UE quer juntar leite e fruta nas escolas

Cedar Summit Farm / Flickr

-

A Comissão Europeia propôs esta quinta-feira, em Bruxelas, a fusão dos programas de distribuição alimentar de leite e de fruta nas escolas, passando a ser distribuídos em conjunto, com o objetivo de promover o consumo destes produtos.

O novo programa, uma vez aprovado, terá uma dotação, por ano letivo, de 230 milhões de euros (150 milhões de euros para a fruta e as verduras e 80 milhões para o leite).

Com o lema “Comer bem para estar bem“, o programa permitirá reduzir os encargos nacionais com gestão e organização, tornando o sistema mais eficaz. Os Estados-Membros participarão no programa a título voluntário e terão a possibilidade de escolher os produtos que tencionam distribuir.

A proposta da Comissão Europeia terá de ter luz verde do Parlamento Europeu e dos 28 Estados-membros, no Conselho da União Europeia.

Segundo dados de Bruxelas, no ano letivo 2011/2012, Portugal recebeu perto de 2,6 milhões de euros no âmbito do programa de distribuição de leite e perto de 2,2 milhões, no de fruta, mas, neste caso, em regime de co-financiamento europeu de 68%.

A Lusa contactou o Ministério da Educação e Ciência, que disse que não vai, “para já”, fazer algum comentário, uma vez que estes programas envolvem diferentes tutelas.

Nutricionistas aplaudem proposta da UE

A bastonária da Ordem dos Nutricionistas aplaudiu hoje a proposta da Comissão Europeia de distribuir leite e fruta em conjunto, nas escolas, considerando que esta medida criará hábitos de consumo de fruta nas crianças, que é “claramente insuficiente”.

Alexandra Bento defendeu que Portugal deve aderir ao programa: “Se não o fizer, só podemos considerar que é lamentável e que é uma perda”.

Para a nutricionista, “medidas desta natureza terão certamente impacto no presente”, porque as frutas, os legumes e o leite são consumidos e, “no futuro, porque são hábitos que se adquirem”. “E a escola é o local privilegiado para a criação destas medidas, porque todas as crianças reportarão os ensinamentos que a escola lhes proporciona”, adiantou.

A bastonária dos nutricionistas observou ainda que “fornecer este tipo de alimentos poderá ser importantíssimo para quem vive momentos de escassez”.

“Podemos fazer a leitura do que se passou com a introdução do leite nas escolas na década de 60, que teve um impacto importantíssimo” na saúde das crianças. Na altura, havia um consumo que ficava aquém daquilo que era desejável e nem havia apreço pelo leite, porque não existia esse hábito, explicou.

Sobre o consumo diário de fruta, recomendado para uma criança, a bastonária explicou que depende dos gastos energéticos e da estrutura da criança, mas genericamente poderá ir de três a cinco peças por dia.

“Se já levar uma da escola, já estamos a iniciar o trabalho”, sublinhou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …

Bastonário dos Médicos sugere uso obrigatório de máscara na rua (e em todo o país)

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, sugere que o Governo pondere decretar o uso obrigatório de máscara no espaços exteriores de todo o país, à semelhança do que fez a Região Autónoma da …