Veneno de vespa pode ter muito “potencial” na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de vespa, que pode ser um componente forte de antibióticos.

A comunidade médica tem alertado cada vez mais para o grande problema dos antibióticos. Estes medicamentos foram um dos avanços científicos mais importantes do século 20, evitando assim milhões de mortes por infeções. Contudo, décadas de uso excessivo fizeram com que as bactérias ficassem cada vez mais resistentes aos medicamentos.

Para evitar que isto aconteça de forma catastrófica, um grupo de cientistas da Universidade da Pensilvânia, está a investigar um conjunto de novos candidatos a antibióticos, bem como procura outros métodos alternativos para destruí-los.

Um caminho promissor é aberto a novos candidatos a medicamentos, como é o caso do veneno de vários animais e insetos, cascavéis, escorpiões e vespas, sendo que é este último que o novo estudo, publicado na PNAS a 12 de outubro, investigou.

César de la Fuente, autor principal do estudo, garante que “os novos antibióticos são urgentemente necessários para tratar o número cada vez maior de infeções resistentes aos medicamentos, e os venenos são uma fonte inexplorada com muito potencial”. O cientista acredita ainda que “as moléculas derivadas do veneno serão uma fonte valiosa de novos antibióticos”.

Assim, a equipa começou por analisar um peptídeo altamente tóxico encontrado no veneno da vespa do casaco amarelo. O peptídeo, conhecido como mastoparan-L (mast-L), consegue matar bactérias, mas também pode ser prejudicial aos humanos, uma vez que é capaz de destruir os glóbulos vermelhos e pode desencadear anafilaxia em certas pessoas.

Perante os possíveis efeitos secundários, a equipa teve de encontrar uma maneira de modificá-lo. Esta situação levou os cientistas a substituir a parte mais tóxica do veneno por um pentapeptídeo – conhecido por ser fortemente ativo contra bactérias.

O resultado final foi o surgimento de uma nova molécula à qual os investigadores apelidaram de mastoparan-MO (mast-MO). A nova molécula foi testada em ratos infetados com níveis letais de E. coli, e demonstrou proteger os animais na maioria dos casos, uma vez que 80% dos animais tratados sobreviveram.

Segundo o New Atlas, os especialistas também descobriram que várias variações do mast-MO têm atividade antimicrobiana, por isso a equipa espera continuar a desenvolvê-las em antibióticos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Da "política do filho único" a incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …

O maior elevador panorâmico do mundo tem vista para os cenários de Avatar

Com o recente lançamento de fotografias subaquáticas dos bastidores do Avatar 2 e a notícia de que Avatar 3 está quase a terminar as filmagens, não há melhor momento para revisitar o parque nacional que …

Pandemia tirou comida da mesa, mas deu asas a startup que transforma plástico do mar em máscaras

A startup portuguesa Skizo transformou a pandemia numa oportunidade de crescimento. Quando faltava comida nalgumas mesas, a empresa de produção de sapatilhas e bolsas passou a fazer máscaras a partir de plástico retirado dos oceanos …

Na Irlanda, o Pai Natal é considerado um "trabalhador essencial"

A Irlanda fez esta semana um anúncio especialmente dedicado às crianças, afirmando que o Pai Natal é considerado um trabalhador essencial no país e, por isso, não terá as suas deslocações restringidas no período natalício. …

Mais 2400 novos casos. Portugal ultrapassa os 300 mil desde o início da pandemia

Portugal ultrapassou hoje a barreira dos 300 mil casos de covid-19 desde o início da pandemia no país, em março, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou mais 2.401 novos casos, tendo passado a contabilizar …

Medidas para o Natal conhecidas no sábado. Passagem de ano com todas as restrições

O primeiro-ministro, António Costa, adiantou hoje que no sábado anunciará as medidas para o Natal “com as melhores condições possíveis”, mas avisou desde já que “a passagem do ano vai ter todas as restrições”. “O Governo …

Os assentos do meio da Delta Air Lines vão continuar vazios

A companhia norte-americana Delta Air Lines anunciou esta semana que continuará a manter os assentos do meio vazios, mantendo a política de distanciamento social decretada por causa da pandemia de covid-19. A bloqueio destes lugares intermediários …