Uma volta ao mundo dos Descobrimentos em bicicleta

pelomundofora/Facebook

-

O militar Hernâni Cardoso, de 54 anos, prepara-se para dar a volta ao mundo de bicicleta, numa viagem de vários anos pelos “Descobrimentos portugueses e pelas tradições e comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo”.

Perto da reforma, o militar criou a oportunidade de realizar um “sonho de infância”, no projeto “Alma Lusa”.

“Somos um povo que para, estudar a sua história, tem que andar pelo mundo, porque a nossa história faz-se no mundo, não se faz só no país”, contou Hernâni Cardoso à Lusa.

“Eu tinha a ideia de dar a volta ao mundo, só que dar a volta ao mundo por dar, sem nenhum objetivo, a não ser a volta em si, seria pobre”, salientou.

Esta não é a primeira viagem de Hernâni, que revelou que a bicicleta é o seu “transporte do dia-a-dia”.

Em 2009 viajou de bicicleta da Áustria até à Bulgária e fez também o Caminho de Santiago e outras viagens por Portugal.

“Fiz várias viagens, mas nunca se proporcionou uma viagem com mais de quarenta dias, por causa do trabalho. Como agora estou ‘na reserva’ e tenho o tempo todo para viajar, pensei juntar o útil ao agradável”, explicou.

A este motivo acresce ainda o facto de, este ano, se comemorarem os 400 anos da primeira publicação do livro “Peregrinação”, de Fernão Mendes Pinto, razão pela qual “surgiu a ideia de passar por pontos onde existam monumentos ou tradições de origem portuguesa”.

De acordo com Hernâni Cardoso, a viagem começou a ser delineada há cerca de dois anos.

“Quando comecei a preparar [a viagem] o sentido seria para oeste, ou seja, sair de Portugal de avião para a Argentina e daí partir em direção ao ocidente”, explicou o militar.

Porém, o sentido mudou. Membro de uma rede mundial de apoio a cicloturistas, a Warmshower, Hernâni hospedou, em 2012, um cicloturista chinês.

A Warmshower dá, como o nome indica, “a possibilidade ao cicloturista de tomar um banho quente, fazer uma refeição, lavar a roupa, montar a tenda ou até dormir”, usufruindo da hospitalidade de quem recebe.

“A bicicleta dele foi roubada em Sines e para ele acabar a viagem eu emprestei-lhe a minha. Quando a bicicleta dele apareceu ele já estava na China, então decidimos que eu iria pedalar na bicicleta dele até à China”, contou Hernâni.

Por esse motivo, optou por dar um novo rumo à sua viagem e partir de Portugal em direção àquele país do Oriente: “Entrego-lhe a bicicleta, tenho lá outra e continuo a minha viagem”.

 

pelomundofora/Facebook

O percurso de Hernâni Cardoso

Alma Lusa: O percurso de Hernâni Cardoso

Segundo Hernâni Cardoso, antes da saída de Portugal está prevista uma incursão pelos Açores, na ilha Terceira, “onde viveram os Corte Real, que descobriram a Terra Nova e a Gronelândia”, e à Madeira, na ilha de Porto Santo, “onde viveu Cristóvão Colombo”.

A aventura, que tem início a 20 de maio, no Castelo de Guimarães, durará cerca de oito anos.

“Poderá ser mais ou menos, tudo depende. Poderei chegar a um sítio onde planeei estar um mês e não me sentir bem e noutro sítio, onde eventualmente não pensava parar e me sentir bem, poderei ficar um dois meses, o que o visto na altura permitir”, explicou o militar.

Os interessados poderão acompanhar esta viagem através da página na Internet de Hernâni Cardoso ou através da revista “Debater História”.

Na bagagem leva o básico: uma tenda, um saco-cama, equipamentos de cozinha e roupa, para além de pequenas peças suplentes para a bicicleta.

Sem grandes planos para alojamento, Hernâni sublinhou que a ideia é misturar-se “o mais possível com a população local”. Contará com alguns apoios apenas no que respeita ao equipamento e todo o dinheiro que conseguir angariar será doado a uma associação portuguesa que treina e oferece cães-guia a invisuais.

“Digamos que é uma ação nobre, treinar e dar cães guias a invisuais, pessoas que nunca vão ter a oportunidade de ver aquilo que eu vou ver durante a minha viagem”, conclui.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …