/

O VIPER está prestes a ir onde nenhum rover foi

5

A cratera Nobile foi definida como local de aterragem do VIPER, que, em 2023, deve explorar áreas sombreadas para procurar água e outros recursos.

A NASA planeia enviar o Veículo de Exploração Polar para Investigação Volátil (VIPER) ao polo sul da Lua já no próximo ano, numa missão de 100 dias para explorar recursos que possam facilitar a ida de seres humanos a uma das regiões mais frias do nosso Sistema Solar nessa mesma década.

O rover movido a energia solar terá de se manter afastado de períodos prolongados de escuridão. Por esse motivo, noticia o Interesting Engineering, o local da missão escolhido será perto da borda ocidental da cratera Nobile.

Com cerca de 430 kg, o rover será lançado a bordo de um foguete Falcon Heavy da SpaceX e equipado com três espectrómetros e um berbequim. O VIPER vai recolher amostras de três tipos de ambientes lunares enquanto combate as flutuações de temperatura, à medida que se move da sombra para a luz na superfície lunar.

A equipa da NASA responsável pela missão quer analisar as características do gelo e outros recursos utilizando sensores e os instrumentos do rover. A análise de amostras de uma variedade de profundidades e temperaturas ajudará os cientistas a prever onde poderá haver gelo na Lua e mapear recursos.

Além de o objetivo passar por compreender melhor a distribuição de recursos na Lua, os cientistas querem também documentar as futuras missões tripuladas à superfície lunar.

A cratera Nobile cobre uma superfície aproximada de 93 quilómetros quadrados, sendo que o VIPER deverá percorrer 16 a 24 km durante a sua missão.

  Liliana Malainho, ZAP //

5 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE