Venezuela. Oposição não reconhecerá novo mandato de Maduro

Miguel Gutierrez / EPA

Nicolás Maduro

A oposição na Venezuela anunciou na segunda-feira que não reconhecerá o futuro Governo do país, cujo Presidente, Nicolás Maduro, vai tomar posse para um novo mandato a 10 de janeiro.

A decisão foi tomada no congresso da coligação Frente Ampla Venezuela Livre (FAVL), que decorreu na Universidade Central da Venezuela, e, segundo a oposição, 10 de janeiro de 2019 marcará uma transição governamental no país e o fim do atual regime.

“Nesse dia vencerá o período presidencial em vigor e desaparecerá qualquer vestígio de legitimidade de um ditador totalitário, pelo que ocorrerá uma usurpação continuada do poder presidencial”, segundo o texto de um documento do Congresso Nacional Venezuela Livre lido durante o evento.

A coligação FAVL estipulou também aquela como data para “impulsionar o protesto nacional”. “O dia 10 de janeiro deve ser usado para pressionar mais a ditadura e apresentar uma alternativa de poder, séria, aos venezuelanos. Na Venezuela não há um novo Presidente, porque não houve eleições presidenciais“, sustenta a oposição.

No congresso participaram membros da sociedade civil, representantes de vários partidos políticos opositores, grémios de trabalhadores e sindicais. A iniciativa terminou com a divulgação das conclusões de 24 congressos regionais, realizados pelo FAVL nos 24 Estados do país, e a apresentação de uma “rota” para a transição política na Venezuela.

O padre Luís Ugalde, que esteve presente no congresso, precisou que “90% dos venezuelanos pensam que hoje a Venezuela não é livre e isso tem semeado uma sensação de impotência e a resignação de que o Governo se perpetuará”. O sacerdote insistiu na necessidade de uma “união superior, com esperança de mudança, inclusiva, que reúna opositores e a dissidência chavista”.

No passado dia 20 de maio foram realizadas eleições presidenciais antecipadas, na Venezuela, nas quais o Presidente, Nicolás Maduro, foi reeleito com 67,84% dos votos, segundo o Conselho Nacional Eleitoral (CNE). As eleições foram amplamente questionadas pela aliança opositora venezuelana, Mesa de Unidade Democrática, que denunciou falta de garantias eleitorais e não apresentou candidatos.

No dia 22 de maio, o CNE proclamou oficialmente Nicolás Maduro como Presidente da Venezuela para o período 2019-2025. A oposição exige a realização de novas eleições presidenciais na Venezuela.

PARTILHAR

RESPONDER

Costa quer fazer da Saúde a jóia da coroa da legislatura (e Centeno pode desempenhar funções importantes)

O programa eleitoral do PS foi este sábado aprovado, por unanimidade, no final da Convenção Nacional do partido, que decorreu em Lisboa. O programa eleitoral do PS para as legislativas de 06 de outubro foi apresentado …

Fogos na Sertã dominados. Chamas ainda descontroladas em Vila de Rei e Mação

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …