Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

honzasoukup / Flickr

Paisagem no Alqueva

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano.

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia que deu o nome à albufeira, no concelho de Portel, distrito de Évora. A empreitada começou com “trabalhos preparatórios”, como a limpeza do terreno onde vai ser criada a nova zona balnear, avançou o presidente da Câmara de Portel, José Manuel Grilo, em declarações à Lusa.

Situada a cerca de um quilómetro e meio da aldeia de Alqueva, a futura praia vai envolver um investimento na ordem dos 400 mil euros, estando prevista a candidatura do projeto ao Programa Valorizar, do Turismo de Portugal.

A nova praia de Alqueva vai ser a quarta da albufeira, depois da abertura, no ano passado, de uma outra perto da aldeia de Amieira, também no concelho de Portel, e, anteriormente, de outras duas em Monsaraz, no concelho de Reguengos de Monsaraz, e em Mourão.

De acordo com o autarca de Portel, após a primeira fase das obras, segue-se o lançamento do concurso público, pelo que “este ano não vai ficar pronta” para ser utilizada pelos banhistas, prevendo-se a entrada em funcionamento no verão de 2021.

“A praia vai ficar numa área onde era um parque de merendas, que está classificada no Plano de Ordenamento da albufeira como zona de lazer”, adiantou José Manuel Grilo, indicando que para o acesso ao local já existe uma estrada pavimentada.

O presidente do município realçou que a futura zona balnear de Alqueva terá um areal “mais pequeno” do que o da praia da Amieira, precisando que este terá “pelo menos 100 metros de praia vigiada”. Segundo o autarca, a nova praia vai ter instalações de apoio, bar, balneários e casa de banho, assim como um passadiço para dar acesso a estas zonas.

José Manuel Grilo disse que a autarquia ainda não tem indicações “em concreto” das medidas de segurança que terão de ser adotadas na atual praia fluvial da Amieira, devido à pandemia da covid-19, estando a aguardar indicações da Agência Portuguesa do Ambiente.

“Se calhar, as medidas vão andar muito perto daquilo que são adotadas para as praias de mar. À partida, os balneários não poderão ser utilizados e terá de haver um maior distanciamento entre os toldos no areal”, acrescentou.

Inaugurada no verão do ano passado, a praia fluvial da Amieira vai poder hastear este ano a Bandeira Azul, galardão que distingue a qualidade balnear.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu um dos jovens infetados com peste negra na Mongólia

Morreu um dos jovens infetados com peste bubónica, também conhecida como peste negra, na Mongólia. O rapaz contraiu a doença depois de ter comido carne de marmota. Um jovem de 15 anos morreu, esta segunda-feira, vítima …

PCP quer Costa no Parlamento de 15 em 15 dias (e não vai contribuir para acabar com os debates quinzenais)

O PCP não concorda que será o fim da democracia caso os debate quinzenais passem a mensais. No entanto, não vai contribuir para acabar com este modelo. Ao Expresso, o deputado comunista António Filipe Duarte garantiu …

"Espero contar tudo o que sei". Cientista chinesa fugiu da China para alertar que "não temos muito tempo"

A virologista chinesa Li-Meng Yan, que fugiu para os Estados Unidos, deu uma segunda entrevista à Fox News, na qual alertou que "não temos muito tempo".   Li-Meng Yan, especialista em virologia e imunologia, era uma …

Galp perde 60 milhões de euros em negócios não autorizados

A Galp perdeu 60 milhões de euros em negócios não autorizados com licenças de CO2. A petrolífera já avançou com ações disciplinares e uma auditoria. A Galp informou que foram identificadas transações, não autorizadas pela empresa, …

"Bandeira vermelha". Tóquio em alerta máximo após aumento de novas infeções

A capital do Japão, Tóquio, com 14 milhões de habitantes, está no nível mais alto de alerta para o novo coronavírus após um aumento dos casos registados. “Os especialistas disseram-nos que a situação das infeções está …

Operação Saco Azul. Empresas "zombie" terão desviado 1,8 milhões do Benfica

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e a SAD do clube lisboeta foram constituídos arguidos pelo crime de fraude fiscal, no âmbito da operação ‘saco azul’, confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial …

Maçãs com preços em alta, menos vinho e cerveja a estragar-se (os efeitos da pandemia)

A pandemia de covid-19 está a levar milhares de litros de cerveja a estragar-se, enquanto os produtores de vinho temem uma quebra na produção e, logo, nos lucros. Enquanto isso há menos maçãs e mais …

TAD anula sanção de cinco jogos à porta fechada ao Benfica

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) deu provimento ao recurso do Benfica e revogou a sanção de cinco jogos à porta fechada imposta pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ao clube, pelo apoio prestado a …

Costa vira à esquerda, mas Catarina Martins diz que "não pode ser só conversa"

Esta quarta-feira, António Costa lança as negociações para o Orçamento do Estado para 2021 com os partidos que, até aqui, foram seus aliados. O primeiro-ministro insiste que o caminho da sua governação passa por entendimentos à …

No novo ano letivo, a Educação Física continua a ser maior incógnita

No início de julho, o Ministério da Educação anunciou algumas orientações sobre o próximo ano letivo que não contemplavam a Educação Física e o futuro da disciplina continua a ser uma incógnita.  Nas escolas, a falta …