179,5 euros por 68 horas de trabalho. Uber Eats acusada de explorar migrantes

As autoridades italianas estão a investigar a Uber Eats por alegadamente explorar migrantes provenientes de contextos de guerra, requerentes de asilo e pessoas em situação económica vulnerável.

Em Itália, dez pessoas estão sob investigação sobre a alegada exploração de trabalhadores migrantes, incluindo o gestor de operações em Itália. Segundo os investigadores, os trabalhadores foram “submetidos a condições de trabalho degradantes, pagaram 3 euros por viagem” e tiveram as suas gorjetas confiscadas.

O caso, que se concentra no Uber Eats, levou um tribunal de Milão a colocar o Uber Itália em liquidação temporária em maio pela alegada exploração de entregadores.



Estes trabalhadores da empresa de entrega de alimentos “foram sujeitos a condições laborais degradantes e pagos a €3 por viagem”, com gorjetas confiscadas pela entidade patronal, revela o The Guardian.

Um dos motoristas, disse ter recebido 179,5 euros por um total de 68 horas ao longo de uma semana de trabalho. “O meu pagamento era sempre de €3 por entrega, independentemente do dia e da hora”, revelou o trabalhador da empresa.

O juiz do tribunal de Milão referiu que o “isolamento social em que vivem esses migrantes” acabou por ser visto pela empresa como “uma oportunidade de recrutar trabalhadores a um custo absurdamente baixo, dispostos a fazer qualquer coisa para sobreviver, explorados e discriminados por empregadores sem escrúpulos”.

As autoridades italianas acreditam que a exploração teve um aumento ainda maior com o surgimento da pandemia causada pela covid-19, o que levou a uma “avalanche descontrolada de recrutamento” de motoristas.

Esta segunda-feira, a empresa negou qualquer tipo de abuso laboral. “Nos últimos meses temos trabalhado em estreita colaboração com as autoridades judiciais para rever e reforçar o nosso serviço. Continuaremos a colaborar e a combater todas as formas de intermediação ilegal”, assegurou a Uber Eats em comunicado.

Os migrantes contratados pela Uber Eats eram sobretudo oriundos de países como Nigéria, Mali, Costa do Marfim, Gâmbia, Paquistão ou Bangladesh.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

França diz-se "enganada" pela Austrália após suspensão de contrato de submarinos

Na semana passada, Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram um acordo de defesa que inclui o desenvolvimento de submarinos nucleares na Austrália. O embaixador francês na Austrália, Jean-Pierre Thebault, disse esta segunda-feira que a França …

Sete mortos e 306 infetados nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta segunda-feira, 306 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Rússia Unida anuncia vitória nas legislativas

O partido do Kremlin, Rússia Unida, reivindicou no domingo a vitória nas eleições legislativas russas, mas a sua maioria constitucional na Duma, a câmara baixa do parlamento, está ainda por apurar, após a contagem de …

Cientistas estão a dar vida ao holodeck, um holograma que você pode tocar

Os cientistas estão cada vez mais perto de tornar o holodeck uma realidade. Investigadores estão a criar um holograma que você pode tocar. A série Star Trek: The Next Generation apresentou a milhões de pessoas a …

A partir de novembro, EUA passam a permitir entrada de estrangeiros totalmente vacinados

A partir do início de novembro, os Estados Unidos passam a permitir a entrada de viajantes da União Europeia (UE) e do Reino Unido, desde que estejam totalmente vacinados. Os Estados Unidos vão reduzir as restrições …

Talibãs mandam funcionárias do governo de Cabul ficar em casa

As funcionárias do governo de Cabul devem ficar em casa. A única exceção aplica-se às trabalhadoras cujos cargos não podem ser desempenhados por homens. Só as mulheres "que não podem ser substituídas por homens" podem regressar …

"Tatatatatatata." A bazuca de Costa é, afinal, uma "metralhadora" que dispara de rajada

Rui Rio considera que António Costa devia chamar a bazuca de metralhadora, porque o primeiro-ministro "dispara de rajada" promessas. "HK21 tem fita, carrega-se, e aquilo dispara tatatatatatata." O presidente do PSD, Rui Rio, ironizou esta segunda-feira …

Campanha alerta população sobre cancros de sangue e apela para informação

Uma campanha para quebrar o silêncio sobre os cancros do sangue e alertar para a importância do diagnóstico precoce está nas ruas até final de setembro, lembrando que é essencial estar atento a sintomas e …

Pfizer diz que vacina é "segura" para crianças dos cinco aos 11 anos

A Pfizer/BioNTech anunciaram, esta segunda-feira, que a vacina é segura e parece gerar uma resposta imunitária robusta nas crianças dos cinco aos 11 anos. Depois de um estudo com 2.268 participantes, a Pfizer/BioNTech anunciaram que a …

PS e CDS na Madeira desencontrados, PSD e Bloco continuam no Norte

No arranque da segunda semana de campanha para as autárquicas, os líderes do PS e do CDS-PP apostam na Madeira mas com horários desencontrados, enquanto BE e PSD continuam a norte, e PAN e PCP …