Von der Leyen. “Choque” do Brexit reforçou a União Europeia

Patrick Seeger / EPA

Ursula Von der Leyen, a nova presidente da Comissão Europeia

A presidente eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, considerou esta sexta-feira que o “choque do Brexit” reforçou a União Europeia.

A presidente eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, considerou esta sexta-feira que o “choque do Brexit” reforçou a União Europeia.

“Por paradoxal que pareça, o choque do Brexit reforçou a nossa união. Porque nos mostrou não só o que significa deixar a UE, mas também que cada país ganha em fazer parte da UE”, disse a alemã num “Discurso da Europa” na Porta de Brandenburgo, em Berlim, na véspera das celebrações dos 30 anos da queda do Muro de Berlim.

“Com todas as diferenças que temos, os 27 estão unidos nas negociações do Brexit. Sem cinismo, sem maldade, numa posição comum consolidada”, frisou.

Von der Leyen repetiu que todos os 27 lamentam a saída do Reino Unido da UE e assegurou que, no entanto, “a experiência do Brexit mostrou a muitos dos que duvidavam da UE [os benefícios] que têm na UE”.

A presidente da Comissão Europeia defendeu também a NATO como uma instituição “notável”, depois das críticas do Presidente francês, Emmanuel Macron, que afirmou que a Aliança Atlântica está “em morte cerebral”. “Apesar da agitação da última semana, considero que a NATO mostrou ser notável como escudo protetor da liberdade”, disse.

“A História da Europa não pode ser contada sem a NATO”, acrescentou, insistindo no facto de se tratar da “mais poderosa aliança de defesa do mundo”. Von der Leyen frisou que a Aliança Atlântica será o que os seus membros quiserem que seja e defendeu a sua vigência e a sua função.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mau tempo nas próximas 48h. Proteção Civil alerta para cheias e quedas de árvores

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alertou para a possibilidade de lençóis de água e de gelo nas estradas, cheias rápidas e queda de árvores, devido ao mau tempo nas próximas 48 horas …

Bolsonaro terá recusado descendente de D. Pedro para vice por desconfiar que ele era gay

O deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança, conhecido por "príncipe" por ser descendente de D. Pedro, herdeiro da família imperial do Brasil, não é vice-presidente de Jair Bolsonaro por causa da sua sexualidade. Esta é …

Detetados dois casos de peste pneumónica na China

Duas pessoas estão a receber tratamento em Pequim, na China, depois de lhes ter sido detetada peste pneumónica, a forma mais perigosa desta doença. De acordo com a CNN, que cita as autoridades locais, duas pessoas estão …

Jogador do Eintracht Frankfurt que empurrou treinador suspenso sete semanas

O jogador do Eintracht Frankfurt foi suspenso por sete semanas depois de ter derrubado o treinador do Friburgo durante o encontro entre as duas equipas, anunciou a Federação Alemã de Futebol (DFB). David Abraham, jogador do …

Austrália. Maiores incêndios de sempre já causaram mortos e podem durar meses

Mais de 150 incêndios devastam as costas Leste e Oeste da Austrália, 40 deles fora de controlo, com as autoridades a ordenarem na quarta-feira à população e aos turistas que abandonassem as zonas na rota …

Em seis anos, pedidos de junta médica aumentaram 210%

Os pedidos de juntas médicas aumentaram 210% em seis anos, sendo que o tempo de espera para os utentes é, em média, de seis meses. De acordo com o Diário de Notícias, de janeiro de 2011 …

De saída da Comissão Europeia, Tusk apela aos britânicos para não desistirem de travar o Brexit

Donald Tusk, de saída da presidência do Conselho Europeu, pediu aos eleitores britânicos para não desistirem de travar o 'Brexit'. Com a campanha em curso no Reino Unido para as eleições de 12 de dezembro, …

Tiroteio em universidade russa causa dois mortos e três feridos

Duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas, esta quinta-feira, durante um tiroteio numa universidade em Blagoveschensk, na Rússia. De acordo com as autoridades policiais, um estudante de 19 anos levou uma arma de caça para …

"Ano de 2020 pode ser menos mau internacionalmente do que temia"

O Presidente da República considerou esta quarta-feira que “o ano de 2020 pode ser economicamente menos mau internacionalmente do que temia”, devido à evolução do Brexit e da "guerra comercial" entre Estados Unidos da …

Google já sabe falar em português de Portugal

A Google anunciou oficialmente o idioma de português europeu para o seu assistente digital, um passo importante para desbloquear o potencial desta funcionalidade no país. Falar com as máquinas não é novidade. A Alexa, da Amazon, …