Cientistas usam a Lua como espelho gigante para procurar extraterrestres

Os astrónomos ainda não desistiram de procurar vida para lá da Terra e acabam de criar um novo método para encontrar exoplanetas habitáveis, que envolve o uso da Lua como uma espécie de espelho gigante.

Especialistas da NASA e da ESA utilizaram o Telescópio Espacial Hubble para captar a luz refletida na Lua depois de esta viajar na atmosfera da Terra durante o eclipse lunar que ocorreu entre 20 e 21 janeiro de 2019, escreve o portal Space.com.

Na prática, ao estudarem este reflexo na atmosfera terrestre, que é habitável, os cientistas procuram encontrar as mesmas assinaturas químicas em exoplanetas distantes, podendo indiciar outras formas de vida até agora desconhecidas.

Quando os cientistas falam em planetas “semelhantes à Terra”, referem-se, normalmente, a mundos rochosos com aproximadamente o mesmo tamanho do nosso planeta e a uma determinada distância de uma estrela hospedeira de forma a ter uma temperatura habitável, nota o portal de ciência Futurism.

No entanto, é muito mais difícil perceber se estes exoplanetas têm realmente uma atmosfera ou se podem ser hospitaleiros à vida – e é aqui que as assinaturas químicas procuradas com o “espelho gigante” lunar podem ser úteis.

“Um dos principais objetivos da NASA passa por identificar planetas que poderão sustentar vida (…) Mas como saberemos se se trata de um planeta habitável ou desabitado se víssemos um?”, questionou Allison Youngblood, cientista do Hubble, citado em comunicado.

E é exatamente aqui que reside a importância da nova investigação, que mediu a quantidade de ozono presente na atmosfera da Terra. Localizar esta mesma assinatura química a emanar de um exoplaneta, pode significar que esse mundo tem uma atmosfera rica em oxigénio e bloqueadora da radiação UV, tal como a Terra.

A procura por vida para lá da Terra pode tornar-se mais fácil com este estudo, cujos resultados foram recentemente publicados na revista The Astronomical Journal.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A Lua nunca passa pela atmosfera da terra mas sim pelo seu cone de sombra durante um eclipse lunar. Por favor corrigir ou reescrever.
    O texto está tão confuso que eu duvido que o escritor/tradutor tenha a mínima ideia das barbaridades que escreveu. Se quiser/necessitar de ajuda envie-me o original que eu traduzo de forma que se perceba sem dizer disparates.

RESPONDER

Harry Potter. HBO Max trabalha em possível série de televisão

A saga Harry Potter pode estar a caminho da televisão. Segundo o The Hollywood Reporter (THR), o projeto ainda está em fase inicial, mas os diretores executivos da HBO Max já estão em reuniões com …

Intrigante sistema de seis exoplanetas com movimentos rítmicos desafia teorias de formação planetária

Com o auxílio de vários telescópios, incluindo o VLT (Very Large Telescope) do Observatório Europeu do Sul (ESO), os astrónomos descobriram um sistema com seis exoplanetas, cinco dos quais estão presos numa dança rítmica rara …

Boavista 0-2 Sporting | Leões garantem dérbi confortável

O Sporting cumpriu a sua “obrigação” e foi vencer por 2-0 a casa do Boavista, numa 15ª jornada fundamental, uma vez que na próxima segunda-feira a formação de Alvalade recebe o Benfica, no grande dérbi …

Violino põe em risco compromisso da Alemanha de devolver objetos saqueados pelos nazis

Um violino com 300 anos está no centro de uma disputa que ameaça minar o compromisso da Alemanha em devolver objetos saqueados pelos nazis. Ninguém sabe por que Felix Hildesheimer, um negociante de instrumentos musicais judeu, …

Consumo de álcool aumentou durante a pandemia de covid-19

Embora o consumo de álcool tenha aumentado mais entre os jovens, os adultos mais velhos, sobretudo os que sofrem de ansiedade e depressão, também revelaram estar dentro desta tendência. “O aumento do consumo de álcool, especialmente …

Alphabet diz adeus ao Loon, projeto que queria espalhar Internet através de balões

O projeto da Alphabet que tinha como objetivo levar Internet às partes mais remotas do mundo "perdeu o fôlego" e os seus responsáveis decidiram pôr-lhe um ponto final. Num comunicado divulgado na última sexta-feira, Alastair Westgarth, …

Estudo identifica cidades europeias com maior mortalidade devido à poluição do ar

Madrid, Antuérpia e Torino (em Espanha, Bélgica e Itália, respetivamente) lideram o ranking de mortes associadas à poluição por dióxido de azoto (NO2). Já a maior mortalidade atribuível a partículas finas é encontrada em cidades …

Fim do Flash Player colapsou sistema de estação ferroviária chinesa

O sistema ferroviário na cidade de Dalian, no nordeste da China, ficou paralisado por causa da desativação do programa Flash Player da Adobe. A Adobe encerrou o suporte técnico do seu player de multimédia Flash Player …

Eis o que o mundo pode aprender com o confinamento da China

O confinamento na China tem apresentado resultados excecionais no controlo da pandemia, à custa da perda de liberdade das pessoas. Ainda assim, há muito que se pode aprender com o exemplo chinês. Colocar o autoritarismo contra …

Descoberto fármaco "100 vezes mais potente" contra a covid-19 (e "nasceu" das seringas-do-mar)

Uma equipa internacional de investigadores descobriu um medicamento antiviral que é "100 vezes mais potente" do que o remdesivir no tratamento da covid-19. Trata-se de um fármaco usado para tratar um cancro sanguíneo, que só foi …