Varandas respira Sporting mas não é o Sporting e teve mais votos que Bruno

José Sena Goulão / Lusa

O presidente eleito do Sporting Clube de Portugal, Frederico Varandas

O 43.º presidente da história do Sporting, Frederico Varandas, eleito neste sábado com 42% dos votos, apontou no seu discurso de tomada de posse a união do clube como objetivo prioritário do seu mandato.

Um dia depois de ter sido eleito, na cerimónia de posse, Auditório Artur Agostinho do Estádio José Alvalade, em Lisboa, Frederico Varandas recuperou o mote da sua campanha.

“A minha primeira prioridade é unir o Sporting Clube de Portugal. Ontem [no sábado] começámos a vencer o maior adversário que já tivemos na nossa história: o Sporting fraturado. Hoje é um novo dia e uma nova era de um Sporting unido. Enquanto não formos unidos, não vamos conseguir bater os nossos rivais”, destacou.

Perante centenas de sócios que quiseram assistir à cerimónia e ouvir as suas primeiras palavras, o novo presidente do Sporting foi aplaudido efusivamente e correspondeu com um discurso curto mas emocionado.

Com alguns momentos em que não conseguiu esconder a emoção, Frederico Varandas prometeu desempenhar as suas funções nos próximos quatro anos com “brio, coragem e competência”, classificando como um “privilégio poder servir o melhor clube do mundo”.

“Nasci Sporting, cresci Sporting, respiro Sporting, mas não sou o Sporting. A minha missão é servir o Sporting”, sublinhou Varandas, reiterando que a sua missão passará por unir o clube pois, só assim, será possível competir com os rivais.

O novo presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube, Rogério Alves, aproveitou a ocasião para deixar ainda algumas palavras sobre o passado recente do Sporting e que levou a este ato eleitoral.

“Não queremos nunca mais vivermos as horas que vivemos no passado. Foi para evitar isso que se fizeram estas eleições e foi através deste ato democrático que os sócios escolheram para dirigir o clube o corajoso e o resiliente, Frederico Varandas”, afirmou.

“Vou fazer do Sporting campeão”

Pouco depois de ser empossado como 43.º presidente dos leões, o Frederico Varandas reiterou a confiança na reconquista do título nacional durante a sua liderança, até 2022.

“Não seria justo para os sócios se não dissesse no que acredito e vejo o Sporting a vencer. Vencer é ser campeão e acredito que será no meu mandato. Sinto e sei que vou fazer do Sporting campeão”, afirmou.

Frederico Varandas foi eleito com 42,32% dos votos (8.717 votantes), contra os 36,84% (9.735) alcançados por João Benedito, segundo candidato mais votado.

José Maria Ricciardi teve 14,55% dos votos, superando as listas encabeçadas por José Dias Ferreira (2,35%), Fernando Tavares Pereira (0,9%) e Rui Jorge Rego (0,51%). Foram ainda registados 2,2% de votos em branco e 0,31% nulos.

Este foi o ato eleitoral com maior afluência de sempre no Sporting, com 22.510 sócios votantes, 19.159 de forma presencial e 3.351 por correspondência, de um total de 51.009 com direito a voto.

Varandas e Benedito com mais votos que Bruno

Apesar de a eleição deste sábado ter sido uma das mais renhidas de sempre no clube de Alvalade, com dois candidatos na casa dos 30% e um terceiro a rondar os 14%, a votação nos dois candidatos mais votados superou a registada por Bruno de Carvalho em 2013.

Quando foi pela primeira vez eleito presidente do Sporting, Bruno de Carvalho obteve 53,63% da votação, contra José Couceiro, que teve 39,46% e Carlos Severino, que somou 1%. Bruno de Carvalho recolheu os votos de 8.944 votantes, a que correspondiam a 43.327 votos.

Apurados os resultados das eleições que levaram agora Frederico Varandas à presidência, conclui-se que o novo presidente, com 42%, teve mais votos do que Bruno de Carvalho: 45.015 votos, mais 1.688 do que o anterior presidente.

João Benedito, por seu turno, que obteve 37% dos votos (39.187), recolheu a sua votação em 9.735 votantes – mais 791 votantes do que Bruno de Carvalho.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. este novo presidente … nao sera a continuaçao da grande presidencia de bruno?.. nao era varandas da lista de bruno que foi eleita pelos socios e tao acarinhado por todos? desde os juizes aos procuradores desembargadores, aos baganhas aos ferro rodrigues? parece que continuamos na tal politica em que o n dois de socrates se apresentasse as eleiçoes com a cara de pau de quem nunca participou das poucas vergonhas feitas durante o periodo em que( se) governaram.~
    mas pelos vistos o povinho gosta assim…..

RESPONDER

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …

Cercas sanitárias e recolher obrigatório. Governo avalia novas medidas na próxima semana

O Ministério da Saúde, liderado por Marta Temido, vai voltar a reunir na próxima semana com o Conselho Nacional de Saúde Pública (CNSP), num encontro em que serão discutidas novas medidas para travar a propagação …

Presidenciais EUA. Biden promete vacina gratuita para todos, Trump apela ao voto latino

Joe Biden e Donald Trump continuam em campanha eleitoral para a corrida à Casa Branca, numas eleições que estão agendadas para 3 de novembro. O candidato presidencial democrata Joe Biden prometeu esta sexta-feira que a vacina …

Há 72 concelhos com risco "muito elevado" de contágio. Governo esconde mapas de perigo

O Governo insiste em não divulgar os mapas de perigo com o risco de contágio por coronavírus que foram feitos por peritos da Direcção Geral de Saíde (DGS). Isto numa altura em que o Expresso …

Nuno Melo estuda candidatura à liderança do CDS

O eurodeputado Nuno Melo não excluiu uma candidatura à liderança do CDS, avança este sábado o semanário Expresso. Confrontado pelo jornal, o eurodeputado não excluiu uma eventual candidatura à liderança dos centristas, dizendo apenas que "não …