TVI condenada a pagar 20 mil euros a Robert Murat por lhe chamar “pedófilo”

Waerfelu / Wikimedia

Maddie McCann

Robert Murat, que chegou a ser arguido no caso do desaparecimento de Maddie McCann, vai receber 20 mil euros de indemnização da TVI.

Segundo o Diário de Notícias, o Supremo Tribunal de Justiça condenou a TVI a pagar 20 mil euros de indemnização a Robert Murat, por se ter referido ao britânico como “pedófilo” e por alegar que frequentava “sites pedófilos”.

Murat chegou a ser arguido no caso do desaparecimento de Maddie McCann, a menina inglesa de quatro anos que desapareceu na Praia da Luz, no Algarve, mas por pouco tempo.

O Supremo evidencia a “gravidade dos danos não patrimoniais causados”, considerando que “o facto de os mesmos não serem exclusivamente atribuíveis aos réus não os exime da sua responsabilidade, apenas relevando para a quantificação da indemnização”, isto porque, segundo o DN, em algumas situações as referências foram feitas em revistas de imprensa.

Os juízes deram como provado que o britânico, que vivia no Algarve, “ficou sem trabalho e dependente economicamente da sua mãe” e “era apontado e incomodado sempre que saía à rua”, tendo mesmo recebido “ameaças dirigidas a si e aos seus familiares”.

Murat já recebeu uma indemnização de mais de 700 mil euros de vários órgãos de comunicação social britânicos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há escolas fechadas neste início de ano letivo e o problema é o mesmo: falta de funcionários

No arranque do ano letivo, há escolas encerradas no país. O Governo garante que haverá novos funcionários nas escolas ainda durante o mês de setembro.  Segundo avança a Rádio Renascença na manhã desta segunda-feira, há escolas …

Maternidade Alfredo da Costa fechou Urgência este domingo. Faltam anestesistas

No dia em que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) faz 40 anos, a emblemática Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, ficou com a porta da Urgência fechada durante a madrugada e toda a …

"Jojo Rabbit" vence prémio do público do Festival Internacional de Cinema de Toronto

O filme "Jojo Rabbit" venceu no domingo o prémio do público do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF), tornando-se assim um forte candidato a vencedor dos Óscares deste ano. O filme do realizador neozelandês Taika …

Dívida da Assistência na Doença aos Militares ascende a quase 95 milhões de euros

A dívida da Assistência na Doença aos Militares (ADM), gerida pelo Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA), ascende a quase 95 milhões de euros, valor que representa um aumento de 5,5% face aos …

Portugal conquista três medalhas na Taça do Mundo de ginástica acrobática

Portugal conquistou no domingo três medalhas, uma de ouro e duas de prata, no último dia da Taça do Mundo de ginástica acrobática. Esta prova antecede o Europeu, que acontecerá entre 30 de Outubro e …

"Nesta legislatura, andámos a recuperar aquilo que tinha sido destruído"

O secretário-geral do PS, António Costa, promete que, na próxima legislatura, o partido vai "fazer o avanço de que o SNS precisa". O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu este domingo que quem quer a …

De esquiador a vencedor da Vuelta, Roglic pedalou para entrar na história

O esloveno Primoz Roglic, da Jumbo-Visma, confirmou este domingo a vitória da Volta à Espanha na sua estreia na competição. O pódio ficou completo com Alejandro Valverde e Tadej Pogacar, respetivamente. O holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick …

CDS quer estatuto de benefícios fiscais para o interior

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, disse hoje em Viseu que o interior deve ter um estatuto de benefícios fiscais, com reduções no IRS, no IRC ou nas portagens. "Temos uma proposta muito forte para o …

Jerónimo responde com sorriso à tese do voto útil do Bloco

O Bloco diz que o voto útil é no BE, contra a maioria absoluta. Jerónimo de Sousa, questionado sobre o que pensa da afirmação de Catarina Martins, respondeu: "Não acho nem deixo de achar. O …

No seu primeiro encontro, Boris dirá a Juncker que não vai adiar novamente o Brexit

Naquela que será a primeira vez que Boris Jonhson e Jean-Claude Juncker se encontram, o primeiro-ministro britânico vai defender que o Reino Unido não está preparado para adiar mais uma vez o Brexit. Boris Johnson prepara-se …