“As pessoas estão a ser manipuladas”. Edward Snowden abriu a Web Summit

A conferência tecnológica e de empreendedorismo arrancou esta segunda-feira oficialmente em Lisboa, com o ativista Edward Snowden e o presidente da Huawei Guo Ping. Nos próximos três dias, são esperadas mais de 70 mil pessoas.

O homem que expôs o sistema de espionagem e vigilância da Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos era a grande expetativa para a noite desta segunda-feira, na Altice Arena, no Parque das Nações, em Lisboa.

Edward Snowden alertou na segunda-feira que são as pessoas que estão a ser manipuladas e não os dados. “Não são os dados que estão a ser explorados, são as pessoas que estão a ser manipuladas”, advertiu Snowden na abertura da quarta edição da cimeira tecnológica Web Summit.

Questionado sobre os esforços para a proteção de dados dos utilizadores na Europa, Snowden indicou que não considera a introdução do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD) uma resposta eficaz, uma vez que “o problema não é a proteção de dados, mas sim a recolha de dados”.

O ex-analista informático salientou que “não há problema em recolher [dados] desde que não haja uma fuga”, no entanto, o que percebemos em 2013, é que “há sempre uma fuga”. Edward Snowden revelou, em 2013, a existência de um sistema de vigilância mundial de comunicações e de Internet, tendo sido acusado pelos Estados Unidos de espionagem e apropriação de segredos do Estado.

Ao longo do seu discurso, Snowden referiu ainda que o modelo de negócios de empresas como o Google e o Facebook “é abusivo”, mas consideram-no “legal”. “Esse é que é o verdadeiro problema, nós legalizámos o abuso [relativamente aos dados pessoais recolhidos], criámos um sistema que torna a população vulnerável para benefício dos privilegiados”, afirmou.

Snowden discursou por videoconferência, uma vez que se encontra asilado na Rússia, para onde fugiu depois de ter revelado informação confidencial e ser procurado pela justiça norte-americana.

5G vai mudar o mundo

O chairman rotativo da Huawei Guo Ping instou esta segunda-feira os programadores e startup a se juntarem à tecnológica chinesa para criar “esta nova Era inteligente” resultante da introdução do 5G (quinta geração móvel).

Sob o mote “5G+X: Creating a new era?”, Guo Ping começou por dizer que era “uma honra” estar na Web Summit e apontou que o 5G é uma oportunidade para todos. “A Huawei quer trabalhar com os programadores e startups para criar mais aplicações de 5G+”, afirmou o chairman (presidente do Conselho de Administração) da tecnológica chinesa. “Juntem-se a nós para criar esta nova Era inteligente”, sublinhou o executivo.

Considerando que o 5G está “a criar uma nova Era inteligente”, onde se inclui o big data (armazenamento de dados), a inteligência artificial (IA), Guo Ping sublinhou que o 5G “acabou de ser ativado” e já apresenta uma vasta gama de produtos que estão a dar os primeiros passos. “Acredito que o 5G+X irá criar inúmeras oportunidades para os empreendedores”, sublinhou.

“O 5G e a IA são um ponto de viragem para uma nova tecnologia“, permitindo “melhorar em todas as indústrias”, acrescentou.

Guo Ping apontou que tal como a eletricidade, a quinta geração móvel vai mudar o mundo. Salientou que até ao final do ano haverá 60 redes 5G a comercializar serviços assentes nesta tecnologia, a qual “está a crescer mais rapidamente que o esperado”.

O 5G “vai ser aplaudido pelos consumidores“, assegurou, apontando que a tecnologia não se aplica apenas ao entretenimento, mas vai muito mais além que isso, o que inclui serviços na área da saúde, entre outros.

Lisboa como “uma das cidades mais abertas” do mundo

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, disse esta segunda-feira que Lisboa será “uma cidade de empreendedores e cientistas” nos próximos três dias da Web Summit, apontando a capital portuguesa como “aberta e tolerante”.

“Vão encontrar uma das cidades mais abertas que poderão encontrar em todo o mundo”, realçou Fernando Medina, na cerimónia de abertura da cimeira de tecnologia Web Summit, em Lisboa.

O autarca discursou após o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e ao lado do cofundador e presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave. Fernando Medina apresentou Lisboa como uma cidade que “viaja através da inovação” e que uma das melhores demonstrações é a Web Summit.

Fernando Medina recordou também algumas conversas com Paddy Cosgrave, há cerca de quatro anos, quando se discutia a realização do evento em Lisboa. “Paddy juntou-se a nós e nos últimos anos criámos um enorme progresso de inovação e transformação”, referiu o autarca socialista.

Paddy Cosgrave agradece por reforço de segurança

O cofundador e presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave, agradeceu na segunda-feora às forças de segurança portuguesas, que decidiram à última hora reforçar o controlo de mochilas, atrasando em cerca de 15 minutos o início da cimeira tecnológica.

