Homicídio qualificado, furtos e danos. ​No Name Boys acusados de 261 crimes violentos

Zipp / Wikimedia

O Ministério Público (MP) acusou 37 elementos da claque No Name Boys de 261 crimes. Em causa estão crimes como homicídio qualificado na forma tentada, ofensas à integridade física, furto, dano e atentado à segurança de transporte rodoviário.

Segundo avançou a TVI este sábado, o Ministério Público (MP) acusou 37 elementos da claque No Name Boys de 261 crimes. O grupo de adeptos do Benfica, com idades entre os 20 e os 40 anos, é suspeito de crimes como homicídio qualificado na forma tentada, ofensas à integridade física, furto, dano e atentado à segurança de transporte rodoviário.

Um dos episódios de violência está relacionado com o apedrejamento ao autocarro do Benfica, em junho, que provocou ferimentos aos jogadores Weigl e Zivkovic.

De acordo com a TVI, que teve acesso ao despacho do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, os arguidos estiveram, alegadamente, envolvidos em pelo menos 11 episódios violentos entre 2018 e 2020.

Os crimes provocaram mais de duas dezenas de vítimas, entre atletas, adeptos de clubes rivais, nomeadamente do Sporting, e agentes das forças de segurança.

No âmbito da operação “Operação Sem Rosto”, a PSP deteve em junho seis pessoas relacionadas com a claque No Name Boys. os arguidos ficaram em prisão preventiva e passaram mais tarde para domiciliária.

Os seis No Name Boys tinham manuscritos com informações de dirigentes e comentadores de clubes, assim como de jornalistas, e orquestravam agressões violentas.

Os No Name Boys são um grupo organizado de adeptos com ligação ao Benfica, mas não reconhecido de forma oficial pelo clube da Luz, enquanto a Juventude Leonina é uma claque oficial do Sporting, à qual foi retirado o apoio, esta época, pela direção do clube de Alvalade.

Em maio, um homem alegadamente pertencente à Juventude Leonina foi agredido, na zona do Lumiar, por um grupo de mais de 30 indivíduos com camisolas dos No Name Boys.

Na mesma noite do apedrejamento ao autocarro, as residências do treinador Bruno Lage e do capitão de equipa Pizzi foram vandalizadas com frases intimidatórias inscritas em spray nas paredes exteriores.

Ambos os atos terão sido cometidos, alegadamente, por elementos de uma fação radical dos No Name Boys.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. As Claques do Futebol ja deveriam merecer uma atençao muito especial das policias, muitas sao verdadeiras associaçoes Criminosas e nem o escondem ,na cidade que resido ,vejo nas Paredes ,Graffitis de uma Claque com Desenhos de evidente inspiraçao NAZI ,com mensagens de apelo a Xenofobia ,violencia , separatismo,so nao ve quem nao quer

RESPONDER

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …

Advogados dizem que há questões "pontuais" por resolver no SEF do aeroporto de Lisboa

Responsável pela Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados reveleu que mantém uma "estreita relação e cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que o centro de instalação temporária no aeroporto …

EUA "golearam" Europa mas a Europa "humilhou" o Mundo

Vitória clara dos americanos no golfe, mas vitória ainda mais "gorda" dos europeus no ténis. Quem é europeu e gosta de várias modalidades desportivas, teve muito para ver neste fim-de-semana. E terminou com emoções completamente distintas: …

Governo reforça apoios ao setor do turismo com nova linha de crédito

Nova linha de crédito terá 150 milhões de euros destinados às pequenas e médias empresas, tendo como objetivo incrementar a retoma económica. O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital anunciou hoje, em Coimbra, …

Nova Iorque quer usar guarda nacional para substituir trabalhadores de saúde não vacinados

A governadora de Nova Iorque, Kathy Hochul, está a considerar usar a guarda nacional e funcionários médicos de fora do estado para suprir a falta de pessoal de saúde, já que dezenas de milhares provavelmente …

O PSD saiu vitorioso ou derrotado das autárquicas? Depende a quem se perguntar no partido

Resultado conquistado por Carlos Moedas em Lisboa está a ser visto como um autêntico balde de água fria para os possíveis adversários de Rui Rio na corrida à liderança do PSD. Uma semana antes das eleições …

Bruno Fernandes falhou grande penalidade - e Cristiano deve substituí-lo

Médio do Manchester United desperdiçou a oportunidade de dar um ponto à sua equipa, contra o Aston Villa. De repente, o ambiente em Old Trafford mudou. O Manchester United venceu três jogos e empatou um, nos …

A Islândia estava prestes a ter um parlamento de maioria feminina - até à recontagem dos votos

A recontagem dos votos das legislativas de sábado fez com que o número de mulheres passasse de 33 para 30. Mesmo assim, a Islândia mantém-se como um dos países do mundo com maior representação parlamentar …

É mesmo possível reconhecer um ditador pelas suas características faciais

Os líderes democraticamente eleitos tendem a ter rostos mais atraentes e simpáticos do que os líderes autoritários, conclui um polémico estudo. É comum as pessoas formarem juízos de valor baseados na aparência de um rosto. No …

Moedas já fala como presidente. "Temos que deixar a política da fricção e apostar na construção de soluções, de resultados"

Carlos Moedas, que se vê como um presidente inclusivo", recusa uma política de "fricção", nomeadamente na oposição ao poder nacional e promete concentrar-se nos "resultados e nas pessoas" para melhorar a vida dos lisboetas. Carlos Moedas, …