Última fábrica de VHS do mundo vai fechar

O último fabricante japonês que ainda produzia leitores e gravadores de VHS dá finalmente por terminada a era das cassetes, anunciando o fim da produção destes equipamentos.

A Funai Electric, a última empresa conhecida a construir gravadores de videocassetes no formato VHS no Japão, vai deixar de fabricar esse tipo de dispositivo até o final de julho.

De acordo com o Nikkei, jornal japonês especializado em economia, a decisão foi tomada devido ao reduzido volume das vendas e à dificuldade em conseguir os componentes necessários.

A Funai fabricava os VCRs na China e vendia para todo o mundo através da marca Sanyo.

A empresa, com sede em Osaka (oeste do país), lançou-se no ramo em 1983 e chegou a vender cerca de 15 milhões de vídeo gravadores por ano durante a época de maior popularidade do formato VHS, entre meados dos anos 1980 e 1990.

Agora, com a generalização dos discos óticos e de outros sistemas digitais, foram comercializados apenas 750 mil aparelhos no último ano – uma média superior a dois mil por dia, o que demonstra que ainda há uma legião de utilizadores nostálgicos que, por opção ou obrigação, ainda continuam a dar uso às cassetes VHS.

Há quem refira que as cassetes VHS terão comportamento idêntico ao ressurgimento dos discos de vinil, havendo algumas cassetes consideradas raras que chegam a atingir preços de milhares de euros entre os coleccionadores.

O formato VHS (sigla em inglês de Video Home System) foi lançado em 1976 pela empresa nipónica JVC, tornando-se no principal formato vídeo para uso doméstico e rivalizando com a Betamax durante quase duas décadas.

 

Betamax da Sony, no entanto, também teve uma vida longa. Os seus leitores de cassetes deixaram de ser produzidos em 2002, mas as videocassetes continuaram até novembro de 2015. O formato pode ter perdido a guerra para o VHS, mas ainda vive no mundo profissional com o Betacam.

Aberto até de MadrugadaCanal Tech

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …

Mais de 41 mil idosos vivem sozinhos ou isolados em Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 41.868 idosos a viverem sozinhos ou isolados em todo o país em outubro no âmbito da operação "Censos Sénior", anunciou esta segunda-feira a guarda. Em comunicado, a GNR adiantou ter …

Vai nascer um Pavilhão de Gelo em Lisboa (com apoio do Governo e de fundos públicos)

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, está certo de que, ainda nesta legislatura, vai nascer um Pavilhão do Gelo para a prática de desportos em Lisboa, com apoio de …

Sudão. Crimes contra a humanidade em ataques que mataram 120 manifestantes

Os ataques que em junho mataram pelo menos 120 manifestantes no Sudão podem configurar crimes contra a humanidade, revelou um relatório divulgado pela organização Human Rights Watch (HRW), que pede justiça para as vítimas e …

Bloqueios na capital da Bolívia levam à escassez de alimentos e de combustíveis

Os bloqueios nas estradas de acesso a La Paz, capital da Bolívia, e aos arredores, usados nos protestos que se somam à tensa crise política, impõem aos bolivianos a falta de produtos básicos cujos preços …

Pais da bebé Matilde já ajudaram 38 crianças

Os pais da bebé Matilde, que sofre de uma doença rara, ajudaram 38 crianças com os cerca de dois milhões de euros angariados através de uma campanha de solidariedade. Na página de Facebook "Matilde, uma bebé …