Venezuela. Oposição não reconhecerá novo mandato de Maduro

Miguel Gutierrez / EPA

Nicolás Maduro

A oposição na Venezuela anunciou na segunda-feira que não reconhecerá o futuro Governo do país, cujo Presidente, Nicolás Maduro, vai tomar posse para um novo mandato a 10 de janeiro.

A decisão foi tomada no congresso da coligação Frente Ampla Venezuela Livre (FAVL), que decorreu na Universidade Central da Venezuela, e, segundo a oposição, 10 de janeiro de 2019 marcará uma transição governamental no país e o fim do atual regime.

“Nesse dia vencerá o período presidencial em vigor e desaparecerá qualquer vestígio de legitimidade de um ditador totalitário, pelo que ocorrerá uma usurpação continuada do poder presidencial”, segundo o texto de um documento do Congresso Nacional Venezuela Livre lido durante o evento.



A coligação FAVL estipulou também aquela como data para “impulsionar o protesto nacional”. “O dia 10 de janeiro deve ser usado para pressionar mais a ditadura e apresentar uma alternativa de poder, séria, aos venezuelanos. Na Venezuela não há um novo Presidente, porque não houve eleições presidenciais“, sustenta a oposição.

No congresso participaram membros da sociedade civil, representantes de vários partidos políticos opositores, grémios de trabalhadores e sindicais. A iniciativa terminou com a divulgação das conclusões de 24 congressos regionais, realizados pelo FAVL nos 24 Estados do país, e a apresentação de uma “rota” para a transição política na Venezuela.

O padre Luís Ugalde, que esteve presente no congresso, precisou que “90% dos venezuelanos pensam que hoje a Venezuela não é livre e isso tem semeado uma sensação de impotência e a resignação de que o Governo se perpetuará”. O sacerdote insistiu na necessidade de uma “união superior, com esperança de mudança, inclusiva, que reúna opositores e a dissidência chavista”.

No passado dia 20 de maio foram realizadas eleições presidenciais antecipadas, na Venezuela, nas quais o Presidente, Nicolás Maduro, foi reeleito com 67,84% dos votos, segundo o Conselho Nacional Eleitoral (CNE). As eleições foram amplamente questionadas pela aliança opositora venezuelana, Mesa de Unidade Democrática, que denunciou falta de garantias eleitorais e não apresentou candidatos.

No dia 22 de maio, o CNE proclamou oficialmente Nicolás Maduro como Presidente da Venezuela para o período 2019-2025. A oposição exige a realização de novas eleições presidenciais na Venezuela.

PARTILHAR

RESPONDER

Bilardo foi "distraído" para não saber da morte de Maradona

Carlos Bilardo continua sem saber que Diego Maradona morreu. Família tenta proteger saúde do antigo selecionador argentino. Diego Armando Maradona morreu em novembro e Carlos Bilardo continua sem saber desse falecimento. A família tenta proteger a …

Processo de envelhecimento é imparável, revela estudo

Um novo estudo, que envolveu cientistas de 14 países, confirmou que provavelmente não podemos diminuir a velocidade com que envelhecemos, devido a restrições biológicas. A pesquisa, publicada na quarta-feira na Nature Comunications, inclui especialistas da Universidade …

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …