Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, enquanto as filas daqueles que se queriam vacinar aumentavam nos centros de saúde.

Só no século XX, cerca de 300 milhões de pessoas morreram de varíola em todo o mundo. Em março de 1950, o surto voltou a ganhar força em Glasgow, depois de um marinheiro indiano ter chegado à Escócia já infetado.

Mussa Ali foi internado num hospital que tratava doenças infecciosas, com a suspeita de que tinha pneumonia e varicela. Depois de os especialistas terem chegado à conclusão de que o marinheiro estava, afinal, infetado com varíola, descobriram que havia sido a fonte de um surto da doença que acabou por infetar 19 pessoas e matar seis.

A história é contada pela BBC, que avança que nenhum dos infetados que acabou por falecer tinha sido vacinado contra a varíola. Com o receio das consequências de um possível surto, as autoridades de saúde pública do país começaram a agir, implementando medidas muito parecidas com as tomadas durante a atual pandemia de covid-19.

As visitas a pacientes internados foram proibidas em 200 hospitais e o sistema de rastreamento acabou por encontrar 1.971 contactos possíveis de pessoas possivelmente infetadas. Os contactos suspeitos foram levados para hospitais locais, mas o principal objetivo era vacinar a população o mais rápido possível.

Os centros de vacinação mais movimentados vacinavam cerca de 600 pessoas por hora. Nos primeiros 12 dias, foram imunizadas aproximadamente 250 mil pessoas em Glasgow e um total de 300 mil receberam a vacina quando o surto foi declarado extinto.

A 17 de abril, Glasgow foi declarada “fora de perigo”. Na altura, o chefe de saúde de Glasgow, o médico Stuart Laidlaw, disse ao The Scotsman que estava grato à população por ter “agido com muita sabedoria“.

O ato de aplaudir pacientes que receberam alta, assim como os profissionais de saúde, tem sido uma característica da atual pandemia. O mesmo aconteceu há sete décadas com Ali, que foi aplaudido fora do hospital depois de ter recuperado totalmente da doença.

No Reino Unido, os hospitais estão novamente sob pressão. Espera-se, agora, que o programa de vacinação seja rápido e combine a cooperação pública e a organização das autoridades, como aconteceu na Escócia, nos anos 1950.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais uma que não percebi… Então o homem responsável pelo surto que infectou 19 pessoas e matou 6, quando saiu do hospital ainda foi aplaudido?? Bolas, pensei que tivesse sido preso!!

RESPONDER

Siza Vieira anuncia que Programa Apoiar vai ser reforçado e alargado

O programa Apoiar, destinado a empresas afetadas pela pandemia da covid-19, vai ser reforçado e alargado a novas situações, anunciou o ministro da Economia, indicando que as medidas vão ser anunciadas na próxima semana. "Queremos reforçar …

Embaixadora deixa Venezuela na terça-feira. UE chama embaixador em Cuba

A embaixadora da União Europeia na Venezuela vai sair do país na terça-feira, informou à agência Lusa fonte diplomática europeia, sem adiantar mais detalhes. Na última quarta-feira, a Venezuela decidiu expulsar Isabel Brilhante Pedrosa, em retaliação …

EUA aprovam vacina unidose da Johnson & Johnson. Nova Zelândia volta ao confinamento

O regulador do medicamento norte-americano aprovou, este sábado, a vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson, a terceira autorizada nos Estados Unidos. A vacina em causa da Johnson & Johnson é de dose única e junta-se …

Estes traços psicológicos podem ajudar a identificar pessoas vulneráveis ao extremismo

As características dos cérebros das pessoas podem oferecer pistas sobre as suas crenças políticas, sugere um novo estudo científico. Num estudo com cerca de 350 cidadãos norte-americanos, uma equipa de investigadores examinou a relação entre as …

Fóssil de lula vampiro perdido durante a Revolução Húngara foi redescoberto

Em 2019, uma equipa de investigadores encontrou o fóssil que estava perdido nas coleções do Museu de História Natural da Hungria, enquanto procurava fósseis de ancestrais de chocos. Contudo, o fóssil foi descoberto originalmente em 1942 …

Após escalada de suicídios, Japão nomeia Ministro da Solidão

O Japão nomeou um Ministro da Solidão após um recente aumento no número de suicídios, exacerbado pela crise provocada pela pandemia de covid-19. Estudos recentes mostraram que o Japão tem altos níveis de isolamento social, em …

Grande carruagem cerimonial descoberta quase intacta em Pompeia

Uma grande carruagem cerimonial de quatro rodas, com elementos de ferro, decorações de bronze e estanho, restos de madeira mineralizada e vestígios de elementos orgânicos, como cordas, foi encontrada quase intacta na área arqueológica de …

FC Porto 0-0 Sporting | Nulo com sabor a vitória para o "leão"

O “clássico” do Dragão, entre FC Porto e Sporting, terminou sem golos, sem grande futebol, e com um “leão” cada vez mais perto do título, apesar de ainda faltar muito campeonato.  A igualdade permite à formação …

Adolesceste entusiasta por pirotecnia construiu o seu próprio simulador profissional de fogos de artifício

O FWsim foi lançado pela primeira vez em 2010 como um software de planeamento de fogos de artifício, voltado para profissionais de pirotecnia e entusiastas de fogos de artifício. Em 2006, conta o Vice, Lukas Trötzmüller …

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …