Vem aí um botão de “dislike” no Facebook?

O Facebook está a procurar promover uma interação mais significativa entre os seus utilizadores. Para isso, está a testar a sua própria versão de um botão de “dislike” ou, pelo menos, o mais próximo disso que iremos ver na rede social.

O “dislike” é uma das ferramentas mais pedidas pelos utilizadores do Facebook. No entanto, o pedido nunca foi acedido. A administração da rede social considera que a adição desta ferramenta vai contra a sua política, que visa não encorajar ou facilitar negatividade entre os membros registados na rede.

Numa conferência em 2015, Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, falou sobre a questão do não gosto. “Algumas pessoas pediram um botão de dislike para poderem dizer que algo não é bom, mas não o vamos fazer. Não acho que seja bom para a comunidade,” referiu.

“Não queremos apenas criar um botão de ‘não gosto’ porque não queremos tornar o Facebook num fórum onde as pessoas votam para o bem e para o mal nas publicações dos outros“, acrescentou.

Não, não é um dislike. Então o que é?

Numa tentativa de promover a harmonia entre os seus utilizadores, bem como um maior policiamento de comentários inapropriados, está a ser testada a função de “Downvote”.

Esta ferramenta pretende que a comunidade faça uma espécie de “voto negativo”, que servirá maioritariamente para alertar o Facebook que determinado comentário ou publicação pode ser inapropriado, permitindo à rede social uma melhor gestão do conteúdo que é mostrado aos seus utilizadores.

A introdução desta ferramenta complementa as recentes alterações que a rede social fez ao algoritmo do seu Feed de Notícias, que permite valorizar o tempo que os utilizadores gastam na rede social. Como tal, as alterações pretendem priorizar publicações de amigos, potenciar posts com conteúdo de interesse público (como é o caso das páginas de órgãos noticiosos) e, ainda, regular os anúncios e publicações virais que surgem na Página Inicial.

Ao TechCrunch, um representante do Facebook esclareceu: “Não estamos a testar um botão de dislike. Estamos a explorar uma ferramenta que permite às pessoas dar-nos o seu parecer sobre comentários em páginas e publicações públicas”.

Como funciona?

O “Downvote” é o mais próximo do dislike que o Facebook apresentará nas suas opções de reação a publicações.

A nova ferramenta assemelha-se ao “downvote” do Reddit, que permite aos utilizadores expressar desagrado por determinado comentário ou publicação. O mesmo irá acontecer agora no Facebook. Este é o aspeto da ferramenta quando surge numa lista de comentários a uma publicação:

Ao premir a nova função, o conteúdo que foi downvoted é escondido, surgindo posteriormente uma série de opções de denúncia como “Ofensivo”, “Enganoso” ou “Fora de Contexto”.

Assim, o Facebook irá conseguir perceber mais facilmente que ameaça é que o comentário ou publicação que foi marcado poderá conter, avaliando se este é ofensivo, irrelevante ou, até, uma forma de “fake news”.

No entanto, não será possível ver quantos Downvotes um conteúdo recebeu. Assim, a ferramenta foi desenhada apenas para dar feedback ao Facebook sobre o que a publicação contém, e não ao criador da mesma.

A polémica da “censura”

A ferramenta está neste momento a ser apenas testada por uma limitada amostra de utilizadores Android (apenas 5% a podem testar) nos Estados Unidos, que tenham o site em língua inglesa. O “Downvote” aparece, para já, em publicações de páginas públicas e em posts promovidos. De acordo com o Facebook, este é apenas um breve teste que não afeta os rankings de cada página a nível de comentários e publicações.

Porém, os utilizadores estão preocupados. Com a chegada da notícia da introdução desta ferramenta, bem como das suas especificações, a comunidade que usa a rede social começa a levantar questões sobre censura e o papel do Facebook como empresa de media, uma vez que não é explícita a forma como a rede social irá lidar com os comentários problemáticos nem o critério que irá aplicar na consideração de um conteúdo como impróprio.

Ainda não existem informações sobre a expansão dos testes da nova ferramenta nem se irá ver a luz do dia para os restantes utilizadores do Facebook ao redor de mundo.

PARTILHAR

RESPONDER

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …

Cimeira Social. Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemas

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado, no Porto, que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização …

Babbage escreveu uma carta a Tennyson. Exigia a "correção matemática" de um poema

A perspicácia matemática de Charles Babbage levou-o a escrever uma carta ao poeta Alfred Tennyson, que exigia, de certa forma, rigor e precisão no poema The Vision Of Sin. Charles Babbage é conhecido como o pai …

Covid-19: Portugal com uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 324 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e uma ligeira subida no número de internamentos em enfermaria, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o …

Roma já tem uma máquina de venda automática de pizza

A capital italiana tem agora uma máquina de venda automática que faz pizzas em apenas três minutos. Os preços variam de 4,50 aos seis euros (e as opiniões sobre esta ideia também). Raffaele Esposito, o napolitano …

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …