Um dos 15 arguidos da Operação Tax Free fica em preventiva

Tiago C Lima / FLickr

Edifício do Ministério das Finanças em Lisboa

O arguido em questão é funcionário da Autoridade Tributária, suspeito de crimes de corrupção ativa e passiva. Dos restantes 14, sete ficam suspensos de funções.

A juíza de Instrução criminal decretou prisão preventiva para um dos 15 arguidos da Operação “Tax Free”, uma investigação levada a cabo na semana passada por suspeitas de corrupção nas Finanças, avança a Lusa.

Segundo o comunicado da Procuradoria-Geral da República, o arguido em questão é funcionário da Autoridade Tributária, suspeito de crimes de corrupção ativa e passiva.

Dos restantes 14, sete funcionários ficaram suspensos de funções e estão proibidos de contactar com os outros arguidos, enquanto que os quatro técnicos oficiais de contas e os três empresários também envolvidos ficam só sujeitos à proibição de contactos.

“Em causa estão alegadas ligações que terão sido estabelecidas entre alguns funcionários da Autoridade Tributária e técnicos oficiais de contas, advogados, empresários, outros prestadores de serviços na área tributária e contribuintes que se mostrassem dispostos a pagar quantias monetárias ou outros proventos para que lhes fosse fornecida informação fiscal, bancária ou patrimonial de terceiros e consultadoria fiscal”, refere o comunicado da PGR.

A investigação, dirigida pelo Ministério Público com a colaboração da PJ, começou na terça-feira passada, e envolveu mais de cem buscas a casas, escritórios, empresas e instalações das Finanças.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Panamá. Sete corpos encontrados em vala comum em área indígena controlada por seita religiosa

Os corpos de sete pessoas foram encontrados na quinta-feira numa vala comum numa área indígena do Panamá controlada por uma seita religiosa, entre eles o de uma grávida e cinco dos seus filhos. Outras 15 …

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …