Mark Zuckerberg vai assumir culpas do Facebook no escândalo dos dados

tuaulamac / Flickr

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, vai pedir desculpa durante uma audiência no Congresso dos EUA, pelo escândalo dos dados de 87 milhões de utilizadores da rede social que foram usados pela consultora Cambridge Analytica para eleger Donald Trump, nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016.

Segundo o depoimento preparado por Zuckerberg, que foi antecipado com a divulgação à imprensa norte-americana, o director do Facebook assumirá a responsabilidade pelos erros e pedirá desculpas.

Zuckerberg vai prestar declarações em três comités do Congresso norte-americano – dois do Senado e um da Câmara de Representantes – para responder às perguntas dos congressistas sobre o escândalo de dados para a Cambridge Analytica e outros assuntos.

No Comité de Energia e Comércio da Câmara de Representantes, Zuckerberg assumirá a responsabilidade pela fuga de dados, pelas notícias falsas divulgadas nas redes sociais e pela interferência da Rússia nas eleições de vários países.

“Está claro agora que não fizemos o suficiente para prevenir que essas ferramentas fossem usadas para causar prejuízo. Isso engloba notícias falsas, interferência estrangeiras em eleições, discurso de ódio e privacidade de dados”, dirá Zuckerberg na audiência.

“Não tivemos uma visão suficientemente ampla de qual era a nossa responsabilidade e isso foi um grande erro. Foi meu erro e peço desculpas. Comecei o Facebook, administro-o e sou responsável pelo que ocorre por lá”, afirmará o executivo-chefe da empresa.

Além disso, Zuckerberg reconhecerá que a companhia reagiu de maneira lenta à interferência da Rússia nas eleições americanas de 2016, algo negado pelo Kremlin e investigado nos EUA, pelo promotor especial Robert Mueller.

O depoimento cita a empresa Internet Research Agency, com sede em São Petersburgo, acusada por Mueller de colher dados de cidadãos americanos.

Pela primeira vez, Zuckerberg revelará que essa empresa russa “actuou repetidamente de maneira enganosa”, tentando manipular cidadãos da Europa, EUA e Rússia. Para o executivo-chefe do Facebook, a empresa atingiu 126 milhões de pessoas com uma única página na rede. No Instagram, foram 20 milhões.

Zuckerberg também falará no depoimento de algumas das eleições de 2018, como as de Brasil e México, e afirmará que o Facebook está a trabalhar para evitar novos incidentes.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Estoril vs Benfica | Salvio em cima do gongo

O Benfica arrancou um suado triunfo por 2-1 na visita ao Estoril Praia. A formação benfiquista marcou primeiro, foi superior no primeiro tempo, mas no segundo, os “canarinhos” deram a volta ao texto e justificaram …

Cientistas criam "tatuagem biomédica" para detetar vários tipos de cancro

Cientistas suíços desenvolveram uma "tatuagem biomédica" que escurece quando deteta mudanças no corpo que podem indicar a presença de cancro. Os investigadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH), na Suíça, desenvolveram uma "tatuagem biomédica" …

Vinho tinto e frutos vermelhos podem prevenir doenças mentais

As substâncias presentes nos frutos vermelhos e no vinho tinto podem contribuir para a prevenção da depressão e doenças neurodegenerativas. Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis) descobriram que as substâncias …

Karl Lagerfeld: "Se não querem que vos baixem as calças, não sejam modelos"

O designer não ficou calado e fez declarações sobre queixas de assédio sexual na indústria do cinema e da moda à revista francesa Número Magazine. Karl Lagerfeld, designer de moda e responsável pela Fendi e Chanel, …

Descobertas acidentalmente ossadas humanas com mil anos enterradas duas vezes

Uma equipa de investigadores do Instituto Politécnico Nacional do México descobriu restos mortais de antigos indígenas que datam do ano de 1100 d.C.. Fósseis humanos com cerca de mil anos foram encontrados na praia de El …

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …

PSD dá a Costa espaço para reformar o SNS sem o Bloco

O ministro-sombra da saúde de Rui Rio, Luís Filipe Pereira, está a preparar um documento estratégico sobre o SNS. O PSD pretende, assim, ir a jogo na discussão sobre o futuro do Serviço Nacional de Saúde. A …