Zuckerberg telefona a Obama para se queixar sobre espionagem

Ludovic Toinel / Flickr

-

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, disse ter telefonado para o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para “expressar frustração” sobre as novas denúncias de espionagem digital por parte do governo.

O empresário de 29 anos afirmou num post na rede social que o governo dos Estados Unidos “deveria ser o paladino da internet, não uma ameaça”.

As declarações de Zuckerberg acontecem um dia depois de documentos secretos revelarem que a Agência de Segurança Nacional (NSA) se disfarçou de um servidor do Facebook para infectar milhões de computadores de utilizadores suspeitos.

Os documentos foram dados a conhecer pelo ex-funcionário da NSA Edward Snowden, o mesmo que revelou o esquema de espionagem do governo americano no ano passado.

A NSA alegou que as informações contidas nos documentos eram “imprecisas”.

Zuckerberg já tinha afirmado em setembro que os Estados Unidos “estragaram tudo” ao espionar a internet.

O fundador do Facebook escreveu na sua página pessoal na quinta-feira que “parece que demorará ainda muito tempo para uma verdadeira reforma completa [do programa de espionagem dos EUA]”.

Quebra de confiança?

“Quando os nossos engenheiros trabalham incessantemente para oferecer segurança, imaginamos que estamos a proteger os nossos utilizadores contra criminosos, não contra nosso próprio governo”, disse Zuckerberg na sua página pessoal.

“O governo dos Estados Unidos deve ser o campeão da internet, não a sua ameaça”.

“Eles [o governo] precisam de ser muito mais transparentes sobre o que estão a fazer, senão as pessoas vão acreditar no pior”.

As informações divulgadas por Snowden no ano passado sobre a NSA revelaram a gravação de chamadas telefónicas e violação de cabos de fibra óptica que transmitem comunicações globais e de redes locais.

Segundo os documentos, as agências do governo americano tinham acesso a servidores de nove grandes empresas de tecnologia, incluindo a Microsoft, Yahoo, Google, Facebook, PalTalk, AOL, Skype, YouTube e Apple.

As empresas, entretanto, negaram qualquer envolvimento no esquema.

Num comunicado, a NSA afirma que “usa as suas capacidades técnicas apenas para dar suporte a operações de inteligência internacional apropriadas e de acordo com a lei, todas realizadas em estrita concordância com as autoridades”.

A porta-voz da Casa Branca Caitlin Hayden confirmou que o presidente conversou com Zuckerberg na noite de quarta-feira a respeito de “informações recentes na imprensa sobre supostas actividades das agências de inteligência dos EUA”.

Hayden não deu mais declarações sobre o caso.

Aliança

Quando começaram a surgir os rumores de que os serviços de segurança estariam a usar as redes sociais e as empresas de tecnologia para monitorizar pessoas, o Facebook juntou-se com Google, Apple, Microsoft, Twitter, AOL, Linkedin e Yahoo para formar uma aliança chamada de Reforma de Vigilância do Governo.

O grupo reivindicou “mudanças de larga escala” em relação à espionagem do governo americano.

No seu último post, Zuckerberg afirma que, para deixar a internet forte, “precisamos de a manter segura”.

No início da semana, Snowden afirmou numa entrevista colectiva que a espionagem conduzida pelos Estados Unidos e por outros governo estava a “incendiar o futuro da internet”.

ZAP / BBC

 

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

O detetive a bordo do rover da NASA Perseverance

Marte está muito longe da famosa 221 Baker Street, mas um dos detetives mais conhecidos da ficção estará representado no Planeta Vermelho quando o rover Perseverance da NASA pousar no dia 18 de fevereiro de …

Nem o mar profundo se safa das alterações climáticas

Um novo estudo mostra que as alterações climáticas já estão a bater à porta do mar profundo, e os seus habitantes poderão em breve estar em perigo. De acordo com o site IFLScience, a equipa de …

Príncipe belga pede desculpa por violar confinamento em festa ilegal em Espanha

O príncipe Joachim da Bélgica disse “lamentar profundamente” não ter respeitado “todas as medidas” do confinamento durante uma viagem a Espanha, onde participou numa festa ilegal em Córdoba que está a ser investigada pela polícia. Depois …

Politólogo que previu que Trump seria Presidente vaticina a sua reeleição

O politólogo que previu que Donald Trump seria Presidente dos Estados Unidos vaticina agora a sua reeleição em novembro de 2020. Helmut Norpoth, professor de ciências políticas da Universidade Stony Brook, nos Estados Unidos, previu …

Índia regista mais de oito mil novos casos. Tem "uma longa batalha" pela frente

A Índia registou mais de oito mil novos casos de covid-19 num único dia, um novo recorde desde o início da pandemia no país, foi este domingo anunciado. O número de casos confirmados de covid-19 na …

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …