa e um trabalhador da escola que tiveram contacto com ele.

Já no sábado, foi detetado um segundo caso de covid-19: um aluno que terá ficado infetado durante as férias, “num contacto social externo à escola”. A escola revelou ao Público que este aluno apenas esteve na escola no primeiro dia de aulas e só assistiu à primeira aula com o diretor de turma.

Ainda assim, a delegada de saúde decidiu que cerca de 70 alunos que possam ter tido contacto com o aluno infetado deviam ficar em casa e ser acompanhados pelo SNS.

Os alunos, que correspondem a três turmas, “iniciaram aulas em regime de ensino à distância hoje de manhã às 8h, conforme previsto no seu horário regular”, disse uma fonte da instituição ao Público na segunda-feira.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.