Uns gramas de folhas em decomposição geram “quilos” de gases de efeito estufa

Michigan State University

As investigadoras Sasha Kravchenko e Jessica Fry, da Michigan State University

As investigadoras Sasha Kravchenko e Jessica Fry, da Michigan State University

Um grupo de cientistas da Universidade do Michigan descobriu que as folhas em decomposição são uma “surpreendente” fonte de gases do efeito estufa.

Segundo o estudo realizado por estes cientistas, que foi publicado na revista britânica Nature Geoscience, as folhas nesse estado produzem óxido nitroso, um tipo de gás do efeito estufa mais potente que o dióxido de carbono.

Os autores sustentam que esta nova descoberta pode ajudar a “aperfeiçoar” as previsões de emissões de óxido nitroso, N2O, bem como servir de guia para futuras práticas agrícolas e manejo do solo.

“A maior parte do N2O é produzido em volumes de terra do tamanho de uma colher e estes chamados ‘pontos quentes’ podem emitir uma grande quantidade de óxido nitroso rapidamente”, sustentou a autora principal do estudo, Sasha Kravchenko.

Mas, tal como apontou Kravchenko, a razão da aparição destes “pontos quentes” confundiu “microbiologistas do solo” desde que foram descobertos, há “várias décadas”.

A publicação atribui o atraso neste achado ao facto de, normalmente, os cientistas analisarem escalas espaciais maiores, e é “difícil” estudar e etiquetar um campo inteiro como fonte de emissões de gases de efeito estufa quando “a fonte se limita a gramas do solo que abrigam folhas em decomposição”.

O estudo assegura que “mudar a vista dos microscópios binoculares” ajudará a melhorar as previsões de emissões de N20 que, tradicionalmente, são 50% exactas.

“O potencial de aquecimento global do óxido nitroso é 300 vezes maior que o do dióxido de carbono, e as emissões são em grande medida impulsionadas pelas práticas agrícolas”, afirma Kravchenko.

Um dos coautores do estudo, John Schade, director do programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração da National Science Foundation, diz que a pesquisa “revela o que impulsiona as emissões do óxido nitroso nas terras agrícolas produtivas”.

“Precisamos de estudos como este para orientar a criação de práticas agrícolas sustentáveis necessárias para alimentar uma população humana em crescimento com um mínimo impacto ambiental”, concluiu Schade.

// EFE

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. É bom que se escreva muitas e muitas vezes artigos destes. É fundamental educar as pessoas sobre a realidade dos nossos tempos. Muito poucas pessoas têm noção que a maior fonte de gases de efeito de estufa vem na verdade da exploração agrária para a produção de carne. Não, não são os carros os maiores responsáveis pelo aquecimento global, mas sim a nossa “fome” por carne…
    Mas queria também deixar registado o meu desagrado pela forma como o titulo está escrito. Assim passa a mensagem errada a quem nada sabe sobre o assunto. É assim que se semeiam os mitos. Obviamente que alguns gramas não geram “quilos” (mesmo entre aspas) de gases de efeito estufa. Geram sim gases com equivalência em quilos de CO2 (CO2 e não qualquer outro gás de efeito estufa).

    • Caro Paulo,
      Obrigado pelo seu reparo. Efectivamente, “quilos”, mesmo entre aspas, é impreciso. Na realidade, nem a nossa fonte nem o artigo original indica com exactidão o racio de gases de estufa libertado por grama de material biológico em decomposição. As nossas alternativas eram não referir no título que “poucas gramas geram muito gás”, que nos parece um detalhe importante, ou usar a expressão “uma quantidade apreciável”, o que tornaria o título ainda mais extenso. Optámos por usar a expressão “quilos”, colocando-a entre aspas, para clarificar que não fazemos ideia de qual é de facto a quantidade – apenas que é desproporcional à das folhas que a gera.
      O seu desagrado tem toda a razão de ser, mas a nossa opção tem esta explicação.

  2. O melhor mesmo será passarmos a abater todos os animais e passarmos nós a substituí-los comendo pasto apenas mas convém nem sequer o cultivar limitando-nos a comer o que a natureza nos der.

    • Comer o que para tal a natureza nos preparou, ao longo de milhões de anos, que é comer frutas e outros tipos de vegetais leguminosos, etc.
      No plano biológico, somos frigívoro-vegetarianos, tanto em termos de anatomia como de fisiologia, e só conseguimos ser omnívoros usando o fogo, mas não sem grandes danos para a nossa saúde, hiper grandes danos para o equilíbrio ambiental (cada vez mais próximos de um descalabro), e uma total falta de ética pelo que se faz aos pobres dos animais que sem opção têm de ceder bifes a quem come carne.

RESPONDER

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …

Real Madrid não volta ao Santiago Bernabéu até final da temporada

O Real Madrid vai disputar os restantes jogos da Liga espanhola de futebol na condição de visitado no estádio Alfredo di Stéfano, no centro de treinos merengue. Segundo a agência EFE, Florentino Pérez enviou uma carta …

Metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona mantê-lo

A pandemia veio mudar a forma como trabalhamos. Quase metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona manter a atividade, ou parte dela, em regime de trabalho remoto.  De acordo com um inquérito da CIP - …

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …

O vírus "não desapareceu". DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Graça Freitas apelou aos adeptos de futebol para que respeitem as regras da Direção-Geral da Saúde, sublinhando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais. Durante …

PSD junta-se ao Bloco e PCP e pede apreciação parlamentar do decreto das PPP na Saúde

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que regulamenta a criação de parcerias público-privadas (PPP) na Saúde. O maior partido da oposição junta-se assim ao Bloco de Esquerda e PCP, embora com motivos diferentes. Os sociais-democratas …

Reembolsos de IRS estão a ser "indevidamente retidos", denuncia Provedora de Justiça

Maria Lúcia Amaral escreveu ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais para pedir a correção de erros, lembrando que o reembolso é uma ajuda preciosa para muitas famílias, nomeadamente nesta altura. A Provedora de Justiça, Maria …

Rússia quer exportar antiviral que diz ser eficaz em 90% dos casos

O antiviral Afivavir mostrou ser eficaz no combate ao novo coronavírus em 90% dos casos, mas não estará à venda em farmácias. A Rússia planeia exportar para vários países do mundo um medicamento para a …

Exigência "irracional e insultuosa". Precários acusam Governo de os forçar a "mentir"

O formulário de apoio aos trabalhadores independentes obriga-os a garantir que retomarão a atividade dentro de oito dias. No último sábado, a Segurança Social disponibilizou o formulário de apoio aos trabalhadores independentes que deveria ter ficado …

Salário de licenciados que entrem na EDP sobe para 1500 por mês

A EDP - Energias de Portugal chegou a um acordo com os sindicatos para aumetar o salário base de entrada na empresa para licenciados e não licenciados, avança esta segunda-feira o Jornal Económico. No caso …