41 anos depois, ADN permite descobrir assassino de “ex” de Bill Medley

CV Youtube

Karen Klaas, ex-mulher de Bill Medley, dos Righteous Brothers, e o seu assassino, Kenneth Troyer.

Karen Klaas, ex-mulher de Bill Medley, dos Righteous Brothers, e o seu assassino, Kenneth Troyer.

Foi um dos mais brutais e mediáticos assassinatos da história dos EUA, mas só agora, 41 anos depois, foi desvendado. O nome do assassino de Karen Klaas, ex-mulher de Bill Medley, do duo Righteous Brothers, só foi descoberto graças a uma técnica moderna.

O Departamento de Polícia de Los Angeles anunciou, nesta semana, que conseguiu, finalmente, chegar à identidade do assassino de Karen Klaas, que foi morta a 30 de Janeiro de 1976, quando tinha 32 anos.

Klaas foi violada e estrangulada por um desconhecido na sua própria casa em Hermosa Beach, Los Angeles. Foi encontrada inconsciente e passou cinco dias em coma no hospital, até falecer.

O caso foi muito mediático na época, pelo facto de ter sido casada com o cantor Bill Medley, dos Righteous Brothers, duo que fez muito sucesso durante os anos de 1960. Divorciaram-se em 1970, depois de terem um filho juntos. Klaas refez a vida com outra pessoa e teve outro filho.

ADN familiar

Na altura do assassinato, houve testemunhas que disseram ter visto um homem com cabelo grande e barba, vestido com uma gabardina e calças azuis, mas só agora foi possível identificá-lo graças à técnica do ADN familiar, reporta o The Washington Post.

Esta técnica, que não existia na altura em que o crime foi cometido, é uma forma de encontrar provas de compatibilidade entre familiares de suspeitos de crimes. Procede-se ao cruzamento das informações dos vários suspeitos, constantes de um banco de dados, para confirmar se há coincidências genéticas entre eles.

Foi assim que foi possível identificar Kenneth Troyer como o assassino de Karen Klaas. A polícia não tinha dados genéticos deste homem que foi responsável por vários ataques sexuais no sul da Califórnia, mas usaram o ADN de um seu familiar próximo quando este foi detido e os seus dados foram introduzidos na base de dados.

Troyer, que acabou detido por outros crimes não relacionados com os abusos sexuais cometidos, fugiu da prisão e acabou por morrer, em 1982, num tiroteio com a polícia.

Bill Medley confessa que ficou “anestesiado”

Na conferência de imprensa promovida pelas autoridades policiais de Los Angeles, para anunciar o desvendar do caso, Bill Medley apareceu ao lado dos dois filhos de Karen Klaas e de vários investigadores que trabalharam no caso, confessando que ficou “anestesiado” com este desfecho.

“Havia uma voz na parte de trás da minha cabeça, provavelmente Karen, a dizer-me, desde há 20 anos, ‘Esquece. Deixa isso. Este tipo ou está morto ou na prisão’. É simpático poder fechar o livro”, salienta Medley, conforme cita o The Washington Post.

E o filho mais velho de Klaas, Darrin Medley, admite que “não poderia ficar mais espantado com a tecnologia” e aconselha outras famílias a terem “esperança” no uso deste tipo de métodos para “identificar criminosos”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Salvini tem trunfo na manga para pedir novamente eleições antecipadas

Uma vitória da Liga nas eleições regionais de Emilia Romagna pode dar a Matteo Salvini o pretexto para exigir eleições antecipadas em Itália. Matteo Salvini continua de olhos postos no cargo de primeiro-ministro e pode voltar …

Trocar garrafas de plástico por descontos só será possível em março

O projeto-piloto para o depósito de garrafas de plástico a troco de talões de desconto nos supermercados estava previsto arrancar em janeiro. Porém, o atraso em desbloquear fundos de financiamento pode empurrar o arranque para …

Depressão Glória. Quedas de árvores, falhas de eletricidade e um ferido grave

A depressão Glória já provocou várias quedas de árvores, falhas na eletricidade e um ferido grave. Coimbra, Viseu e Castelo Branco são os distritos mais afetados. "O concelho mais afetado, neste momento, é Coimbra", afirmou o …

Ministério Público contratou ex-agente da PJ para analisar contas da Operação Tutti Frutti

As contas do caso Tutti-Frutti foram entregues a Edígio Cardoso, antigo diretor da Unidade de Perícia Financeira e Contabilística (UPFC) da Polícia Judiciária, reformado há mais de um ano. A investigação do caso Tutti-Frutti iniciou-se em …

Reconstruções em Pedrógão. Gulbenkian exige indemnização de meio milhão por suspeita de ilegalidades

A Fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de euros por ilegalidades na reconstrução de casas de Pedrógão. Estão em causa cinco habitações. A fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de …

Austrália. Depois dos incêndios, chega o granizo (e já está a provocar estragos)

A Austrália está a recuperar dos enormes incêndios dos últimos meses. No entanto, a costa oriental do país debate-se agora com chuvas intensas que tem provocado inúmeras inundações. As fortes chuvas que caíram esta segunda-feira proporcionaram …

Taxa sobre produtos poluentes rendeu 200 milhões em dois anos

A taxa aplicada sobre produtos poluentes - plástico, cartão, embalagens de vidro, entre outros -, rendeu ao Estado português 199,6 milhões de euros em dois anos, avança o Jornal de Notícias esta segunda-feira. O valor, arrecadado …

"Mito sem sentido". Santos Silva rejeita que Portugal seja "amigo especial" da China

O ministro dos Negócios Estrangeiros rejeitou, em entrevista ao Financial Times, que Portugal esteja a desenvolver uma dependência problemática relativamente à China. É um "mito sem sentido", defendeu Augusto Santos Silva. O governante falou ao …

Justiça espanhola liga ex-ministro a alegado caso de corrupção. António Vitorino nega

A Justiça espanhola diz que o ex-ministro socialista se terá apropriado de 35 milhões de euros da petrolífera estatal venezuelana PDVSA. António Vitorino nega. A justiça espanhola alega que uma sociedade de António Vitorino, antigo ministro …

Há um obstáculo que pode travar a primeira condenação de Salgado

Ricardo Salgado foi condenado a pagar 4 milhões de euros e proibido de ser banqueiro nos próximos dez anos. No entanto, ainda há um último obstáculo que pode travar a sua condenação. O Tribunal Constitucional rejeitou …