“Há duas horas [as forças policiais] tomaram a decisão de começar a ver as mochilas”, reforçando o controlo de segurança, adiantou Paddy Cosgrave. “Nós respeitamos e achamos que o interesse deles é o interesse de todos vós”, acrescentou.

André Kosters / Lusa

Antes de passar a palavra a Edward Snowden, que participa como orador por videoconferência, Paddy Cosgrave pediu a todos os participantes que se levantassem e cumprimentassem duas pessoas ao seu lado. “Durante a próxima semana vamos ser todos portugueses”, sublinhou.

Fundada em 2010 por Paddy Cosgrave, Daire Hickey e David Kelly, a Web Summit é considerada um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e evoluiu em menos de seis anos de uma equipa de apenas três pessoas para uma empresa com mais de 150 colaboradores.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, passou a realizar-se em Lisboa desde 2016, vai manter-se na capital até 2028, depois de, em novembro do ano passado, ter ficado decidida a permanência da conferência em Portugal por mais 10 anos, após uma candidatura com sucesso. O evento realiza-se em Lisboa até quinta-feira.

A quarta edição da Web Summit em Portugal vai contar com a participação de 1.206 oradores que vão intervir nos 22 palcos distribuídos pelo recinto do evento. Está também confirmada a presença de 2.526 jornalistas.

Esta terça-feira, estão previstas novidades sobre o Brexit, pela voz de Michel Barnier, o negociador-chefe União Europeia, sobre a Libra, a criptomoeda do Facebook, e sobre o 5G.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Edward Snowden que vive refugiado na Russia a falar de pessoas manipuladas, quando todos sabemos como funciona a Russia e a sua grande aposta na destabilização da democracia no Ocidente. Isto apenas prova que as pessoas não têm principios defendem quem os defende, todos apenas pensam nos seus interesses, a verdade é relativa para esta gente.

    • Terá ele a ousadia de infiltrar o sistema de Espionagem e segurança do Estado Russo ????…………… Ou o facto de ter cama e comida, neste exemplar País da Democracia, é-lhe concedido só se se deixar manipular ????….vigiados, manipulados, observados, escrutinados e vigarizados já o somos desde a muito. Não é preciso chamar-se E. Snowden, para ser-mos conscientes destes factos !………. O que falta é o poder que o Povo não tem para mudar o Sistema !

  2. e o Rui Pinto continua preso e este que fez exatamente o mesmo é convidado e aplaudido na capital do império,os mesmos que prenderam um denunciante são os mesmos elogiam outro denunciante ,a vergonha de morar num país de corruptos

  3. Sim, e? Qual é a dúvida?
    Ele não vive lá por “opção” ou porque é um país exemplar – está lá refugiado!
    E, NUNCA ninguém o viu/ouviu tecer qualquer opinião sobre a ditadura do Putin!!
    Continua a defender o seus princípios, coisa que seria bem mais “complicada” se ele continuasse nos EUA!…

Limitação dos apoios a sócios-gerentes não é "justa", diz Confederação das empresas

A Confederação das Micro, Pequenas e Médias Empresas não entende a razão para limitar a ajuda a sócios-gerentes ao valor de 1.905 euros, proposta que não consideram justa. Em entrevista à Rádio Observador na quinta-feira, o …

Devolução de manuais. Diretores acusam políticos de "brincar às escolinhas"

Os diretores escolares criticaram hoje o 'timing' da proposta de suspensão de devolução de manuais escolares, acusando os políticos de andar a “brincar às escolinhas” sem perceberem o trabalho que implica reutilizar milhões de livros. O …

Passageiros dos EUA e PALOP têm de apresentar teste negativo de covid-19

O Governo prorrogou várias medidas restritivas do tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal, com novas orientações e exceções, num despacho publicado terça-feira em Diário da República. Segundo noticiou o Expresso, um comunicado do …

PGR angolana diz que Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal

Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal ou noutro país com acordos judiciários com Angola, no âmbito do processo-crime por alegada má gestão e desvio de fundos da Sonangol, disse à Lusa fonte da …

Autoridades descartam participação da milícia "Escritório do Crime" no caso Marielle Franco

O envolvimento da milícia conhecida como "Escritório do Crime" no homicídio da vereadora e ativista Marielle Franco chegou a ser investigado, mas foi descartado pela polícia brasileira. O delegado brasileiro Daniel Rosa, da cidade do Rio …

Desconfinamento não foi suficiente. Desemprego volta a subir em Espanha para valores de 2016

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha voltou a aumentar em 5.107 pessoas em junho, uma desaceleração em relação a maio, atingindo um total de 3.862.883 espanhóis. De acordo com os …

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …