“Uniformes inteligentes” da China acordam alunos que adormecem nas aulas (e não só)

USP Imagens

Escolas na China criaram uniformes com chips GPS para monitorizar o paradeiro do aluno e impedi-lo de faltar às aulas sem razão.

Os chamados “uniformes inteligentes” registam a hora e a data em que o aluno entra na escola num curto vídeo ao qual os pais podem ter acesso através de uma app, de acordo com o The Independent.

Onze escolas na província de Guizhou, no sudoeste, apresentaram os uniformes desenvolvidos pela empresa de tecnologia local Guizhou Guanyu Technology.

Faltar a uma aula enquanto se está dentro do perímetro da escola aciona um alarme que notifica os professores e os pais sobre a ausência do aluno. Se o aluno sair da escola sem permissão é ativado um alarme automático de voz. O sistema de GPS também monitoriza os movimentos dos alunos mesmo depois de saírem da escola.

Se um aluno adormecer na aula, os alarmes soarão. Além disso, os pais poderão acompanhar as compras que o filho faz na escola e usar uma app para dispositivos móveis para definir os limites de gastos, de acordo com o site da empresa.

Yuan Bichang, gerente de projetos da empresa, disse que a escola só usaria a localização além do horário escolar se um aluno desaparecesse. Bichang referiu ainda que a assiduidade aumentou desde que os uniformes foram introduzidos.

Os dois chips, instalados nos ombros de cada uniforme, são capazes de suportar até 500 lavagens e 150ºC. O reconhecimento facial garante que cada uniforme seja usado pelo seu próprio proprietário para impedir que os alunos tentem enganar o sistema e troquem os uniformes.

A empresa divulgou uma declaração pública a dizer que os uniformes “concentram-se em questões de segurança” e fornecem um “método de gestão inteligente” que é vantajoso para alunos, pais e professores.

Os uniformes foram muito criticados nas redes sociais. “Se fosse criança, gostaria de ser monitorizado 24 horas por dia?” e “As crianças não têm direitos humanos e privacidade?” foram algumas das questões que surgiram.

Lin Zongwu, diretor da Escola Nº 11 de Renhuai, em Guizhou, disse que, apesar do facto de a escola ser capaz de monitorizar os alunos em todos os momentos, usavam a tecnologia com moderação. “Escolhemos não verificar a localização exata dos alunos depois da escola, mas quando um aluno está a faltar às aulas, os uniformes ajudam a localizá-lo”, disse Lin.

A Guanyu Technology defendeu-se das críticas, insistindo que a empresa “respeitou e protegeu os direitos humanos”. “O uniforme inteligente não acompanha cada movimento dos alunos o tempo todo”, disse a empresa.

A empresa de desenvolvimento disse que os uniformes foram projetados para “implementar integralmente a política do estado de construir ativamente escolas inteligentes e gestão educacional inteligente para o desenvolvimento da educação”.

Esta não é a primeira vez que a China usa tecnologia para monitorizar os estudantes na escola. Em maio, foi revelado que uma escola em Hangzhou instalou câmaras para medir a atenção dos alunos nas aulas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais. De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que …

Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança. Essa …

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …

Fogo na Sertã reacendeu e há aldeias cercadas pelas chamas

O incêndio no concelho da Sertã reacendeu à tarde depois de sido dado como dominado durante a madrugada, continuando os fogos no distritos de Castelo Branco a mobilizar mais de mil bombeiros e 15 meios …

Há uma cidade onde o dinheiro cresce das árvores

Morador da remota cidade de Skagway, no Alaska, há cerca de um ano, John Sasfai entra na cervejaria Skagway Brewing Co. e pede uma cerveja artesanal local à base de broto de abeto (árvore conífera …

Os gatos são um problema na Austrália. Matam mais de dois mil milhões de animais selvagens por ano

Quando os gatos vagueiam livremente, pequenos animais selvagens morrem. Na Austrália, a contagem de corpos já excede os dois mil milhões de animais nativos por ano. Na Austrália, investigadores ambientais analisaram centenas de estudos sobre os …

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar. A cara histórica da estação pública tinha 86 anos. A notícia foi avançada pelo amigo Júlio Isidro na sua página oficial de Facebook. No Facebook, o apresentador da …

Cidade americana usa músicas infantis para afastar os sem-abrigo

https://vimeo.com/349252020 A cidade de West Palm Beach, no estado americano da Flórida, está a usar músicas infantis em loop para evitar que os sem-abrigo durmam no parque da cidade durante a noite. Numa tentativa desesperada e bizarra …

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …