Zoológico no Egito acusado de pintar um burro para o disfarçar de zebra

2

O jardim zoológico Internacional do Cairo, no Egito, está a ser acusado de ter pintado riscas pretas num burro para o fazer passar por uma zebra. As denúncias surgiram depois de um jovem ter publicado fotografias do animal na Internet.

Mahmoud Sarhan é o estudante que publicou as imagens do animal no seu perfil do Facebook depois de visitar o jardim zoológico.

Além do seu pequeno tamanho e orelhas pontiagudas, havia também manchas pretas no rosto do animal. As imagens rapidamente se tornaram virais, tendo mesmo alguns especialistas avaliado a espécie do animal.

Um veterinário consultado pelos média locais disse que o focinho de uma zebra é preto e que as suas riscas são mais consistentes e paralelas do que as do animal exposto no zoológico.

Sarhan revelou que a jaula tinha dois animais e que ambos tinham sido pintados. O zoológico negou ter feito pintado qualquer animal.

الحمير الوحشيه في حديقة الحيوان بالجيزه مزوره مرسومه بالأبيض والأسود

Publicado por ‎رضا عبدالنعيم امين‎ em Terça-feira, 24 de Julho de 2018

Esta não é a primeira vez que um zoológico é acusado de tentar enganar os seus visitantes. Em 2009, um zoológico em Gaza, em Israel, pintou dois burros para que se parecessem com zebras. Já em 2012, outro zoológico de Gaza exibiu animais de pelúcia, devido à escassez da espécie.

Em 2013, um zoológico chinês na província de Henan tentou com que um cão se fizesse passar por um leão africano. E em 2017 um zoológico na província de Guangxi desiludiu os seus visitantes ao expor pinguins insufláveis de plástico. Semanas depois, outro zoológico de Guangxi foi condenado por exibir borboletas de plástico.

(dr) Mahmoud Sarhan / Facebook

O estudante com o alegado animal pintado

  ZAP // BBC

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE