O uso doméstico de carvão na China resulta em mortes prematuras

Um novo estudo indica que, na China, a poluição da queima de carvão residencial causa um número desproporcional de mortes prematuras por exposição a poluentes minúsculos inaláveis, conhecidos como PM2.5.

A combustão do carvão por centrais e indústrias polui o ar, fazendo com que muitos países implementassem ações de mitigação e incentivassem métodos de energia mais limpos.

Na China, o carvão ainda é a maior fonte de energia, embora as recentes ações de mitigação tenham substituído algumas centrais movidas a carvão por outras movidas a petróleo ou gás natural.

Além disso, muitas centrais termoelétricas a carvão e caldeiras industriais instalaram equipamentos que reduzem as emissões.

No entanto, algumas famílias continuam a usar carvão para aquecimento doméstico e na cozinha, especialmente em áreas rurais, e os impactos à saúde dessa exposição interna a PM2.5 em comparação com outras formas de exposição interna e externa são amplamente desconhecidos.

Neste sentido, Shu Tao e a sua equipa quiseram quantificar os riscos à saúde da exposição a PM2.5 interno e externo do carvão usado nos setores de energia, industrial e residencial na China entre 1974 a 2014.

Os investigadores, diz o Phys, recolheram dados sobre o consumo de carvão por centrais de energia, indústria e residências rurais e urbanas ao longo do período de 40 anos.

Através do uso de transporte químico atmosférico e modelos estatísticos, calcularam os níveis de PM2.5 externos e internos. Em seguida, a equipa usou funções de resposta à exposição para estimar as mortes prematuras causadas por cinco doenças associadas ao PM2.5, incluindo cancro do pulmão e doenças cardíacas.

De 1974 a 2014, a contribuição do uso de carvão residencial interno para a exposição geral a PM2.5 diminuiu nas populações urbanas, mas permaneceu estável nas populações rurais.

Os especialistas perceberam que, em 2014, o carvão residencial foi responsável por 2,9% do uso total de energia na China, mas 34% das mortes prematuras associadas ao PM2.5.

O número de mortes prematuras causadas pelo consumo unitário de carvão no setor residencial foi 40 vezes maior do que nos setores de energia e industrial.

Esses resultados indicam que os esforços para reduzir o uso residencial de carvão devem ser o principal foco das futuras ações de mitigação da poluição do ar na China, alertam os investigadores.

O estudo foi publicado na ACS Environmental Science & Technology em maio.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Espanha 0-0 Suécia | Muro amarelo trava fúria espanhola

A Espanha e a Suécia empataram hoje 0-0 em jogo da primeira jornada do Grupo E do Euro2020 de futebol, naquela que foi a primeira partida sem golos na competição até ao momento. No estádio La …

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …

Enfermeira tentou provar que as vacinas tornam as pessoas magnéticas (mas não correu como previsto)

Na semana passada, a enfermeira negacionista de Ohio Joanna Overholt tentou, durante uma sessão legislativa, provar que as vacinas contra a covid-19 tornam as pessoas magnéticas. Mas não foi bem sucedida. O teste do íman resulta …

Foda e Kostadinov: as recordações à volta do Áustria-Macedónia do Norte

O selecionador da Áustria e um dos jogadores da Macedónia do Norte trouxeram memórias dos anos 90. O jogo entre Áustria e Macedónia do Norte, que terminou com vitória austríaca por 3-1, não estava propriamente na …

Paquistão. Quem não se vacinar pode ficar sem acesso ao telemóvel

O governo regional de Punjab, no Paquistão, decidiu que os cidadãos que não se vacinarem contra a covid-19 "ao fim de um certo tempo" podem ver o cartão SIM do seu telemóvel bloqueado. "Estamos a fazer …

Seleção Nacional testa negativo na véspera da estreia no Europeu

Depois do susto de João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, a seleção nacional respira de alívio na véspera da estreia no Europeu, depois de ter testado negativo à covid-19. Esta segunda-feira de manhã, a …