Últimas contas do CDS de Cristas “são preocupantes” (mas foram aprovadas sem votos contra)

Tiago Petinga / Lusa

O líder do CDS/PP, Francisco Rodrigues dos Santos

O Conselho Nacional do CDS-PP, órgão máximo entre congressos, aprovou este domingo, por “larga maioria” e sem votos contra, as contas relativas a 2019, que conselheiros ouvidos pela agência Lusa classificaram de “preocupantes”.

Os mais de 100 conselheiros reunidos no Centro de Exposições de Ourém (Santarém), decidiram, por unanimidade, adiar para o próximo Conselho a análise da situação política, o que fez com esta reunião tivesse sido “morna” e “tranquila”, segundo fontes presentes.

O ponto da ordem de trabalhos que teve maior discussão foi o da análise e votação das contas do ano passado, da responsabilidade da anterior direção liderada por Assunção Cristas, que foi alvo de críticas na reunião.

“As contas foram apresentadas com números muito preocupantes”, disse um conselheiro à agência Lusa, tendo outro corroborado que “o partido não está bem a nível financeiro” e outro vincado que as contas são “muito más”.

Os conselheiros nacionais do CDS-PP receberam informação sobre a situação financeira do partido “antecipadamente, com 48 horas”, tendo as contas sido apresentadas este domigo pelo atual secretário-geral, Francisco Tavares, que mereceu elogios à transparência e às explicações prestadas. Segundo dirigentes centristas, o passivo do partido ascende a “quase 1,3 milhões de euros”, razão pela qual foi anunciado que será constituída “uma equipa que faça uma auditoria às decisões políticas [do passado]”.

Apesar de a anterior presidente não ter estado presente na reunião, marcaram presença João Almeida (que no último congresso disputou a liderança com o atual presidente, Francisco Rodrigues dos Santos), Adolfo Mesquita Nunes e Cecília Meireles (anteriores vice-presidentes), mas nenhum usou da palavra.

Apenas o atual deputado João Gonçalves Pereira subiu ao púlpito para defender a anterior equipa que liderava o partido. De acordo com conselheiros, o presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, dirigiu-se à sala para pedir união dentro do partido.

O Conselho elegeu alguns membros para os órgãos nacionais e aprovou a possibilidade de o partido concorrer às eleições para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores coligado com o PPM nos círculos equivalentes às ilhas das Flores e do Corvo.

Foram aprovadas também, por unanimidade, alterações ao Regulamento Eleitoral e ao Regulamento dos Órgãos Locais, entre as quais a diminuição dos prazos mínimos para as convocatórias e que estas possam ser enviadas por email via mensagem, quando até aqui eram feitas por correio.

Também devido à pandemia, e com o objetivo de diminuir a exposição dos membros, o partido já tinha decidido adiar a discussão e votação das moções setoriais apresentadas no 28.º Congresso Nacional do CDS-PP, que teve lugar em Aveiro, no final de janeiro.

O Conselho Nacional deste dominho, que durou cerca de quatro horas e contou com várias medidas de prevenção à covid-19, foi o primeiro desde essa reunião magna, onde foi eleita a nova direção do partido.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …