Venezuela vai receber vacina russa (e Maduro quer vacinar candidatos a legislativas)

Cristian Hernandez / Lusa

Nicolás Maduro, Presidente da Venezuela

Nicolás Maduro precisou que para outubro está prevista a chegada de um novo lote da vacina Sputnik V, insistindo que “seria uma boa ideia” que todos os candidatos fossem vacinados.

A Venezuela espera dois lotes da vacina Sputnik V, criada pela Rússia para combater o novo coronavírus, anunciou o Presidente Nicolás Maduro, propondo que os candidatos às eleições legislativas de dezembro sejam vacinados, para uma campanha “em total segurança”.

“Em setembro chegam as primeiras vacinas da Rússia para ensaios clínicos. Vou propor a Delcy Rodríguez (vice-presidente) que fale com o Conselho Nacional Eleitoral para ver se é possível vacinar todos os 14.400 candidatos das (eleições) parlamentares e façam a campanha eleitoral com maior tranquilidade”, disse.

Nicolás Maduro, falava durante um ato transmitido na íntegra pelas rádios e televisões venezuelanas, em que foram dados a conhecer os nomes dos 554 candidatos principais e suplentes do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV, o partido do governo) para as eleições legislativas.

O Presidente da Venezuela precisou que para outubro está prevista a chegada de um novo lote da vacina Sputnik V, insistindo que “seria uma boa ideia” que todos os candidatos fossem vacinados. “Para que possam sair às ruas, percorrer bairro a bairro de maneira segura. É uma proposta que faço para uma avaliação técnica, científica, política e institucional.”

O anúncio da chegada das vacinas tem lugar depois de, a 21 de agosto, o ministério venezuelano da Saúde ter anunciado que a Venezuela previa ter “500 voluntários para os ensaios clínicos da fase 3 da vacina Sputnik V”.

Ainda em agosto, as autoridades dos dois países participaram numa videoconferência “com a intenção de verificar a possibilidade de incorporar os estudos clínicos da vacina Sputnik V e produzi-la em território venezuelano”, segundo um comunicado do ministério da Saúde da Venezuela.

Na videoconferência participaram também representantes do Fundo Russo de Investimentos Diretos e do Centro Nacional de Investigação de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, produtor da vacina Sputnik V.

As próximas eleições legislativas na Venezuela estão marcadas para 6 de dezembro, data em que o governo venezuelano espera renovar a Assembleia Nacional onde a oposição é maioria e que é presidida pelo opositor Juan Guaidó.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …

Açores e Madeira acusam DGS de não usar dados verdadeiros nos boletins

A Direção Regional da Saúde (DRS) da Madeira garantiu que os números reportados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) esta sexta-feira não correspondem à realidade. A DRS dos Açores também assume a existência …