0,1% dos funcionários públicos estão inactivos em requalificação

Caza_No_7 / Flickr

-

Os 845 funcionários públicos que estão inativos ao abrigo do regime de requalificação têm uma remuneração base média mensal de 579,5 euros, depois de lhes ter sido cortado 40% do salário.

De acordo com a Síntese Estatística do Emprego Público (SIEP), divulgada este mês pela Direção-Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP), no terceiro trimestre deste ano estavam colocados em situação de requalificação 845 trabalhadores, o que corresponde a uma descida de 30,7% em relação a junho e a uma quebra de 20,95% relativamente a setembro de 2014.

Os mesmos dados apontam para a existência de menos 375 funcionários públicos na requalificação do que no segundo trimestre do ano, quando estavam 1.220 trabalhadores nessa situação.

A 30 de setembro de 2015, o número de trabalhadores em situação de inatividade era inferior em 223 ao número registado em setembro de 2014, quando estavam neste regime 1.068 trabalhadores.

De acordo com os mesmos dados do Emprego Público, a 30 de setembro de 2015, o emprego na administração pública correspondia a 649.294 postos de trabalho, dos quais 0,13% se encontram em requalificação.

Segundo a SIEP, em julho de 2015 a remuneração base média mensal dos trabalhadores em requalificação era de 579,5 euros.

A lei da requalificação entrou em vigor a 01 dezembro de 2013 mas só teve efeito prático no inicio deste ano, com a colocação de mais de 600 trabalhadores da Segurança Social neste regime, com o respetivo corte salarial de 40%.

A estes seguiram-se outros trabalhadores da Administração Pública mas em número muito mais reduzido.

Dos 613 funcionários da Segurança Social colocados em requalificação, 462 são assistentes operacionais e 151 são das carreiras especiais da Segurança Social (educadores de infância, técnicos de diagnóstico e de terapêutica e enfermeiros).

Dado que a remuneração base média mensal dos assistentes operacionais que estão no ativo é, segundo a SIEP, de 597 euros, os trabalhadores desta categoria que estão em requalificação receberiam mensalmente 358,2 euros, correspondentes a 60% do salário base, mas, por imposição da lei, recebem os 505 euros correspondentes ao salário mínimo nacional.

Aos educadores de infância, que no ativo têm uma remuneração base média de 1.988,3 euros por mês, a requalificação reduz-lhes a remuneração para 1.192,98 euros, neste primeiro ano de permanência.

Os técnicos de diagnóstico e de terapêutica, com uma remuneração base média mensal de 1.221,8 euros, recebem na requalificação um salário base médio 733,08 euros.

Os enfermeiros, que têm uma base média salarial de 1.299,1 euros, com o corte de 40% por estarem em requalificação, ganham 779,46 euros em média.

O regime de requalificação prevê a colocação de funcionários públicos em inatividade, a receberem 60% do salário no primeiro ano e 40% nos restantes anos.

Os funcionários com vínculo de nomeação, anterior a 2009, podem ficar na segunda fase até à aposentação, porque não podem ser despedidos.

Mas os funcionários com contrato de trabalho em funções públicas posterior a 2009 podem enfrentar a cessação do contrato, se não forem recolocados noutro serviço público no prazo de um ano.

A lei da requalificação, que substituiu a da mobilidade especial, entrou em vigor a 01 dezembro de 2013, quando estavam inativos, em mobilidade especial, 1.127 trabalhadores.

No final de setembro de 2014, quando foi iniciado o processo dos trabalhadores da segurança social, estavam em inatividade 1.068 funcionários públicos, número que desceu para 961 em dezembro.

A 31 de março de 2015, depois de concretizado o processo da Segurança Social, estavam na requalificação 1.439 funcionários públicos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …

Condutor que atropelou mortalmente irmã de Djaló condenado a 16 anos de prisão

O Tribunal de Almada condenou, esta terça-feira, a 16 anos de prisão o condutor acusado do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos nas Festas da Moita, no distrito de Setúbal, em setembro de …

Tribunal Arbitral do Desporto mantém jogo à porta fechada na Luz

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou improcedente o recurso do Benfica ao castigo de disputar um jogo à porta fechada, uma decisão que vai ser alvo de recurso do clube. Fonte oficial do Benfica confirmou, …

Portugal tem taxas de mortalidade por AVC superiores a todos os países da Europa ocidental

Segundo um estudo recente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, “Portugal ocupa apenas a 25.ª posição (em 51 países) entre as mulheres e a 28.ª posição entre os homens, com mortalidades superiores às de todos os …

Salvini renuncia à imunidade parlamentar e quer ser levado à Justiça

Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de migrantes, quer renunciar à imunidade parlamentar e ser julgado. A poucos dias das eleições regionais, esta é uma oportunidade do ex-ministro do Interior voltar a conquistar …

Afinal, cancro e doenças cardíacas podem ser contagiosos

Na escola, aprendemos que só podemos apanhar certas doenças, como a gripe, através de outras pessoas. Porém, um novo estudo defende que muitas "doenças não transmissíveis", como a maioria dos cancros e doenças cardíacas, às …

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …

Revelada a identidade do novo líder do Estado Islâmico

Um dos membros fundadores do Estado Islâmico, Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi, foi confirmado por vários serviços de inteligência como novo líder do grupo terrorista. Após a morte de Al Baghdadi numa operação norte-americana na …