Em 1110, a Lua desapareceu misteriosamente do céu (e já se sabe porquê)

Em 5 de maio de 1110, a Lua “abandonou” o céu. Nessa noite, ocorreu um eclipse lunar que foi registado na “Crónica Anglo-Saxónica”, uma série de manuscritos compilados em inglês antigo. Porém, em vez de ficar vermelha, a Lua desapareceu.

Segundo o jornal espanhol ABC, que cita os textos antigos, o céu estava limpo – “não havia luz, orbe e nada”. Porém, um véu de poeira cobria a Europa.

O fenómeno que impressionou os contemporâneos do início do século XII pode ter agora uma explicação. Investigadores da Universidade de Genebra acreditam que, nessas datas, pelo menos duas erupções vulcânicas escureceram o céu, fazendo com que as temperaturas no hemisfério norte caíssem cerca de 1°C.

O paleoclimatologista Sébastian Guillet e a sua equipa estudaram núcleos de gelo na Gronelândia e Antártida. Esses núcleos retêm os aerossóis de sulfato e cinza que são lançados na atmosfera durante as erupções e, depois, pousam na neve.

De acordo com o estudo publicado esre mês na revista científica Science, os cientistas verificaram a existência de vários picos de sulfato: um no núcleo antártico em 1109 e vários nos núcleos de gelo da Gronelândia de 1108 a 1113.

Alguns cientistas acreditam que os picos são consistentes com a erupção de um vulcão gigantesco nos trópicos por volta de 1108, o que causaria chuvas de aerossol em todo o mundo durante vários anos.

Como a datação precisa de núcleos de gelo é muito complicada, os cientistas decidiram seguir outra pista que poderia corroborar a sua descoberta e analisaram os anéis de árvores da América do Norte, Europa e Ásia. As árvores desenvolvem anéis mais finos em climas mais frios e mais espessos nos mais quentes. Dessa forma, descobriram que 1109 estava aproximadamente 1°C mais frio do que o normal. Uma erupção vulcânica pode ter sido a culpada, uma vez que as partículas suspensas na atmosfera bloqueiam a luz solar e arrefecem o planeta.

A equipa reviu 17 manuscritos europeus e do Oriente Próximo que referenciaram eclipses lunares que ocorreram entre 1100 e 1120. Durante um eclipse lunar total, a Lua parece avermelhada por causa da forma como a luz solar se infiltra através da atmosfera do planeta. Porém, os aerossóis vulcânicos podem bloquear a luz do sol e obscurecer os eclipses lunares.

Os investigadores encontraram um texto referente a um eclipse lunar anormalmete escuro em 5 de maio de 1110. Isso coincide com pelo menos uma erupção que ocorreu por volta de 1108, registrada nos núcleos de gelo, e provavelmente no Monte Asama de Japão em agosto daquele ano.

“As suas partículas poderiam ter atingido a Gronelândia, mas provavelmente não a Antártida. A circulação atmosférica torna muito difícil que erupções localizadas em altas latitudes atravessem os trópicos”, disse Guillet.

Uma única grande erupção nos trópicos, como sugeriram alguns cientistas, teria os mesmos problemas de circulação. Isso significa que pelo menos um outro vulcão precisou de acordar aproximadamente ao mesmo tempo. Porém, a equipa ainda não sabe onde poderá ter ocorrido.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pastor presbiteriano é o novo (e quarto) ministro da Educação de Bolsonaro

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, nomeou esta sexta-feira o professor e pastor presbiteriano Milton Ribeiro para ministro da Educação, sucedendo no cargo a Carlos Decotelli, que se demitiu antes de tomar posse. É o quarto ministro …

Pedro Nuno Santos e Medina vão esperar sentados pelo lugar de Costa (mas o ministro já mexe os cordelinhos)

Há dois nomes que começam a ganhar força como possíveis sucessores de António Costa na liderança do PS - Pedro Nuno Santos e Fernando Medina. Mas ainda vão ter que esperar "bastante" por isso, prevê …

PJ fez novas buscas por Maddie em três poços no Algarve

A Polícia Judiciária (PJ) procurou o corpo de Madeleine McCann em três poços de água localizados em zonas rurais do concelho de Vila do Bispo, no Algarve. A informação é avançada este sábado pelo Correia da …

Berardo abre museu em Estremoz com fundos da União Europeia

O semanário Expresso avança na sua edição deste sábado que Joe Berardo instalou um museu em Estremoz, no distrito de Évora, financiado, na sua grande maioria, com fundos da União Europeia (UE). De acordo com o …

Há três dias que os casos aumentam em Itália. Espanha endurece medidas

Os casos de novas infeções com o novo coronavírus aumentaram pelo terceiro dia consecutivo, em Itália, onde nas últimas 24 horas se registaram mais 276 contaminações, comparando com 229, 193 e 138, nos dias anteriores. O …

MP investiga juiz acusado de pagar por sexo enquanto ouvia menores abusados (ele alega que o querem tramar)

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito à denúncia feita, no Parlamento, pela dona de uma casa de prostituição que revelou que um juiz pedia para lhe fazerem sexo oral enquanto via vídeos dos menores …

Câmara de Sintra admite 700 casos confirmados que ainda não foram contactados

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, admitiu que existem cerca de 700 casos positivos de covid-19 no concelho que, apesar de identificados, não foi ainda possível contactar. Em entrevista ao jornal Público …

Jesus quer regressar ao Benfica. Acordo deve ficar fechado nas próximas horas

O futuro de Jorge Jesus continua a fazer correr muita tinta. Em Portugal, diz-se que o treinador tem um acordo quase fechado para regressar ao Benfica, enquanto que no Brasil há garantias de que ficará …

Erdogan anuncia que Santa Sofia volta a ser uma mesquita. UNESCO lamenta profundamente

O Presidente turco anunciou que as primeiras orações coletivas muçulmanas serão realizadas em 24 de julho em Santa Sofia, convertida em mesquita, acrescentando que o edifício permanecerá aberto a visitantes de todos os credos. "Vamos fazer …

PSD tem um substituto para o modelo Infarmed: reuniões no Parlamento transmitidas na televisão

O PSD considera que o "modelo Infarmed" já deu o que tinha a dar e, por isso, propõe substituí-lo por encontros públicos. O Expresso teve acesso a um projeto de resolução do PSD, entregue esta sexta-feira, …