Todos temos um tipo de pessoa (e provavelmente é o nosso ex)

“Não faz o meu tipo” é uma daquelas típicas frases que costumamos dizer (ou ouvir) quando estamos a avaliar uma pessoa para um eventual relacionamento. Mas será que esse “tipo” de que tanto se fala existe mesmo?

Investigações recentes sugerem que todos temos preferências quando abordamos características demográficas e sociais como, por exemplo, o nível educacional, a diferença de idade, a cor do cabelo ou a altura.

No entanto, não há nenhuma pesquisa que dê provas concretas para o facto de procurarmos sempre um tipo particular de pessoa. Mas, agora, segundo o Science Alert, um grupo de investigadores descobriu exatamente isso.

No novo estudo, publicado na revista científica PNAS, a equipa usou o inquérito German Family Panel para perceber como é que os 12 mil participantes se ajustaram aos ‘big five’ dos traços de personalidade: abertura para a experiência, conscienciosidade, extroversão, agradabilidade e neuroticismo.

Ao longo de nove anos, os investigadores seguiram o estado civil destas pessoas, que tiveram de preencher (assim como as suas caras-metades) alguns questionários. Depois desse período, a equipa chegou a apenas 332 participantes que estiveram em relacionamentos com pelo menos dois parceiros diferentes mas que, mesmo assim, estavam felizes em participar no estudo.

De acordo com o mesmo site, os resultados mostraram que os parceiros atuais dos participantes descreveram as suas personalidades de forma bastante similar aos ex-namorados. Por isso, embora as pessoas acreditem que as suas preferências vão mudando com o passar do tempo, parece que afinal têm mesmo um “tipo” específico que persiste ao longo das relações.

Na maioria dos casos, a similaridade foi testada apenas em dois parceiros, mas para os 29 participantes que tiveram mais de dois parceiros dispostos a participar no estudo, os resultados foram os mesmos.

E, quer se goste ou não, o nosso “tipo” de pessoa pode estar mais próximo da nossa própria personalidade do que aquilo que queremos pensar. A pesquisa mostrou que as personalidades dos parceiros não eram apenas semelhantes entre si, mas aos próprios participantes.

Este tipo de pesquisas não explicam tudo quando se trata de procurar a nossa “alma gémea”, existindo muitos outros fatores que influenciam com quem entramos num relacionamento romântico. Porém, não se surpreenda se a próxima atualização do seu estado de relacionamento for apenas um retorno ao ‘status quo’.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Este pequeno verme é a criatura mais barulhenta dos oceanos

O oceano é um lugar surpreendentemente barulhento. Há baleias cantoras, camarões-pistola que produzem estrondos sónicos e cardumes de peixes barulhentos.  Mas das criaturas grandes e pequenas que habitam os nossos oceanos, poucas se tornam mais barulhentas …

Já sabemos qual vai ser o primeiro fruto a ser plantado na EEI (e é picante)

Se tudo correr como planeado, em novembro deste ano, a Estação Espacial Internacional (EEI) vai ficar um bocadinho mais picante. De acordo com o Science Alert, os investigadores querem enviar para a Estação Espacial Internacional (EEI) …

O Hubble encontrou um buraco negro que não devia existir

Algo estranho está a acontecer a 130 milhões de anos-luz da Via Láctea na galáxia espiral NGC 3174. Há um disco fino de material a rodear o seu pequeno e esfomeado buraco negro. Discos como os …

Alimentos para bebés têm excesso de açúcar, alerta a OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) detetou em quatro cidades da Europa que pelo menos um em cada três alimentos infantis tem níveis de açúcar excessivos e são comercializados de forma incorreta como adequados para …

Estilo de vida saudável pode compensar risco genético de Alzheimer

Novas pesquisas sugerem que um estilo de vida saudável pode reduzir em um terço o risco de doença de Alzheimer ou outras formas de demência, mesmo existindo genes que aumentem o risco destas doenças. Investigadores britânicos …

Lançada Barbie em homenagem a David Bowie

A Matel acaba de lançar uma Barbie em homenagem ao músico britânico David Bowie, que faleceu em 2016, noticia esta semana a Associated Press. De acordo com a agência noticiosa, a nova da Barbie visa celebrar …

Netflix retrata a trágica história de Nicolau II, o último czar da Rússia

A Netflix acaba de lançar The Last Czars, uma série documental sobre a história de Nicolau II e a sua família, que acabou por ditar o fim da dinastia de 300 anos dos Romanov e …

Português desce e Matemática volta à positiva nos exames do 9.º ano

As médias dos alunos do 9.º ano nos exames desceram este ano a Português e subiram a Matemática, voltando a uma média positiva, mas com uma taxa de reprovação ainda a rondar os 30%. Os exames …

A famosa "Pirâmide Curvada" do faraó Senefuru foi aberta ao público pela primeira vez em mais de 50 anos

No Egito, foi aberta ao turismo, pela primeira vez desde 1965, a famosa "Pirâmide Curvada", construída por ordem do faraó Senefuru há 4.600 anos. Localizada em Dahshur, a 40 quilómetros a sul do Cairo, a pirâmide, …

Príncipe Carlos diz que temos 18 meses para salvar a humanidade

O príncipe Carlos admite que os próximos 18 meses serão cruciais para a sobrevivência dos seres humanos. Durante este tempo, os líderes mundiais terão de controlar as mudanças climáticas para evitar uma catástrofe irreversível. "Senhoras e …