Tribunal declara ilegal regulamento da Liga sobre comentadores desportivos

131

Sérgio Azenha / Lusa

O ex-árbitro Pedro Proença na apresentação da sua candidatura à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional

O ex-árbitro Pedro Proença na apresentação da sua candidatura à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou ilegais os regulamentos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) que estipulavam regras sobre a participação de dirigentes e funcionários desportivos em programas de comentário desportivo.

Numa ação intentada pelo canal televisivo SIC, o TAD, num acórdão a que a agência Lusa teve acesso, considera que o artigo 140.º-A do Regulamento Disciplinar e do 35.º n.ºs 4 e 5 do Regulamento de Competições vão contra a Constituição e a Lei da Televisão.

De acordo com o n.º 4 do artigo 35.º dos regulamentos da Liga de clubes, aprovados por maioria qualificada dos clubes do organismo antes do início desta temporada, “os dirigentes e funcionários das sociedades desportivas e dos clubes fundadores não podem participar, na qualidade de intervenientes regulares, em programas televisivos que se dediquem exclusiva, ou principalmente, à análise e comentário do futebol profissional”.

O n.º 5 do mesmo artigo prevê que os dirigentes e funcionários de clubes podem participar, “na qualidade de convidados”, em programas, mas “apenas podem analisar e comentar aspetos positivos do jogo e das competições, abstendo-se de analisar e de comentar decisões da equipa de arbitragem, comportamentos de jogadores, treinadores, outros agentes desportivos ou do público”.

Viana Canal / YouTube

Dia Seguinte, programa da SIC Notícias

Dia Seguinte, programa da SIC Notícias

“Os dirigentes e funcionários das sociedades desportivas e dos clubes fundadores destas que participem, na qualidade de intervenientes regulares, em programas televisivos que se dediquem exclusiva ou principalmente à análise e comentário do futebol profissional são sancionados com a sanção de suspensão a fixar entre o mínimo de oito dias e o máximo de três meses e, acessoriamente, com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 5 UC e o máximo de 15 UC”, lê-se no n.º 1 do artigo 140.º-A do Regulamento Disciplinar.

Na sua demanda, a SIC defende que “todas as proibições e limitações constantes das normas impugnadas violam o direito à liberdade de imprensa” e considera que estes regulamentos “podem liquidar os programas ‘Dia Seguinte’ e ‘Play Off'”, “tendo um efeito aniquilador na liberdade editorial”.

Para a LPFP, na sua contestação, “não é verdade que a credibilidade dos comentadores e das suas intervenções resultem de serem funcionários ou dirigentes dos clubes com os quais os espetadores os identificam”, considerando que estes regulamentos defendiam a competição e admitindo que podem danificar a imagem das provas.

Liga rejeita intenção de condicionar liberdade das televisões

A Liga de futebol rejeitou hoje qualquer intenção de condicionar liberdade das televisões, e está a analisar a decisão o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) sobre as regras de participação de dirigentes e funcionários desportivos em programas de comentário.

“Nunca foi, nem será, intenção dos agentes desportivos representados pela Liga Portugal limitar a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa, valores civilizacionais devidamente consagrados, que respeitamos e reconhecemos como inalienáveis de todos os cidadãos”, disse o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, em comunicado enviado à Lusa.

No comunicado, o presidente da LPFP garante que “as razões explanadas estão a ser analisadas pelo departamento jurídico do organismo” e que “as conclusões serão apresentadas em reunião de Direção, na próxima semana”.

O presidente do organismo que gere as competições profissionais de futebol garante, no entanto, que continua a acreditar que a decisão não interfere, nem limita a programação televisiva.

“Continuamos a julgar, apesar do acórdão, que não há qualquer interferência ou intenção de limitar a programação televisiva, até porque os limites e as sanções que os clubes aprovaram se referem apenas aos seus dirigentes e ao caráter permanente das suas intervenções”, refere Pedro Proença.

O líder da Liga lembra ainda que a decisão foi aprovada “por maioria qualificada, e homologada pela Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Futebol” e acrescenta: “É acertado dizer que foram as próprias sociedades desportivas que entenderam ser tempo de se autorregulamentarem e, assim, se conter o clima de suspeição no futebol português, em prol da dignidade do futebol e dos seus intervenientes”.

ZAP // Futebol365 / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O ministro do STF do Brasil, Teori Zavascki

Morre em acidente de avião no Brasil o juiz relator da Lava Jato

O juiz do Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil Teori Zavascki morreu esta quinta-feira num acidente aéreo em Paraty, no litoral do Rio de Janeiro. O juiz Teori Zavascki, de 69 anos, e outras três pessoas …

-

Iraque retira embaixador do cargo e recusa levantar imunidade dos gémeos

O ministro dos Negócios Estrangeiros anunciou esta quinta-feira que o Iraque decidiu retirar de Lisboa o embaixador do Iraque em Portugal, pai dos gémeos que agrediram um jovem em Ponte de Sor. O Iraque decidiu retirar …

-

Michelle e Barack Obama já se despediram da Casa Branca

A residência do comandante-chefe dos Estados Unidos está a horas de receber novos inquilinos, portanto a altura é de mudança. Michelle e Barack Obama já fizeram as últimas despedidas. "Ser a vossa Primeira-Dama foi a honra …

Ex-primeiro-ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Defesa de Sócrates considera nova suspeita "falsa e absurda"

Os advogados de José Sócrates consideraram esta quinta-feira "falsa, injusta e absurda" a nova suspeita lançada contra o ex-primeiro-ministro no caso Marquês, depois de Ricardo Salgado ter sido constituído arguido. Em comunicado enviado à agência Lusa, …

Detentos de Alcaçuz entram em confronto  batalhão de choque da Polícia Militar na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, localizada na região metropolitana de Natal (RN)

Presos entram em nova batalha campal em prisão brasileira

Presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na cidade brasileira de Natal, voltaram a entrar em confronto na manhã desta quinta-feira. As cenas de um combate de grandes proporções estão a ser transmitidas em direto pela TV. Pelo quinto …

Loalwa Braz Vieira, do grupo Kaoma, cantora do super hit "Lambada (Chorando Se Foi)"

Cantora de "Lambada" encontrada morta em carro incendiado

A cantora brasileira, de 63 anos, foi encontrada morta, esta quinta-feira, num carro incendiado. Loalwa Braz Vieira, conhecida pelo hit musical "Chorando Se Foi" e ícone da lambada, foi encontrada morta esta quinta-feira, 19 de janeiro, …

Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva

OCDE defende redução da TSU em empresas que paguem salário mínimo

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) recomendou esta quinta-feira ao Governo a redução da TSU nas empresas que paguem o salário mínimo, incluindo as novas contratações. O objetivo é, segundo a OCDE, que …

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho apresenta programa com 111 medidas

O presidente do Sporting, recandidato ao cargo, apresentou esta quinta-feira 111 medidas no seu programa eleitoral, entre as quais, a defesa da liderança direta do futebol e da formação, como aposta base da política desportiva. No …

-

YouTube está a permitir alojar pornografia e filmes pirata

Esta falha no YouTube foi divulgada pelo site TorrentFreak e, apesar de ser muito aproveitada por sites de pornografia, também será possível alojar conteúdo pirata. A Google ainda não comentou sobre o assunto e, aparentemente, ainda …

-

Esquerda quer feriado obrigatório no Carnaval, mas PS diz não

O PS anunciou esta quarta-feira que irá chumbar os projetos de lei dos Verdes e do PAN que propõem que a terça-feira de Carnaval seja feriado nacional, argumentando que já foram repostos quatro feriados "retirados" pelo …