Só resta um sobrevivente do Euro 2004

Friedemann Vogel / EPA

Cristiano Ronaldo é o único sobrevivente da seleção nacional que disputou o Euro 2004. Na altura, João Félix, por exemplo, tinha apenas quatro anos de idade.

Nos 23 convocados de Portugal que irão disputar a fase final da Liga das Nações, Cristiano Ronaldo é o único repetente e vai ter ao seu lado jogadores que, dificilmente, terão recordações do que se passou no país há 15 anos, na altura do Euro 2004.

João Félix, por exemplo, que esta época chamou a atenção no Benfica, é exemplo disso, assim como Rúben Neves, Gonçalo Guedes, Diogo Jota e Rúben Dias.

Segundo o Tribuna Expresso, a 12 de junho de 2004, quando Ronaldo foi lançado no arranque da segunda parte do Portugal-Grécia (1-2), jogo que assinalou o início do Europeu e em que acabou por marcar o único golo da seleção nacional, Félix estava a cinco meses de festejar o seu quinto aniversário.

Na altura, Ronaldo tinha o estatuto de “benjamim”, uma vez que, com os seus 19 anos, era muito mais novo do que Fernando Couto (34), Rui Costa (32), Rui Jorge (31), Figo (31) e Pauleta (31).

Mas se no Euro 2004 Félix estava apenas no início da sua infância, a verdade é que não era o único. Rúben Neves, Gonçalo Guedes, Diogo Jota e Rúben Dias, com apenas sete anos, viram Portugal sofrer nova derrota com a Grécia, na final da competição (1-0), no Estádio da Luz, em Lisboa.

Já com um pé na adolescência estavam João Cancelo, Raphael Guerreiro, José Sá, Bernardo Silva, Danilo, William, Rafa, Bruno Fernandes e Nelson Semedo.

Cristiano Ronaldo é agora o veterano da equipa das quinas. No entanto, outros já tinham começado a sua carreira profissional há 15 anos, embora ainda longe de chegar ao estatuto de internacional.

O Tribuna dá o exemplo de Pepe, que estava a iniciar a sua primeira temporada no plantel principal do FC Porto. Além do defesa, José Fonte preparava-se para a sua primeira época de profissional no Felgueiras e o guarda-redes Beto estava de malas feitas para Chaves, por empréstimo do Sporting.

João Moutinho ia começar a sua primeira época no Sporting. No mesmo clube estava já Rui Patrício, mas na fase final da sua formação.

Em 2004, dos 23 jogadores convocados, apenas sete atuavam fora de Portugal, com o FC Porto e Benfica a dominarem a convocatória, com seis jogadores cada. Agora, 15 anos depois, são os “estrangeiros” que lideram a seleção portuguesa, com 15 presenças. O Benfica é o clube nacional mais representado, com quatro jogadores.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …

Segunda vaga de covid-19 pode levar o desemprego aos 17,6%

Caso haja uma segunda vaga da pandemia de covid-19 em Portugal, a consultora EY estima que a taxa de desemprego possa atingir os 17,6% no final do ano. De acordo com a quarta edição do "Caderno …