Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

United Nations / Flickr

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual.

Na África do Sul, a taxa de gravidez na adolescência é alta e a violência sexual é generalizada no país. No entanto, foram realizadas muito poucas pesquisas para explorar a ligação entre a gravidez indesejada precoce e a violência sexual.

Segundo o The Conversation, o investigador Anthony Idowu Ajayi, do African Population and Health Research Center, decidiu debruçar-se sobre este tema, conduzindo um estudo com adolescentes e mulheres jovens em universidades sul-africanas.

O estudo, publicado recentemente no BMC Public Health, revela que cerca de duas em cada cinco meninas adolescentes e jovens adultas tiveram uma gravidez indesejada, sendo que um quarto dessas gestações terminou em aborto.

Além disso, duas em cada cinco meninas sofreram violência sexual em algum momento da sua vida e dois terços dos perpetradores tinham algum tipo de relacionamento com as vítimas. Namorados e amigos eram os mais propensos a serem os violadores.

Mais de metade (54,4%) das participantes que sofreram violência sexual relataram gravidez indesejada – sendo que a gravidez não foi necessariamente decorrente do incidente de violência sexual. Entre as que nunca sofreram abuso sexual, 34,3% tiveram uma gravidez indesejada.

Estudos anteriores concluíram que a violência sexual não dá liberdade nem abertura para que a vítima se sinta à vontade para negociar o uso do preservativo. Além disso, a acessibilidade à anticoncepção de emergência, assim como o estigma e a exclusão social, resultam na impossibilidade de muitas vítimas de violência sexual receberem atendimento.

O investigador salienta que as consequências da violência sexual e da gravidez indesejada precoce são de longo alcance e para a vida toda.

Além de considerar fundamental educar os jovens para a educação e direitos sexuais, Anthony Idowu Ajayi sublinha que os pais, as escolas e até a igreja devem também assumir um papel fulcral neste tipo de intervenção educacional.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Monstros marinhos no deserto? Restos de ancestral do peixe-boi encontrados em deserto no Egito

De acordo com um novo estudo, há 40 milhões de anos, o Deserto Oriental Africano era o lar dos ancestrais dos peixes-boi e dos dugongos.  No ano passado, uma equipa de arqueólogos encontrou fósseis de um antigo …

Mourinho voltar a criticar o VAR (e lembra penálti do City frente ao FC Porto)

O treinador do Tottenham, o português José Mourinho, voltou a criticar o VAR, recordando o penálti assinalado contra o FC Porto no jogo frente ao Manchester City a contar para a fase de grupos da …

Salgado e outros banqueiros suspeitos de desviar milhões de euros do BES Angola

O ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, o ex-líder do BESA, Álvaro Sobrinho, o ex-administrador do BES, Amílcar Morais Pires, e o ex-administrador do BESA, Hélder Bataglia, são suspeitos de desviar milhões de euros do BES …

Uma mão cheia de vitórias. Benfica procura melhor arranque na I Liga em 38 anos

O Benfica, líder do campeonato, vai procurar manter o pleno de vitórias na I Liga portuguesa de futebol na receção ao Belenenses SAD, na partida de encerramento da quinta jornada, disputada nesta segunda-feira às 20h15. Com …

Açores. Direita tem mais mandatos do que a esquerda. PSD quer dialogar (mas Chega exclui coligação)

A Assembleia Legislativa dos Açores passará a ter representantes de sete forças políticas, com o Chega, a Iniciativa Liberal e o PAN a chegar pela primeira vez ao parlamento regional onde o PS já não …

Descoberta nova proteína capaz de alterar o ADN e prevenir doenças

Um grupo de investigadores da Universidade de Sevilha, em colaboração com equipas das Universidades de Murcia e Marburg, identificou uma nova proteína que permite recompor o ADN. A proteína em questão chama-se criptocromo, e evoluiu …

Federação dos Médicos alerta que SNS não "consegue responder ao maior desafio que já viveu"

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FNAM), Noel Carrilho, demonstrou este domingo preocupação pela falta de meios no Serviço Nacional de Saúde (SNS), que considera não conseguir responder ao "maior desafio que já viveu". "Desde …

Vacina de Oxford produz "resposta imune robusta" em maiores de 55 anos

A vacina desenvolvidade pela Universidade de Oxford em colaboração com a farmacêutica AstraZeneca produz "uma resposta imune robusta" em pessoas com mais de 55 anos. De acordo com o Financial Times, a vacina desenvolvida pela Universidade de …

Primeiro-ministro da Bulgária testou positivo à covid-19

O primeiro-ministro da Bulgária, Boyko Borisov, anunciou este domingo na sua página da rede social Facebook que testou positivo para o novo coronavírus, que provoca a covid-19 e que apresenta "sintomas leves". "Depois de dois testes …

Pela primeira vez, o Ártico ainda não tem gelo em outubro

Pela primeira vez desde que há registos, o principal viveiro de gelo marinho do Ártico, o Mar de Laptev, na Sibéria, ainda não começou a congelar no final de outubro. O Mar de Laptev mantém-se em …