Ventura lança “campanha dos lábios negros, de luto” pelo país

José Sena Goulão / Lusa

Em vez de vermelho, “os meus lábios seriam pintados de preto pelo luto que tenho pelo estado da nação”, disse o candidato a Belém, André Ventura.

O candidato presidencial do Chega desafiou os seus apoiantes a responderem ao movimento #VermelhoemBelém com uma “campanha dos lábios negros, de luto” pelo estado do país, num comício noturno, em Bragança.

“Por mim, meus amigos, os meus lábios seriam pintados de preto pelo luto que tenho pelo estado da nação. Chamemos-lhe campanha dos lábios negros porque é forma como devemos dizer o estado em que o país está”, afirmou André Ventura.

Dirigentes, deputados e militantes bloquistas resolveram pintar os lábios de vermelho e colocar vídeos e fotografias nas redes sociais, um fenómeno que se tornou viral em apoio à adversária Marisa Matias, que havia sido apoucada pelo deputado único do Chega por usar aquela cor de batom.

“De luto pela falta de condições na saúde, de luto pelo abandono dos nossos idosos, de luto pelo esquecimento do interior, de luto pela falta de justiça que temos, de luto por terem esquecido os portugueses de bem. Lábios negros e não lábios vermelhos, é o que temos de de fazer até ao fim da nossa campanha”, disse.

Segundo o líder do Chega, “se esta candidatura ficar à frente da esquerda e da extrema-esquerda, então é um claríssimo sinal vermelho para o Governo inverter aquilo que tem feito ao país e um claríssimo sinal vermelho para que Marcelo Rebelo de Sousa, a vencer, inverta o seu estilo de Presidência”.

“Não vamos mais aceitar um Presidente de selfies e mergulhos no mar que não queira saber como é que está a saúde e a justiça para os seus cidadãos”, afirmou.

As eleições presidenciais realizam-se a 24 de janeiro, sendo a 10.ª vez que os cidadãos portugueses escolhem o chefe de Estado em democracia, desde 1976. A campanha eleitoral começou no dia 10 e termina em 22 de janeiro.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Já não vai a tempo de limpar a borrada que fez com o batom vermelho que cheira muito a machismo. É pior a emenda do que o soneto. Mas será normal que um candidato a PR se preocupe com a cor do batom de alguém? Que pobreza franciscana!!!

    • No debate televisivo, a azeitoneira de Condeixa Mariza, foi derrotada em toda alinha por André Ventura. Agora parece já cambalear menos, mas só fala por trás. Esta pelintra ilusionista é um dos maiores fiascos da política portuguesa.

    • Por aqui se vê as grandes causas que preocupam esta pobre bloquista. Ficou inchada por uma questão de baton. Isto só prova a sua frágil personalidade. Caiu como um patinho.

  2. Ao ridículo que este país chegou! Lábios vermelhos e negros, meu Deus! Precisamos de UNIÃO dos portugueses, basta de desunião e guerrilha, com divisões e posições extremadas o país não vai a lado nenhum, bom senso precisa-se por favor!

      • Desculpe mas o que tem Portugal a ver com a China e os EUA? Cada país trata de si, temos de nos preocupar com os nossos problemas e não com os dos outros! eu quero que o meu país Portugal tenha progresso económico, social, cultural e isso é que importa e é essencial, um país unido e orgulhoso , as divisões só geram discórdia, ódio e não trazem nada de bom, temos de nos preocupar com o essencial e deixar brincadeiras infantis e inconsequentes. Com todo o respeito, é a minha opinião.

        • Atenção, “hhh2019”, a minha intenção nunca foi denegrir Portugal de uma maneira extrema/cruel, mas sim tentar veicular uma ideia muito simples, à qual (você) poderá aderir se for essa a sua vontade.
          Uma vez que, em Portugal, cada um vive por si e para si, tente, de forma expressiva, pensar num país ou em países que sejam mais calmos e em que todos componham uma frente unida parece ser uma solução que afasta o sentimento de nação derrotada, no entanto, nunca será. São precisamente esses elemento – “discórdia”, “ódio” e o “nada de bom” – que estão na base das ações da nossa corja governativa, e, por isso, valido a sua opinião, muito boa, apesar de, francamente, não ter moral para tal.
          Obrigado! 😉

  3. E curioso ver os “fiéis” do Chega, por tudo e por nada, usarem o velho disco riscado da Coreia do Norte, China, Rússia etc…quando são os únicos que não podem criticar o partido nem os seus dirigentes, à boa maneira russa, norte coreana ou chinesa.

RESPONDER

"Sofagate". Michel pede desculpa a Von der Leyen por falta de reação a incidente em Ancara

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, pediu esta terça-feira solenemente desculpa à líder da Comissão Europeia (UE) pela falta de reação ao "desplante diplomático" protagonizado por Ancara na semana passada. Von der Leyen destacou …

Altice Portugal acredita que "SIRESP vai acabar a 30 de junho"

O presidente da Altice Portugal disse que a empresa não teve "qualquer tipo de contacto por parte do SIRESP" sobre a continuidade do contrato, pelo lhe parece que a rede de emergência "vai acabar no …

Polícia do Capitólio foi avisada do ataque mas ordenada a não agir agressivamente

A Polícia do Capitólio dos Estados Unidos foi avisada antecipadamente sobre a violência dos atacantes do dia 6 de janeiro, mas os seus comandantes ordenaram aos oficiais que não usassem as suas táticas "mais agressivas" …

União Europeia não vai renovar contrato com AstraZeneca e Johnson & Johnson

A União Europeia não vai renovar os contratos da vacina contra a covid-19 com empresas como Astrazeneca e Johnson & Johnson no próximo ano. A notícia da decisão de não renovação dos contratos da vacina contra …

Neuralink divulga vídeo de macaco a jogar videojogo com a mente

A Neuralink, empresa de implantes cerebrais de Elon Musk, divulgou na quinta-feira um vídeo que mostra a tecnologia a funcionar em macacos. No vídeo, um cientista da Neuralink explica a forma como a empresa implantou um …

Coligação negativa trava "big brother fiscal" nas empresas

Foi aprovada no Parlamento uma proposta do PCP para mudar, de novo, a lei que regulamenta o envio de dados das empresas para o Fisco, com o voto contra do PS. É um travão ao …

Especialistas aconselham Governo a não avançar no desconfinamento

Manuel Carmo Gomes, o epidemiologista que deixou de participar nas reuniões no Infarmed, aconselhou o Governo a não avançar para a terceira fase de desconfinamento. E não é o único a defender a suspensão. De acordo …

Os buracos negros gostam de comer, mas têm várias regras de etiqueta à mesa

Uma equipa de astrónomos britânicos e holandeses concluiu que todos os buracos negros supermassivos no centro das galáxias parecem ter períodos em que engolem matéria dos seus arredores.  Astrónomos têm estudado galáxias ativas desde 1950. Estas …

Fim dos apoios às empresas acelera vaga de despedimentos

A pressão para pagar subsídios de férias e o fim da proibição de reduzir pessoal nos setores que tiveram ajudas vai potenciar uma vaga de despedimentos. O Jornal de Notícias ouviu advogados e associações sindicais que …

Camisola poveira

Vendas da camisola poveira disparam a nível mundial (e já há “uma Amazon” para a comprar)

A camisola poveira, peça de artesanato da Póvoa de Varzim, nunca se vendeu tanto como agora. As vendas dispararam à boleia da polémica apropriação do modelo pela estilista norte-americana Tory Burch que o comercializou como …