2021 pode ser o ano com a natalidade mais baixa do século

1

Este ano pode vir a ser aquele em que Portugal regista o menor número de nascimentos deste século, isto se os últimos dois meses não apontarem para uma inversão significativa da tendência.

O Público escreve que, nos primeiros dez meses de 2021, foram rastreados, através do “teste do pezinho”, menos seis mil bebés do que no mesmo período do ano passado e menos oito mil do que entre janeiro e outubro de 2019.

O diário aponta que 2021 pode mesmo vir a ser o ano com o menor número de nascimentos deste século, suplantando o recorde de 2014.

O diário cita dados do Programa Nacional de Rastreio Neonatal (vulgo “teste do pezinho”), que mostram que, até 31 de outubro, “foram estudados 65.637 recém-nascidos, menos 6.082 bebés do que em igual período do ano passado (71.719)”.

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) indica que os números apontam para a continuação de uma tendência descendente, que já se observa desde o segundo semestre do ano passado.

Se em novembro e dezembro, os últimos meses do ano, não se verificar uma inversão significativa, 2021 pode vir a ser o ano com o menor número de nascimentos dos últimos 50 anos, batendo o recorde de 2014.

Nesse ano, Portugal registou a menor natalidade em meio século, com o nascimento de 82.367 bebés.

Já no ano passado, a natalidade tinha diminuído 2,5% face ao ano anterior.

Maria João Valente Rosa, demógrafa e professora da Universidade Nova de Lisboa, explicou ao diário, em julho, que a diminuição da natalidade é “o reflexo direto do que se passou em 2020, em que à crise sanitária, que se traduziu num menor acesso aos cuidados de saúde, e ao consequente receio do que poderia vir a ser o acompanhamento do processo de gestação”, se somou “o receio de se cair na insegurança económica e financeira”.

  ZAP //

1 Comment

  1. podem sempre adoptar as crianças orfãs que existem nos campos de refugiados, as que existem nos orfanatos por toda a Europa, as que existem nos orfanatos em África, as que andam abandonados pelas ruas da America do sul….há muita criança por aí a precisar de cuidados.
    estranhamente os políticos dizem ao zé povo para terem filhos e eles, políticos, com salários elevados, nem um filho tem, ou tem só um…..eles é que podem dar uma boa vida às crianças, é que deviam ter.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.