Identificados mais de 100 planetas que podem ter luas com vida

Centro de Voo Espacial Goddard da NASA; Jay Friedlander e Britt Griswold

Impressão de artista de uma potencialmente habitável exolua em órbita de um planeta gigante num sistema solar distante.

Astrónomos dos Estados Unidos e Austrália identificaram 121 planetas fora do Sistema Solar nos quais acreditam que podem existir luas habitáveis.

Todos nós já ouvimos falar da busca por vida noutros planetas, mas e quanto a procurar noutras luas? Investigadores da Universidade da Califórnia em Riverside e da Universidade do Sul de Queensland, na Austrália, identificaram mais de 100 planetas gigantes que potencialmente hospedam luas capazes de suportar vida.

O artigo publicado na revista The Astrophysical Journal, guiará o projeto de futuros telescópios capazes de detetar essas potenciais luas e procurar sinais de vida, as chamadas bioassinaturas, nas suas atmosferas.

Desde o lançamento do telescópio Kepler da NASA, em 2009, os cientistas identificaram milhares de planetas para lá do nosso Sistema Solar, chamados exoplanetas.

Um dos principais objetivos da missão Kepler era o de identificar os planetas que estão nas zonas habitáveis das suas estrelas, o que significa que não são muito quentes nem muito frios para a existência de água líquida – e potencialmente a vida.

Os planetas terrestres, ou seja, rochosos, são os principais alvos na busca da vida, visto que alguns deles podem ser geologicamente ou atmosfericamente semelhantes à Terra.

Outro lugar favorito para procurar são os muitos gigantes gasosos identificados durante a missão Kepler. Embora não sejam candidatos a albergar vida, os planetas parecidos com Júpiter, situados na zona habitável, podem abrigar luas rochosas, ou exoluas, que podem sustentar vida.

“Atualmente, existem 175 luas conhecidas em órbita dos oito planetas do nosso Sistema Solar. Embora a maioria dessas luas orbitem Júpiter e Saturno, que estão fora da zona habitável do Sol, tal pode não ser o caso noutros sistemas solares,” diz Stephen Kane, professor associado de astrofísica planetária e membro do Centro de Astrobiologia de Terras Alternativas da Universidade da Califórnia em Riverside.

“A inclusão de exoluas rochosas na nossa procura por vida no espaço expandirá muito os lugares que podemos examinar”, explica o investigador.

Os cientistas identificaram 121 planetas gigantes que têm órbitas situadas nas zonas habitáveis das suas estrelas. Com mais de três vezes o raio da Terra, estes planetas gasosos são menos comuns do que os planetas terrestres, mas espera-se que cada um deles abrigue várias luas grandes.

Os cientistas especularam que as exoluas possam proporcionar um ambiente favorável à vida, talvez até melhor do que a Terra. Isto porque recebem energia não só da sua estrela, mas também da radiação refletida pelo seu planeta. Até agora, nenhuma exolua foi confirmada.

“Agora que criámos uma base de dados dos planetas gigantes conhecidos na zona habitável da sua estrela, serão feitas observações dos melhores candidatos a hospedar potenciais exoluas a fim de ajudar a refinar as propriedades esperadas das exoluas”, comenta Michelle Hill, estudante da Universidade do Sul de Queensland que irá juntar-se ao programa da Universidade da Califórnia em Riverside, no outono.

“Os nossos estudos de seguimento vão ajudar a informar os futuros projetos de telescópios, para que possamos detetar essas luas, estudar as suas propriedades e procurar sinais de vida”, conclui.

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta parede feita de ossos humanos debaixo de uma catedral

Foi descoberta uma parede feita de ossos humanos debaixo da Catedral de Saint-Bavo, na Bélgica. Acredita-se que o objetivo era libertar espaço num cemitério próximo. Uma equipa de construção civil descobriu acidentalmente uma parede feita de …

Estados Unidos filtram imigrantes que possam ser um "fardo" para o país

Os imigrantes que optem por residir permanentemente nos EUA, mas que o Governo considere que são um encargo para as finanças públicas, podem ver negado o seu visto, de acordo com uma lei que entra …

"A solução única é apoiar a minha candidatura". CDS e Chega reúnem-se para falar sobre as presidenciais

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, vai reunir-se na quinta-feira com o deputado e líder do Chega, André Ventura, na Assembleia da República. A reunião "de cortesia" foi pedida pelo CDS, para "apresentação de …

Gordura à volta dos vasos sanguíneos pode ajudar a mantê-los saudáveis

A gordura encontrada à volta das artérias pode ajudar a manter os vasos sanguíneos saudáveis, ajudando a reduzir a tensão deles quando esticam. A gordura à volta das artérias, conhecida como tecido adiposo perivascular, pode …

Sporting disposto a pagar 5 milhões ao Sp. Braga por Rúben Amorim

O Sporting estará decidido a "roubar" o treinador Rúben Amorim ao Sporting de Braga. E para isso poderá pagar cinco milhões de euros, incluindo jogadores nas negociações, segundo a CMTV. O percurso vitorioso do Sp. Braga …

Rui Pinto apresenta queixa contra Portugal na União Europeia

A defesa de Rui Pinto, criador do Football Leaks, anunciou esta segunda-feira que vai apresentar uma queixa contra Portugal na União Europeia, alegando que as regras europeias de extradição do seu constituinte não foram respeitadas. “Houve …

Português infetado com coronavírus no Japão já foi transferido para o hospital

O português infetado com o coronavírus Covid-19 num navio de cruzeiros no Japão foi esta terça-feira transferido para um hospital na cidade de Okazaki. A mulher de Adriano Maranhão afirmou à agência Lusa que tinha acabado …

Cientistas descobrem novo estado eletrónico da matéria

Uma equipa de cientistas norte-americanos observou um novo estado da matéria, que mostra que os eletrões podem unir-se de maneira semelhante à forma como os quarks se combinam para formar neutrões e protões. Normalmente, os eletrões …

"Célula de combustível reversa" converte resíduos de carbono em produtos valiosos

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciou o desenvolvimento de um eletrolisador capaz de produzir produtos químicos valiosos a partir de CO2 e eletricidade limpa com uma velocidade 10 vezes superior …

Descobertas da missão Juno alimentam mistério da água em Júpiter

A missão Juno da NASA forneceu os seus primeiros resultados científicos sobre a quantidade de água na atmosfera de Júpiter. Publicados recentemente na revista científica especializada Nature Astronomy, os resultados da Juno estimam que, no …