Vítima de agressões por taxista do Porto exige a sua expulsão da central

herr_schaft / Flickr

-

Uma jovem que diz ter sido agredida na semana passada por um taxista no Porto apresentou queixa contra o agressor à Raditáxis, exigindo que o motorista seja expulso da central.

Num comunicado, Sara Vasconcelos, de 28 anos, conta como na manhã do dia 8 de dezembro, depois de uma noite de trabalho, foi agredida a “socos e pontapés” por um taxista, acreditando que tal aconteceu porque, antes de entrar na viatura estacionada na Praça da República, beijou na boca uma amiga.

Na queixa que enviou à Raditáxis, a vítima relata os acontecimentos dessa manhã e solicita à central que identifique de imediato o motorista, bem como outros dois taxistas que também se encontravam naquela postura e assistiram ao sucedido “impávidos e serenos”.

A queixosa pretende que o taxista seja expulso da Raditáxis e que a central “envie a identificação do agressor e das duas testemunhas à justiça”.

Na sua edição de terça-feira, o Jornal Notícias noticiou que o taxista em causa admitiu a agressão, mas negou que tal se tenha tratado de um “ataque homofóbico”, acrescentando que o homem terá “perdido a cabeça depois de uma troca de injúrias”.

“Devido à gravidade da situação, e com o apoio dos movimentos LGBT, informo que se não tiver resposta cabal ao solicitado até ao dia 19, iremos realizar uma concentração de protesto junto à Raditáxis, exigindo sermos recebidos e esclarecidos sobre o que a administração pretende fazer relativamente a este caso e também para garantir que uma situação como esta não volta a acontecer”, lê-se na queixa.

A queixosa pretende ainda que o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) retire a licença ao taxista em causa.

Sara Vasconcelos afirma não ter quaisquer dúvidas de que a situação configura “pelo menos dois crimes”, designadamente um crime de ofensas corporais, “motivado pelo ódio e cometido pelo taxista”, e o crime de “omissão de auxílio, cometido pelos ouros dois taxistas que não acudiram” à situação.

O diretor da Raditáxis do Porto, Mário Ferreira, afirma que, assim que der entrada na central a queixa da jovem que diz ter sido vítima de agressão por um taxista no Porto, será aberto um inquérito disciplinar.

Até ao momento ainda não recebemos nada, mas vamos abrir um inquérito se a queixa chegar”, afirmou, em declarações à Lusa, Mário Ferreira.

Segundo o responsável pela central de táxis, na sequência da abertura do inquérito, o motorista poderá ser suspenso ou expulso das comunicações via rádio, mas “tudo depende do que tiver para contar“.

Entretanto, cerca de 60 moradores das ruas adjacentes do local onde ocorreu a agressão assinaram um documento em que condenam o sucedido e defendem que, nas ruas do Porto, “os direitos humanos são para cumprir”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho pouco ambicioso querer que o grunho seja expulso. Ele e os outros anormais, que viram e não fizeram nada, têm que perder a carteira profissional e ir para a cadeia. Fim de conversa. Mas estamos na República das Bananas, ou quê?

RESPONDER

Eriksen continua hospitalizado, mas já enviou cumprimentos aos colegas

O jogador dinamarquês, vítima de um súbito problema cardíaco este sábado, durante o jogo com a Finlândia, mantém-se hospitalizado num estado estável, revelou a Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU). "Esta manhã, falámos com Christian Eriksen, que …

Marcelo afasta retrocesso no desconfinamento. SNS "sem pressão grave"

O Presidente da República afastou, este sábado, um retrocesso no desconfinamento a nível nacional, alegando que os serviços de saúde estão longe de uma pressão grave. Marcelo Rebelo de Sousa assumiu esta posição no final de …

Venezuela com 11 casos de covid-19 na véspera do jogo com o Brasil

A seleção venezuelana de futebol chamou 15 novos jogadores para a Copa América, depois de vários elementos da comitiva, entre os quais jogadores, estarem infetados com o coronavírus. Depois de a Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) …

Rui Pereira demite-se da Mesa da Assembleia-Geral do Benfica em choque com Vieira

Rui Pereira demitiu-se do cargo de presidente da Mesa de Assembleia-Geral (MAG) do Benfica, por sentir que não tem o apoio dos corpos sociais na marcação de uma reunião magna extraordinária. Numa carta enviada ao presidente …

Rui Moreira recandidata-se à Câmara Municipal do Porto

O atual presidente da Câmara Municipal do Porto vai recandidatar-se à presidência da autarquia para um terceiro mandato, confirmou, este domingo, o presidente da direção da associação cívica – Porto, o Nosso Movimento. "É com enorme …

Cancelo testou positivo à covid-19 e será substituído por Dalot

Diogo Dalot vai substituir João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, nos convocados de Portugal, a dois dias da estreia no Euro 2020, informou, este domingo, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "Diogo Dalot, internacional …

Já é possível prever quais as mulheres que poderão ter complicações graves na gravidez

Os métodos atuais para diagnosticar complicações numa gravidez não são sensíveis nem confiáveis ​​o suficiente para identificar todas as gestações de risco. Agora, cientistas descobriram uma forma de testar os níveis hormonais na placenta para …

Crianças têm dificuldade em entender emoções de pessoas com máscara

Um novo estudo mostra que crianças dos três aos cinco anos só conseguem entender as emoções escondidas por detrás das máscaras em apenas 40% das ocasiões. A equipa de investigação U-Vip (Unidade para Deficientes Visuais), liderada …

Cientistas identificam uma rara "hélice" magnética num sistema binário

De acordo com investigações que serão publicadas na revista The Astrophysical Journal, investigadores da Universidade de Notre Dame identificaram a primeira hélice magnética eclipsante num sistema estelar variável cataclísmico. O sistema estelar, conhecido como J0240, é …

Euro2020, 2º dia: Bélgica e Finlândia vencem em dia marcado pelo colapso de Eriksen

A Bélgica estreou-se hoje no Euro2020 de futebol com uma vitória expressiva sobre a Rússia (3-0), no Grupo B, num dia histórico para a Finlândia, mas manchado pelo colapso do dinamarquês Christian Eriksen, que lançou …