Virgin Galactic leva cientista planetário ao Espaço pela primeira vez

Virgin Galactic

SpaceShipTwo a voar pela primeira vez no espaço aéreo do Novo México

O norte-americano Alan Stern será o primeiro a realizar experiências científicas financiadas pela NASA, a bordo de uma aeronave comercial da empresa espacial privada Virgin Galactic.

A NASA revelou a semana passada que o cientista planetário Alan Stern estará entre os primeiros humanos a serem transportados para o espaço pela aeronave SpaceShipTwo, onde fará parte de um par de experiências a alta altitude.

De acordo com o New Atlas, Stern foi o principal investigador da missão New Horizons da NASA e é agora vice-presidente da Divisão de Ciência e Engenharia Espacial do Southwest Research Institute (SwRI), no Texas. Agora, irá voar para o espaço a bordo da aeronave comercial que partirá das instalações da Virgin Galactic para uma missão suborbital.

“Esta é a primeira seleção de um investigador do setor privado para voar em veículos comerciais, com o financiamento da NASA ”, disse Stern.

A Virgin Galactic tem estado a testar o seu avião espacial, o que inclui testes de planar e manobras de voo, com os preparativos em andamento para a sua primeira visita ao espaço, a partir do Spaceport America, no Novo México.

Apesar de ainda não haver data definida para o voo, que levará o cientista ao espaço pela primeira vez, o SwRI revelou um pouco sobre as experiências financiadas pela NASA – em primeiro lugar, será usada uma câmara de baixa luminosidade para explorar a sua capacidade de fazer observações astronómicas durante o voo de duas horas; e em segundo, Stern será equipado com instrumentos para monitorizar os seus sinais vitais, como parte de uma investigação biomédica.

“Estamos orgulhosos por trabalhar com a NASA e o SwRI”, disse Michael Colglazier, diretor executivo da Virgin Galactic. “Será a primeira vez de Alan a voar para o Espaço e estamos animados por estar envolvidos num marco tão importante. A investigação de orientação humana a bordo da SpaceShipTwo permite aos cientistas que se envolvam ativamente nas suas experiências, respondendo aos desenvolvimentos em tempo real, o que é um passo vital para expandir a nossa compreensão da ciência espacial”, acrescentou.

Stern, que já esteve envolvido em 29 equipas científicas de missões espaciais mas nunca foi ao Espaço, disse que esta missão será o ponto mais alto da sua carreira: “Ir trabalhar para o Espaço sozinho pela primeira vez, depois de passar tantos anos a enviar para lá máquinas que fazem as pesquisas por mim, será o ponto mais alto da minha carreira e algo para o qual tenho a honra de ter sido selecionado.”

“Mas espero que este seja apenas o primeiro de um fluxo constante de voos de investigadores do SwRI para trabalhar no Espaço nos próximos anos e décadas”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" a incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …

O maior elevador panorâmico do mundo tem vista para os cenários de Avatar

Com o recente lançamento de fotografias subaquáticas dos bastidores do Avatar 2 e a notícia de que Avatar 3 está quase a terminar as filmagens, não há melhor momento para revisitar o parque nacional que …

Pandemia tirou comida da mesa, mas deu asas a startup que transforma plástico do mar em máscaras

A startup portuguesa Skizo transformou a pandemia numa oportunidade de crescimento. Quando faltava comida nalgumas mesas, a empresa de produção de sapatilhas e bolsas passou a fazer máscaras a partir de plástico retirado dos oceanos …

Na Irlanda, o Pai Natal é considerado um "trabalhador essencial"

A Irlanda fez esta semana um anúncio especialmente dedicado às crianças, afirmando que o Pai Natal é considerado um trabalhador essencial no país e, por isso, não terá as suas deslocações restringidas no período natalício. …

Mais 2400 novos casos. Portugal ultrapassa os 300 mil desde o início da pandemia

Portugal ultrapassou hoje a barreira dos 300 mil casos de covid-19 desde o início da pandemia no país, em março, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou mais 2.401 novos casos, tendo passado a contabilizar …

Medidas para o Natal conhecidas no sábado. Passagem de ano com todas as restrições

O primeiro-ministro, António Costa, adiantou hoje que no sábado anunciará as medidas para o Natal “com as melhores condições possíveis”, mas avisou desde já que “a passagem do ano vai ter todas as restrições”. “O Governo …