/

Escola vai usar reconhecimento facial para apanhar alunos desatentos

A Escola Superior de Gestão de Paris vai adoptar um software chamado Nestor, que usa reconhecimento facial para detetar quando os alunos não estão a prestar atenção e inteligência artificial para melhorar as aulas.

Numa primeira fase, esta tecnologia será apenas usada com estudantes que optem por realizar um curso à distância, sendo que a ideia será depois desenvolver um sistema que alerte o professor quando um aluno estiver desatento dentro da própria sala de aula.

O programa foi desenvolvido pela empresa LCA Learning e utiliza as webcams dos alunos para analisar movimentos oculares e expressões faciais para determinar o nível de atenção dos estudantes.

Para além disso, o software vai formular testes, cujas perguntas se baseiam na matéria abordada durante o momento em que o aluno em questão esteve distraído.

Segundo o The Verge, os defensores do uso da inteligência artificial no ensino afirmam que esta tecnologia pode ser utilizada como uma espécie de tutor virtual, adaptando-se às necessidades individuais de cada estudante.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE