Viagens pagas: presidente dos Serviços Partilhados de Saúde ameaça jornais com a ERC

Henrique Martins, presidente dos Serviços Partilhados do Ministério de Saúde, cujos quadros viajaram para a China e EUA pagos por privados, emitiu um comunicado a criticar jornais e a ameaçar recorrer à ERC.

Passaram seis dias desde que o Expresso denunciou as viagens pagas pela NOS às instalações da Huawei, na China. Nessa deslocação, terão participado cinco quadros dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS). Passaram-se também quatro dias desde que o Observador denunciou viagens à Oracle, nos Estados Unidos.

Agora, o presidente dos SPMS, Henrique Martins, reagiu às notícias que têm saído sobre o assunto e, em declarações à TSF, disse que as notícias de viagens pagas pela NOS são “manipulação da opinião pública” e admite pedir à Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) para analisar as notícias.

Além disso, Henrique Martins emitiu também um comunicado, no qual faz saber que “repudia o tratamento adotado por alguns órgãos de comunicação social”. O comunicado do conselho de administração dos SPMS foi colocado no site na quinta-feira, seis dias depois de o Ministério da Saúde ter pedido um inquérito à Inspeção-Geral das Atividades em Saúde e já depois de os visados pelas notícias terem posto o seu lugar à disposição.

No texto que, de acordo com o Observador, não foi autorizado pelo Ministério da Saúde, a administração dos SPMS fala em “inexatidão e falta de veracidade da informação” e afirma ainda que, alegadamente, não foi permitido “o direito ao contraditório”.

Henrique Martins revelou também à TSF em declarações não gravadas, não entender o porquê de se falar tanto nos SPMS quando já se sabe que “altos dirigentes de outras entidades públicas relevantes, de diversos ministérios, foram em viagens semelhantes”.

Os SPMS falam numa “assimetria” de tratamento ou “falta de isenção” pelos media e o seu presidente defende que não faz qualquer sentido comparar estas viagens às dos secretários de Estado para ver os jogos do Euro 2016 a França.

A central de compras da saúde para o setor público alerta mesmo para “manipulação da opinião pública com base em notícias que nem sempre correspondem à verdade“, passando “a ideia que tais praticas só ocorreram com colaboradores desta empresa”.

No comunicado publicado no site do organismo, o presidente dos SPMS admite mesmo que os órgãos de comunicação social deram mais relevância às viagens dos SPMS do que as viagens de outros quadros públicos.

“É do conhecimento público que ao longo dos últimos anos houve outros ministérios e entidades públicas a participar nestas representações institucionais cuja identificação dos seus participantes não está a ter igual tratamento nos órgãos de comunicação social”.

E acusa ainda: “A empresa considera que existe falta de isenção jornalística na seleção dos dados e nomes apresentados, uma vez que, como é do conhecimento público, estas comitivas, ao longo dos anos, integravam altos dirigentes e dirigentes de diversos ministérios, entidades públicas e privadas, cuja informação é pública e pode ser consultada on-line. Mais uma vez, passando-se a ideia na opinião pública que tais praticas só ocorreram com colaboradores desta empresa com intuitos que desconhecemos. Algumas das notícias são lesivas por conterem ataques ao bom nome da instituição e dos seus quadros”.

No entanto, Henrique Martins, pretende resolver o problema adotando um caminho semelhante ao escolhido pela Infarmed e publicando no site dos SPMS uma “lista pública com apoios de empresas patrocinadoras“.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …