Mais de 200 mil pessoas precisam de ajuda urgente na Indonésia

Mast Irham / EPA

O número de vítimas mortais do terramoto seguido de um tsunami nas Celebes, Indonésia, aumentou para 1424, segundo o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres.

O terramoto de magnitude 7.5 e o tsunami que se registou posteriormente atingiram a costa da ilha Celebes, na Indonésia, na passada sexta-feira. O último balanço oficial provisório, divulgado na quarta-feira, indicava 1407 mortos confirmados.

Porém, esta quinta-feira, durante uma conferência de imprensa em Jacarta, o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, anunciou que o número de vítimas mortais aumentou para 1424.

O porta-voz acrescentou ainda que “muitas vítimas continuam soterradas” sobretudo na zona da cidade de Palu.

Em Palu, o cenário é de destruição, com barcos no meio das ruas, após terem sido arrastados pelo tsunami. Os moradores continuam à espera de ajuda, e com a grave falta de alimentos e de água potável, tem-se multiplicado o número de saques a supermercados e postos de gasolina.

De acordo com a polícia, pelo menos 92 pessoas foram detidas por pilhagens na área central da província de Sulawesi. Na segunda-feira, o Governo tinha autorizado os saques nos supermercados, garantindo que os culpados não seriam punidos e que iria reembolsar os comerciantes.

Segundo o Gabinete de Coordenação de Assuntos Humanitários das Nações Unidas, mais de 200 mil pessoas, entre as quais milhares de crianças, necessitam de ajuda urgente. As estimativas oficiais indicam também que 66 mil residências e edifícios foram destruídos.

Em declarações ao Diário de Notícias, Fajar Jasmin, responsável pela comunicação da Save the Children na Indonésia, diz que, para já, há 650 mil pessoas afetadas. “Algumas das crianças afetadas perderam os seus pais ou membros da família durante o desastre”.

Se quiser ajudar estas pessoas, pode fazê-lo através da UNICEF Portugal e da IFRC (Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho).

Entretanto, o aeroporto de Palu, afetado pelo terramoto e onde era impossível desembarcar, deve reabrir hoje ao tráfego aéreo militar. Um contingente vai ser enviado para o local onde vai prestar ajuda às vítimas da tragédia.

O tenente-coronel Agus Hariyanto, das Forças Armadas da Indonésia, disse que uma centena de soldados já estão no local e que vão ser enviados mais 200 militares para Palu nas próximas horas.

De acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), o terremoto atingiu os 7,5 de magnitude e foi mais forte que a série de tremores que provocaram mais de 500 mortos e 1.500 feridos em agosto na ilha indonésia de Lombok, perto de Bali.

A Indonésia, arquipélago de 17 mil ilhas, fica no Anel de Fogo do Pacífico e é um dos países mais propensos a sofrer desastres naturais. Em 26 de dezembro de 2004, o país sofreu uma série de terremotos devastadores, um dos quais de magnitude 9,1 na ilha de Sumatra. Este devastador terramoto provocou um tsunami de grandes dimensões que provocou 220 mil mortos na região do Sudeste Asiático. Foi o terceiro maior terremoto no mundo desde 1900.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Viagens ao Espaço podem prejudicar o corpo a nível celular. Fígado é o mais afetado

Viagens ao Espaço podem causar o mau funcionamento da mitocôndria de uma célula devido a mudanças na gravidade e radiação, sugere uma nova investigação conduzida pelo Georgetown Lombardi Comprehensive Cancer Center, nos EUA. Investigações com cobaias …

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …