Francisca Van Dunem reintegra motorista de Cabrita que atropelou trabalhador na A6

Mário Cruz / Lusa

Marco Pontes, o motorista que conduzia o carro onde seguia Eduardo Cabrita no atropelamento mortal na A6, foi reconduzido no cargo por Francisca Van Dunem, que acumula as pastas da Justiça e da Administração Interna.

Segundo avança o JN, Francisca Van Dunem, Ministra da Justiça que acumulou a pasta da Administração Interna na sequência da demissão de Eduardo Cabrita, decidiu reconduzir o motorista que atropelou o trabalhador que fazia a manutenção da A6 no quilómetro 77 e que acabou por ser acusado de homicídio.

A revelação consta de um despacho datado de 10 de Dezembro mas que foi publicado esta quarta-feira em Diário da República, estando já em efeito desde dia 4 deste mês.

Marco Pontes, o motorista em questão, vai assim continuar a conduzir os carros do Ministério da Administração Interna, pelo menos até que o novo governo saído das legislativas tome posse.

Estima-se que o condutor circulasse a 163 quilómetros por hora na altura do atropelamento, estando a conduzir em excesso de velocidade e tendo sido acusado de homicídio por negligência pela morte de Nuno Santos.

Eduardo Cabrita já tinha assinado um louvor de elogio aos funcionários com quem trabalhou, incluindo a Marco Pontes, antes de se demitir na sequência da acusação. O ex-Ministro da Administração Interna condenou o “aproveitamento político absolutamente intolerável” do acidente, que não poderia ser utilizado para “condicionar a atuação do Governo”, tendo assim saído do executivo.

“No momento em que cesso funções como ministro da Administração Interna, expresso público louvor ao pessoal do apoio técnico-administrativo, do apoio auxiliar e aos motoristas do meu gabinete, pela disponibilidade, dedicação e sentido de responsabilidade que demonstraram no exercício das resp45etivas funções”, pode ler-se no louvor.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.