12 técnicos de gás acusados do crime de corrupção passiva

O Ministério Público (MP) acusou 12 arguidos técnicos e inspetores de redes de gás suspeitos de alegada prática de um crime de corrupção passiva no setor privado, informou a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.

Numa nota disponível na página da Internet, a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) adianta que os factos ocorreram entre março de 2011 e novembro de 2013.

Os arguidos, no âmbito das respetivas funções de inspeção ou instalação de gás natural, indicavam e aconselhavam os utentes do serviço que prestavam as empresas para a realização das obras e reparações em instalações de gás em vez de lhes entregarem a lista aprovada pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) contendo todas as empresas certificadas para o efeito”.

Segundo a nota da PGDL, como contrapartida de angariarem clientes para tais empresas os arguidos recebiam comissões pagas em dinheiro e refeições“.

Os arguidos encontram-se sujeitos à medida de coação de Termo de Identidade e Residência.

O Ministério Público requereu o julgamento em tribunal singular dos arguidos pela prática de crimes de corrupção passiva.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público da 9.ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, com a coadjuvação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …

Cientistas reconstruiram a cara mutilada de uma guerreira Viking

Um esqueleto encontrado num cemitério Viking em Solør, na Noruega, tinha sido identificado como sendo de uma mulher há vários anos, mas os especialistas não tinham a certeza se tinha sido verdadeiramente uma guerreira. Agora, a …

Banco de Portugal vai pagar ao Estado valor recorde em dividendos em 2020

O Banco de Portugal deverá pagar ao Estado cerca de 550 milhões de euros em dividendos em 2020. Este é o montante que está em cima da mesa, mas ainda é prematuro calcular o valor. A remuneração …

Governo aprova salário mínimo de 635 euros para 2020

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o aumento do salário mínimo para 635 euros a partir de janeiro de 2020, medida que o Governo estima que poderá abranger 720 mil trabalhadores, foi anunciado. Em conferência …