União Europeia prepara-se para acabar com os kebabs

O Parlamento Europeu debate este mês uma resolução da comissão de Saúde que chumba a utilização de aditivos essenciais à conservação da carne de kebab. Se for aprovada, será o fim do petisco.

A comissão de Saúde do Parlamento Europeu chumbou esta semana uma proposta da Comissão Europeia que permitia a utilização de fosfatos para preservação da carne, de acordo com o El País.

Estes fosfatos são indispensáveis para a conservação dos rolos de carne usados para os famosos kebabs. Quer isto então dizer que, se o plenário do Parlamento Europeu der seguimento a esta resolução aprovada pela comissão de Saúde, será o fim da iguaria na União Europeia.

Aprovada na terça-feira com 32 votos a favor e 22 contra, a resolução da comissão de Saúde do Parlamento Europeu é desfavorável a uma proposta da Comissão Europeia que pretende permitir a utilização de ácido fosfórico, fosfatos e polifosfatos na conservação da carne.

Estes produtos são necessários para manter a carne tenra e para preservar o sabor característico daquele tipo de carne, quer no transporte quer no assador.

O kebab, um prato culturalmente originário da Turquia, popularizou-se na década de 1970, como comida de rua, em Berlim. Hoje, há mais de 200 mil pessoas a trabalhar em restaurantes de kebabs em toda a Europa.

A comissão de Saúde do Parlamento Europeu argumenta a proibição com estudos científicos que relacionam a utilização deste tipo de aditivos com o aumento dos riscos de problemas cardiovasculares.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Sim, há gente que come isso, sem saber que carne é, sem saber de onde vem e sem refrigeração, um horror quanto a questão sanitária.

    • Não fale do que desconhece. Sem refrigeração??!!! Mas em que mundo é que o amigo vive? A única coisa que é questionada é a utilização de fosfatos e nada mais. Quanto ao resto asseguro-lhe que é exatamente igual a todas as restantes carnes. E já estive na maior empresa da Europa, localizada na Alemanha de kebab.

      • Pois, e é precisamente da Alemanha (maior produtor de kebab) que vem essa carne bastante duvidosa!!
        Não faltam casos onde aparecem essas fabricas de kebab manhosas na Alemanha –
        fabricas sem licenças nem condições de higiene, onde produzem esse lixo que depois exportam para toda a Europa!
        Para quem esteve na maior empresa de kebab da Europa, não parece estar muito bem informado..
        Anda por aí um documentário que passou na Sic Noticias que mostra um pouco dessa realidade.

        • Onde estive não tenho nada a apontar. É a maior empresa europeia (e penso que mundial de produção de kebab, detida por turcos, como não poderia deixar de ser). Conheço a realidade pessoalmente e não por pretensos documentários. Como referi, é um exemplo no setor alimentar.
          Conheço igualmente bem a nossa indústria alimentar e a da maioria dos países europeus, eua e brasil e posso assegurar-lhe que esta unidade que visitei estará seguramente muito à frente de quase todas as restantes em matéria de higiene, segurança e total respeito pelo cumprimento das leis neste domínio alimentar.

  2. Certo, conhece a realidade da(s) empresa(s) “exemplares”, mas, como é natural, as ilegais/que não tem condições, não costumam receber visitas!…
    Essas é que são o problema!
    Eu também conheço relativamente bem o sector alimentar (principalmente a produção e processamento de carnes em Portugal e Espanha) e já ouvi inúmeras vezes falar dessa produção clandestina de kebabs na Alemanha.
    Referi o documentário (de uma televisão francesa, se não em engano) pois mostrava claramente (filmado com câmaras escondidas) a produção e exportação dessa carne “manhosa” para toda a Europa.
    Mais curioso foi ver que tinham toda a papelada para exportar “legalmente” para qualquer país da UE!…

RESPONDER

Pode já ser demasiado tarde para salvar o Taj Mahal

O Taj Mahal, monumento que é cartão postal da índia, está a ficar amarelado devido à poluição. O Supremo Tribunal indiano já ameaçou o Governo: "ou restauram ou demolem". Há um ditado que diz que o …

Se precisa de um emprego, faça uma tatuagem

Se está à procura de emprego, não coloque de lado a hipótese de fazer uma tatuagem. Um surpreendente estudo demonstrou que as tatuagens podem dar aos candidatos uma vantagem competitiva no mercado de trabalho. De certeza …

Cientistas descobrem por que o "cheiro da chuva" é tão agradável

Não é só o alívio, após um longo período de seca, que faz com que o "cheiro da chuva" seja tão agradável. Segundo os cientistas há uma série de fatores envolvidos - que incluem a …

39 mortos confirmados em Génova. "Foi erro humano"

O Governo italiano declarou o "estado de emergência" por 12 meses em Génova, onde esta terça-feira a queda de um viaduto matou pelo menos 39 pessoas, e vai prestar um primeiro apoio de cinco milhões …

Michael Schumacher vai ser levado em breve para Maiorca

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, vai ser levado para a ilha de Maiorca, em Espanha, onde passará a viver com a família, segundo revela a edição desta quarta-feira da revista suíça …

Marcha imparável de mortíferas viúvas-negras está a apoderar-se do Canadá

O habitat das criaturas potencialmente letais de oito patas estendeu-se em mais de 48 quilómetros nos últimos 12 anos, e aparentemente nada pode ser feito para as conter. Segundo um estudo publicado a semana passada na …

Marca espanhola cria sapato feito de lixo retirado dos oceanos

O lixo nos oceanos é um problema de longa data e aumenta de forma proporcional ao nosso consumo. A prática tem causado danos em inúmeras espécies marinhas,  como tartarugas e baleias. Para ajudar a combater estes …

Está explicado por que os índios têm cabelo comprido

Quando pensámos em índios, figuramos rapidamente uma pessoa de pele morena, com a cara pintada e, quase inevitavelmente, cabelo comprido. Ao que parece, o cabelo comprido não representa apenas uma questão meramente estética - pode …

Os próximos 4 anos vão ser "anormalmente quentes"

O período de tempo até 2022 poderá registar temperaturas ainda mais elevadas do que o esperado, com anos "anormalmente quentes", segundo um estudo baseado num novo método de previsão, divulgado nesta terça-feira. O trabalho realizado por …

2,3 milhões de venezuelanos abandonam o país por falta de alimentos e medicamentos

A falta de alimentos e de medicamentos forçou 2,3 milhões de venezuelanos a abandonarem o país, segundo a ONU, que alertou hoje para a situação de risco de dezenas de milhares de cidadãos da Venezuela. "As …