Após 40 anos, a Casa dos Amantes de Pompeia abre ao público

Pela primeira vez após 40 anos, a Casa dos Amantes, rica em frescos e decorações e uma das jóias de Pompeia, vai abrir ao público.

Encontrada durante escavações em 1933, a Casa dos Amantes, em Pompeia, foi gravemente danificada pelo terramoto de Irpinia em 1980, que matou quase três mil pessoas. É uma das casas mais famosas de Pompeia por causa da sua beleza e porque era praticamente a única cujo segundo andar ficou quase completamente preservado após a erupção do Vesúvio em 79 d.C.

Na casa, impressiona especialmente uma sala com decorações em fundo preto e querubins, iluminada após a restauração com uma técnica específica que realça ainda mais a beleza da sala.

O nome da casa, datado do século I a.C, deve-se a uma inscrição latina colocada à direita da sua entrada, que dizia “Amantes como as abelhas passam uma vida doce como o mel. Eu desejo que assim seja”.

O trabalho de restauração desta casa começou em 2014 com o Projeto Great Pompeii, financiado principalmente com fundos da União Europeia. O projeto, que foi uma verdadeira revolução nas escavações e restauração, recebeu 105 milhões de euros, 75 deles da UE.

Para a reabertura, o Ministro da Propriedade Cultural, Dario Franceschini, foi a Pompeia, que também anunciou a conclusão do trabalho de outras duas casas recém-restauradas, além da dos Amantes. A Casa do Navio Europa, nomeada por uma grande grafite que reproduz um navio romano com velas com o nome de Europa, gravada numa das paredes; e a Garden House, com os seus cubículos de flores é um dos mais belos exemplos de pinturas de jardim encontradas em Pompeia.

“Pompeia é uma história de renascimento e recuperação única, um modelo para toda a Europa na gestão de fundos da UE, um local onde pesquisas e novas escavações voltaram a funcionar graças ao trabalho de muitos profissionais do património cultural”, disse Franceschini.

Graças às escavações dos últimos dois anos, dezenas de descobertas foram feitas, incluindo um esplêndido fresco de dois gladiadores em combate e restos humanos, como os esqueletos de duas mulheres e três crianças numa aldeia.

O renascimento de Pompeia deve-se ao facto de ter ficado para trás um passado cheio de incidentes. Antes de 2014, havia vandalismo e frequentes quedas de paredes e danos estruturais em algumas domus, incluindo o colapso da Casa dos Gladiadores em 2010, um dos mais importantes de Pompeia.

O renascimento de Pompeia também se reflete no aumento do número de visitantes: em cinco anos, o aumento foi de 47,5%, passando de 2,6 milhões de turistas em 2014 para quase 4 milhões em 2019.

O ministro anunciou o investimento de mais 50 milhões de euros para continuar os trabalhos de restauração. A tarefa pendente é grande: a terra de Pompeia cobre 66 hectares e foram escavados 44 hectares. Um terço está disponível para as novas gerações, que podem descobrir e desfrutar de novas maravilhas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Da "obsessão por cargos" à "subserviência ao PS". Críticos internos do BE descarregam na direção

A convenção do Bloco de Esquerda está marcada para os dias 22 e 23 de maio. Os grupos críticos da direção do partido já têm preparada uma extensa lista de críticas. De acordo com o Observador, …

Pela primeira vez, a idade da reforma pode cair (e a culpa é da pandemia)

A idade da reforma é determinada pela esperança média de vida. No entanto, a pandemia e o consequente aumento da mortalidade podem fazer cair esse indicador, levando a um recuo histórico na idade da reforma. Até …

Onde estão os antigos "donos disto tudo" no desporto?

Sporting parece estar em ano de regresso ao topo do futebol. Mas outros clubes dominadores, ou desapareceram, ou andam discretos. "Felizmente não subimos à I Divisão", admite o presidente do HC Sintra. "Donos disto tudo" pode …

Após chumbo ao aeroporto do Montijo, Governo quer mudar a Lei para tirar poder aos municípios

O chumbo ao aeroporto do Montijo, depois de os municípios da Moita e do Seixal terem reprovado o projecto, não demove o Governo da empreitada. Em cima da mesa estão três soluções e a intenção …

Vacina da Janssen deverá ser aprovada na Europa a 11 de março. Imunizante só requer uma toma

A Agência Europeia do Medicamento convocou uma reunião extraordinária para concluir a avaliação da vacina à covid-19 da multinacional Janssen, com vista a colocá-la rapidamente no mercado. Neste sentido, espera-se que haja mais uma vacina contra …

Medina leva nega. Bloco, PCP e PAN querem concorrer sozinhos em Lisboa

O anúncio de que Carlos Moedas vai encabeçar a candidatura PSD/CDS à Câmara Municipal de Lisboa uniu a direita, mas não mudou a estratégia da esquerda. O Bloco, o PCP e o PAN querem concorrer …

Coates alcançou feito sem paralelo na Europa

Coates não comete uma única falta há mais de um mês, embora tenha sido totalista de minutos nesse período. É o único jogador das principais ligas europeias a consegui-lo. Provavelmente já não se lembra da última …

"Nunca batem certo". Madeira contesta dados do boletim da DGS

As autoridades regionais madeirenses afirmam que "os números fidedignos são os dados reportados, diariamente, pela Direção Regional de Saúde". A Direção Regional da Saúde (DRS) da Madeira contestou, esta terça-feira, os dados reportados nos boletins da …

I Liga pondera reduzir número de equipas a partir de 2022/2023

O desportivo Record avança esta quarta-feira que a Liga de Clube pondera reduzir o número de equipas em competição na I Liga já a partir da época de 2022/2023. Em cima da mesa está a redução …

Sob risco de expulsão, Fidesz de Orbán deixa bancada do Partido Popular Europeu pelo próprio pé

O partido Fidesz, liderado pelo primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán, vai deixar a bancada do Partido Popular Europeu no Parlamento Europeu. De acordo com a agência Reuters, o partido Fidesz, que governa a Hungria, anunciou esta quarta-feira …