Um quarto do planeta vai ficar mais seco mesmo que se cumpra Acordo de Paris

Pelo menos um quarto da superfície terrestre ficará “consideravelmente” mais seco, mesmo que seja atingido o objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos 2º Celcius como prevê o Acordo de Paris.

Nos termos do Acordo de Paris, os estados comprometeram-se a reduzir as suas emissões de gases com efeito de estufa para manter o aumento da temperatura média global abaixo dos 2º C em relação à era pré-industrial e a continuar os esforços para limitar o aumento da temperatura a 1,5º C.

No entanto, segundo um estudo divulgado esta segunda-feira, com base nos compromissos nacionais, a Terra caminha em direcção a um aumento global da temperatura de 3° C.

De acordo com o estudo, publicado na revista Nature Climate Change, um quarto do planeta, afectando mais de 25% da população mundial, viverá num estado de crescente desertificação se a temperatura terrestre aumentar 2º C.

Por outro lado, o estudo aponta que, se o aumento da temperatura global for de 1,5º C, isso iria reduzir significativamente o número de regiões do planeta afectados por este processo de seca progressiva, que é medido através da combinação dos valores de precipitação com a evaporação.

Se o alvo de 1,5° C fosse atingido, partes do sul da Europa, África do Sul, América Central, costa australiana e sudeste da Ásia – áreas que acolhem hoje mais de 20% da população mundial – evitariam uma aridez significativa”, diz Su-Jong Jeong, investigador da Universidade de Ciência e Tecnologia de Shenzhen, na China e um dos autores do estudo.

Segundo os cientistas que conduziram o estudo, que se basearam em projeções de vários modelos climáticos, com um aumento das temperaturas de 2° C, entre 24% a 32% da superfície da Terra ficaria mais seca do que actualmente, situação que poderá verificar-se entre 2052 e 2070.

No entanto, se o objetivo de 1,5° C fosse atingido, apenas 8% a 10% da Terra ficarão mais secos, diz Su-Jong Jeong.

Este processo aumenta os fenómenos de secas e incêndios e, à medida que os territórios se tornam mais secos, a degradação dos solos e a desertificação aceleram, assim como a perda de biodiversidade – incluindo as plantas e as árvores necessárias para absorver o CO2, responsável pelas mudanças climáticas.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …

Berardo mostra-se "incrédulo com falta de memória" de Constâncio

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP) disse, esta terça-feira, que Joe Berardo mentiu no Parlamento sobre alegadas reuniões entre ambos. O empresário, por sua vez, mostra-se "incrédulo com a sua falta de memória". "Tudo isso é …

Marcelo diz que foi "sensato" não incluir pergunta sobre origem étnico-racial no Censos 2021

O Presidente da República considerou que foi uma decisão sensata não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, face ao debate gerado, embora a ideia fosse boa. "Acho que foi uma …

Esfinge gigante de Ramsés II vê a luz do dia ao fim de quase 100 anos

https://vimeo.com/343091742 Uma enorme esfinge do faraó egípcio Ramsés II viu finalmente a luz do dia, no passado dia 12 de junho, depois de ter sido recolocada através de um sistema monumental que a fez "flutuar" pelo …

Vai baixar o custo das chamadas para números começados por 707 e 708

A Anacom anunciou uma descida de 48% no preço máximo das chamadas de telemóvel para números começados por 707 e 708, e de 10% para telefone fixo. A decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) de baixar os …

PSG abre a porta a Neymar (e o Barcelona não a fecha)

Depois de o eventual regresso de Neymar ao Barcelona ecoar na imprensa desportiva, o presidente do Paris Saint Germain, Nasser Al-Khelaifi quebrou o silêncio sobre o jogador brasileiro. Em entrevista à France Football, o presidente …

“Explosão suspeita” entre China e Coreia do Norte causou um sismo

Os serviços sismológicos chineses registaram um sismo de 1,3 graus de magnitude na escala de Richter às 19h38 locais (12h38 em Lisboa), na cidade chinesa de Hunchun, causado por uma “explosão suspeita”, disseram as autoridades …